Novidades

"O livro inacabado de Dickens" de Matthew Pearl

12:50

Disponível a partir de 7 de Junho


Autor: Matthew Pearl
P.V.P.: 18,82€
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: -
Nº de Páginas: 382
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Planeta
O Livro Inacabado de Dickens
Matthew Pearl retoma um dos maiores mistérios da literatura

Baseado em factos verídicos e partindo da obra O Mistério de Edwin Drood, de Charles Dickens, Matthew Pearl reabre um dos maiores mistérios da história da literatura e retoma uma velha curiosidade com décadas de existência.

«Dickens não poderia ter feito melhor.» | Globe & Mail
«Altamente recomendado.» | Library Journal
Quando morreu, em 1870, Charles Dickens estava a escrever O Mistério de Edwin Drood, um romance policial, novidade na altura, a pedido do seu amigo Wilkie Collins. Com 6 capítulos finalizados, a história ia apenas a meio. Como quereria Dickens terminá-la ninguém sabe, embora muito se tenha especulado desde então.

Em O Livro Inacabado de Dickens, Matthew Pearl parte deste acontecimento inesperado para recriar a Londres vitoriana, com capas e bengalas e candeeiros a gás, para mergulhar nos antros de ópio da cidade londrina, para desmontar a pirataria e a rivalidade literária entre Boston e Londres e para rever toda a obra do grande romancista inglês. Tudo isto ganha vida no romance de Matthew Pearl.

Fazendo uso de flashbacks, o autor vai intercalando figuras históricas, como Osgoog, editor da Fields & Osgood, com personagens ficcionadas, factos reais com situações imaginadas, muita intriga, homicídios, reviravoltas inesperadas e até um louco que diz que se chama Dick Datchery, uma personagem do romance incompleto de Dickens.

Quando a notícia da morte inesperada de Dickens chega aos escritórios da sua editora em Boston, Osgoog decide partir para Londres na esperança de encontrar o manuscrito de Dickens. Para ele, não se trata apenas de resolver um mistério mas também de uma tentativa de salvar a sua editora da ruína financeira em que se encontra.

Mas localizar a continuação do romance de Dickens revela-se mais difícil e perigoso do que Osgood inicialmente previra. E, afinal, haverá conclusão para a história iniciada por Dickens?


Charles Dickens é um nome incontornável da literatura anglo-saxónica. Os títulos dos seus livros formam uma enorme lista de êxitos, Oliver Twist, David Copperfield e Grandes Esperanças, entre outros.

  • Sobre O Livro Inacabado de Dickens
«Um thriller brilhante e emocionante.» | Booklist

«Matthew Pearl é um escritor surpreendentemente talentoso.» | Julia Keller, Chicago Tribune

«Engenhoso.» | Guardian

«Um extraordinário exercício de imaginação.» | Kirkus Review

«Um policial genuíno… que ecoa na actualidade.» | New York Times

«De longe o melhor livro de Matthew Pearl.»| Globe & Mail

«Um enredo cheio de incidentes, coincidências, reviravoltas e momentos dramáticos que, em conjunto, resultam numa grande emoção.» | Booklist

«Extremamente inteligente… bem escrito e bem documentado.» | LA Times

«Emocionante.» | Daily Mail

  • Sobre Matthew Pearl
Matthew Pearl nasceu em Nova Iorque, em 1975, e estudou em Harvard e em Yale. O seu livro de estreia, O Clube de Dante, está publicado em mais de 40 países e é bestseller internacional. A Sombra de Poe é o seu segundo romance e, tal com o anterior, foi bastante elogiado pela crítica e pelos leitores.
Ler mais »

Novidades

"A Abadia Profanada" de Montserrat Rico Góngora

12:33

Disponível a partir de 7 de Junho


Autor: Montserrat Rico Góngora
P.V.P.: 16,76€ (aqui)
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: -
Nº de Páginas: 272
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Planeta
A Abadia Profanada
Montserrat Rico Góngora desvenda artimanhas de Himmler

Montserrat Rico Góngora estreou-se entre nós com Passageiros da Neblina, um romance que, segundo Vítor Quelhas (no Expresso), «embora por vezes denso, interessa não só aos leitores de literatura histórica e de mistério mas também aos mais fascinados pelo esotérico e o romântico.»

A Abadia Profanada, tal como o anterior livro da autora, é um romance baseado em factos reais. A história parte de um acontecimento histórico, a visita de Heinrich Himmler, um dos homens mais poderosos da Alemanha Nazi, em Outubro de 1940, à abadia de Montserrat (em Barcelona) e desenrola-se em torno da demanda do Santo Graal. Diz a lenda que o Cálice Sagrado foi levado para o Mosteiro de Montserrat pelos últimos templários e que aí foi escondido numa das grutas da montanha.

Partindo deste acontecimento, que supostamente fazia parte das investigações acerca da localização do Santo Graal, algo que há muito fazia parte dos planos do regime Nazi, Montserrat investigou a obsessão de Himmler em torno do Santo Graal, chegou à fala com um monge que o conheceu e teceu uma história onde se vislumbram as tendências esotéricas do regime chefiado por Hitler.

Numa entrevista da autora concedida a Europa Press, Rico Góngora assegurou que o Nazismo «procurava um talismã que o ajudasse a vencer a guerra e a prolongar o Reich» e, por ele, lançou-se numa busca em diferentes pontos da Europa.

A história tem início na violenta discussão entre Himmler e o monge Ripoll, em Montserrat, cuja visita a Barcelona acabou eclipsada devido ao facto de ter tido lugar no mesmo dia em que se deu o encontro entre Franco e Hitler, em Hendaya, e prossegue com Montserrat Rico Góngora a reconstruir toda uma época determinante para um novo rumo mundial.

  • Sobre Montserrat Rico Góngora:
Montserrat Rico Góngora nasceu em Barcelona, em 1964, embora tenha residido sempre em Badalona. É colaboradora habitual de numerosas revistas (Alhora, Historia y Vida e Andalucía en la Historia) e de programas de rádio. Participa activamente em tertúlias literárias, oficinas de escrita e júris de certames literários.

Como escritora, publicou narrativas, relatos breves, literatura juvenil e poesia. A sua obra valeu-lhe o prémio dos XXXIII Jogos Florais de Campo de Cartagena, bem como o Prémio Palco, como reconhecimento da sua trajectória profissional.

O romance A Abadia Profanada é um grande êxito, quer de vendas quer da crítica; a qualidade da sua escrita foi salientada em meios de comunicação como The Independent, La Stampa e L’Express.
Ler mais »

Novidades

"O Monge e a Pecadora" de Carmelinda Pinto

12:25


Autor: Carmelinda Pinto
P.V.P.: 15,00€ (aqui)
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-8136-50-3
Nº de Páginas: 136
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Novembro

Sinopse: Durante séculos de existência da ordem franciscana e à semelhança do que tem acontecido no seio de outras ordens religiosas, alguns monges tiveram a sua querela com o olhar de uma femina pecadora. Os mosteiros eram, por isso, construídos em lugares ermos, afastados da realidade mundana. Porém, o Mosteiro Senõr del Camino, no Peru, não fora ermo o suficiente para manter Frei Mateus distante de Joana para sempre.
Joana, o anjo que se disfarçava de pecadora, era a mulher que Frei Mateus mais amara, mas que por amor abandonara e resolvera ordenar-se monge franciscano. Anos depois, e para mal dos seus pecados, dá-se o reencontro inesperado. A cada novo contacto com Joana, ora na estalagem, ora no celeiro do mosteiro, o peso da cruz que Frei Mateus carregava aos ombros tornava-se cada vez mais insustentável. Onde acabaria o seu calvário?
A narrativa encaminhará o leitor por uma floresta densa de bifurcações onde várias histórias de vida colidem, tendo a autora um único propósito: o de deslindar os mistérios que enredam o coração de homens e mulheres, cujos preconceitos e debilidades comprometem, mas não impedem que se cumpra, nos seus limites, o Amor.
Ler mais »

Novidades

Novidades Novembro

11:38


Autor: Albertina Fernandes
P.V.P.: 15,00€
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-8136-48-0
Nº de Páginas: 54
Dimensões: 215 x 215 mm
Colecção: -
Editora: Novembro

Sinopse: A Editorial Novembro acaba de lançar “O Papa-Cogumelos”, de Albertina Fernandes, autora também do livro de contos “Palavras de Avó”. O Papa-Cogumelos era um menino que vivia infeliz sob o domínio da madrasta, a mais maléfica das bruxas. Mas esta bruxa não era como as dos contos de fadas, era real, ou seja, era mesmo uma mulher má. O menino, nos seus raros momentos livres, refugiava-se na floresta em busca de cogumelos que lhe enganassem a fome e a tristeza. Antes de adormecer, engendrava planos de fuga, até à exaustão, sonhava com a mãe que há muito morrera, mas, quando acordava, sentia-se imerso no mais cruel dos pesadelos. O que fará o Papa-Cogumelos para fugir a esta vida miserável? Como poderá uma criança ter força para desbravar o caminho até à felicidade?
A autora, adepta do género realista, mas excepcional no suspense, guiará o leitor com o encanto singular da sua narrativa, à qual faz juz o traço admirável das ilustrações, que envolvem criança e adulto num processo de consciencialização para os problemas que ainda afectam as crianças na sociedade actual.




Autor: Domingos Lourenço Vieira
P.V.P.: 9,50€
Data 1ª Edição: 2008
Nº de Edição:
ISBN:978-989-8136-22-0
Nº de Páginas: 40
Dimensões: 225 x 225 mm
Colecção: -
Editora: Novembro

Sinopse: “A Menina que Falava com Grilinhos” é um texto de Domingos Lourenço Vieira, um português que em França vendeu já mais de 20000 exemplares.
Contando com sete ilustrações originais e inéditas do artista plástico José Rodrigues, propositadamente desenhadas para este livro, poderá ser uma interessantíssima oferta de Natal por apenas 9.50 euros.
A lembrar “O principezinho”, de Saint Exupéry, esta é uma história de encantamento e de profunda ternura, capaz de sensibilizar o coração de todas as crianças e daqueles que não deixaram morrer dentro de si a essência de acreditar.

«No mundo dos grilos, para onde quer que eu olhe, vejo que todos são gentis, todos se conhecem entre si. Acreditamos no poder dos sonhos... Este mundo toca-me, interpela-me de mil maneiras, porque tem mil coisas a dizer. Este mundo abre-se para mim, como um livro que se torna legível».






Autor: Albertina Fernandes
P.V.P.: 9,50€
Data 1ª Edição: 2009
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-8136-36-7
Nº de Páginas: 104
Dimensões: 161 x 210 mm
Colecção: -
Editora: Novembro


Sinopse: Palavras de Avó, da autoria de Albertina Fernandes, é um livro de histórias infantis genuinamente portuguesas, contadas por uma sábia avó aos seus netos ávidos de aventuras. Palavras de uma avó que quer mostrar à criança ou ao adolescente de que é feita a realidade, prevenindo-os para certos perigos como, por exemplo, a Internet, e ensinando-os a ser mais humanos e justos com as pessoas e os animais, e a aceitar as diferenças numa sociedade cada vez mais multicultural.
Ao contrário das histórias de encantar, de príncipes e princesas, castelos e dragões, esta avó dá a sua palavra em como fala de pessoas e acontecimentos reais, tão apelativos para um público infantil cada vez mais informado e consciente dessa realidade. Mas o encanto não deixa de estar presente na forma como são narradas as histórias, no traço admirável das ilustrações e, por fim, no que resulta da imaginação dos seus leitores, que é onde qualquer livro infantil se completa.
Porque as histórias contadas pelos avós têm um encanto especial, a autora lança-lhes um desafio: o de proporcionar, aos netos, um momento terno, divertido e educativo.
Excelente oferta para o dia Mundial dos Avós, no dia 26 de Julho.
Está prevista a ida da autora a programas televisivos no Dia dos Avós, e datas próximas.
Livro de 104 páginas ilustradas com aguarelas a cores, distribuídas por 41 páginas.
Cinta vermelha exterior amovível alusiva ao dia dos avós.
Este livro deverá ser colocado nos expositores Infantis.
Para ser distribuído em todas as livrarias do país.
Albertina Fernandes é autora de obras obras de cariz ensaístico sobre autores como Vergílio Ferreira, David Mourão-Ferreira, Tomaz de Figueiredo, entre outros. Actualmente, dedica-se também à escrita de histórias infantis.
Ler mais »

Passatempo

Resultados do Passatempo - O que o dia deve à noite

00:24

Olá a todos! :-)

Terminou mais um passatempo do blog Clube dos Livros, onde estavam a ser oferecidos 3 exemplares do livro "O que o dia deve à noite" do autor Yasmina Khadra, em parceria com a Editorial Bizâncio, da qual agradeço por mais um passatempo.



Neste passatempo tive a participação de 380 pessoas, sendo algumas delas inválidas, incompletas ou com respostas erradas, que somando deu um total de 46 participações.
Questão: Qual o nome do autor?
Resposta: Yasmina Khadra (2ª opção) - 12 participações erradas

Questão: Quantas obras tem o autor incluindo esta, na Editorial-Bizâncio?
Resposta: 6. (2ª opção) - 20 participações erradas

Questão: "Orão sustinha a respiração nessa Primavera de...?
Resposta: 1962 (1ª opção)." - 3 participações erradas

Questão: "Eu procurava...?
Resposta: Émilie." (3ª opção) - 9 participações erradas

Questão: A que colecção pertence esta obra?
Resposta: Montanha Mágica" (1ª opção) - 2 participações erradas


Participações repetidas ou com Dados Incompletos: 0 participantes com mesmo nome, morada e mesmo e-mail
Posto isto e já que tudo está apresentado, mais uma vez peço a todos que para o próximo passatempo e posteriores, tenham atenção ao que é mencionado nas regras por favor, e tenham também atenção ao responder.
Agora ao que todos querem saber, quem são os felizes contemplados, e após o sorteio numa aplicação que desenvolvi, da qual irei colocar o print screen abaixo dos vencedores ... e aqui vai a ordem da qual apareceram os 3 sorteados:
  • 1º premiado: 168 - Linda da Fonseca – Sº Mamede Infesta
  • 2º premiado: 76 - Patrícia Moreira - Sandim
  • 3º premiado: 203 - Sara Fernandes - Porto


Parabéns a todos!
Aos que ganharam, enviei-vos um e-mail de confirmação e irão receber nas moradas indicadas, os vossos prémios.

Quem não ganhou desta vez, por favor não desanimem e continuem a participar, estejam atentos ao blog, pois em breve haverão mais novidades e novas oportunidades.

Obrigado pelo recorde de participações, 380 é a próxima meta a ultrapassar :-)

Cumprimentos a todos e boas leituras!
Clube dos Livros

Ler mais »

Novidades

"A Reconexão" de Dr. Eric Pearl

16:05


Autor: Dr. Eric Pearl
P.V.P.: 13,41€ (aqui)
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-0-04093-0
Nº de Páginas: 264
Dimensões: 153 x 235 mm
Colecção: -
Editora: Porto Editora
O Dr. Eric Pearl propõe uma forma de cura inovadora
A Albatroz publica, a 8 de Junho, A Reconexão, do Dr. Eric Pearl. Este livro reúne as ideias do autor sobre uma nova forma de cura, que pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, e explica por que razão o Dr. Eric Pearl

Pearl chamou a atenção dos médicos e investigadores mais conceituados de todo o mundo.
Um dos aspectos que mais inquietava os cientistas – actualmente muito menos cépticos –, e que ainda deixará na dúvida os mais incrédulos, era o facto de estes não encontrarem explicação para as inúmeras experiências de cura de cancro, sida ou paralisia cerebral, por exemplo, relatadas pelos pacientes do Dr. Eric Pearl. Aliás, a generalidade das pessoas que interagem com o Dr. Pearl manifestam subitamente capacidades de cura para elas próprias e para os outros. Portanto, que fenómeno é este?
Ao ler A Reconexão deve estar-se preparado para colocar em causa tudo o que se leu sobre medicina convencional. As novas frequências de cura descritas pelo Dr. Pearl transcendem qualquer “técnica” e elevam-nos a níveis muito além dos acessíveis por todos.
Este livro conta a viagem do Dr. Pearl, desde a descoberta dos poderes extraordinários de cura à merecida reputação que adquiriu por ser o precursor deste processo. E o mais importante de tudo: A Reconexão revela as técnicas, para que o leitor também as possa dominar.
  • Sobre Dr. Eric Pearl
O Dr. Eric Pearl deixou para trás uma importante carreira enquanto quiroprático, em Los Angeles, para correr mundo a dar seminários e a salvar pessoas, assim que se apercebeu das suas extraordinárias capacidades de cura. Desde essa altura que o seu objectivo é dar a conhecer o poder da Cura Reconectiva a toda a gente.

Para mais informações visite o site:
www.thereconnection.com

Best-seller traduzido para cerca de 40 línguas. Até à data, o Dr. Eric Pearl ensinou este processo de cura a mais de 60 000 pessoas, em cerca de 70 países.

  • Críticas e opiniões
Este livro proporciona uma perspectiva interessante e nova das dinâmicas da cura.
Deepak Chopra

A Reconexão... o segredo para todo o tipo de cura.
Dr. Wayne Dyer

Eric Pearl é um homem surpreendente com um incrível poder de cura. Leia este livro e transforme-se. John Edward, autor do livro What If God Were the Sun?
Este livro representa a verdade – a verdade sobre uma forma revolucionária de curar e ser curado, disponível para todos… Eric Pearl conta-nos como foi transformado pela energia reconectiva e como todos podemos conseguir o mesmo. Se a saúde e a cura são importantes para si, leia este livro!
Christiane Northrup, autora do livro Prazer sem Idade

Como médica e neurocientista, aprendi a pensar em como e porque um dado tratamento funciona. Quando se fala da Cura Reconectiva, não sei como funciona. Sei simplesmente que sim. O trabalho de Eric Pearl foi uma grande dádiva para mim e, através deste livro, também o pode ser para si.
Mona Lisa Schulz, autora do livro The Intuitive Advisor

Muitos aguardaram décadas pelo que Eric Pearl nos deu através deste seu primeiro livro: uma forma única e elegante de ensinar a cura e a transformação. Contudo, a verdadeira surpresa no seu trabalho está no facto de revelar todos os seus segredos! Este curador engraçado e curioso prova a facilidade com que a verdadeira energia pode ser reconhecida e activada dentro de cada um de nós. Finalmente!
Lee Carroll, autor de A Grande Mudança

A Reconexão de Eric Pearl é só o melhor livro sobre a cura transpessoal e medicina espiritual editado nos últimos anos. Trata-se de uma dádiva do universo e um contributo brilhante para a mudança global de paradigma que está a ter lugar na nossa era. Se apenas ler dois livros este ano, certifique-se de que este é um deles.
Hank Wesselman, autor de Awakening To The Spirit World

Ler Excerto

Ler mais »

Divulgação

Planeta reforça aposta na literatura vocacionada para young adults

10:53


Em Portugal e no estrangeiro, tanto na Europa como nos EUA, são cada vez mais os livros a chegar às livrarias que têm como protagonistas vampiros, anjos, lobisomens e outras criaturas sobrenaturais e uma história de amor como pano de fundo. Aquilo que começou por ser um subgénero do Fantástico é actualmente uma área literária com cada vez maior expressão. E não são apenas os adolescentes e os jovens adultos a deixaram-se conquistar.

Desde Fevereiro de 2009 até agora, data em que chegou a Portugal, a Planeta já editou vários livros cujos temas vão do fantástico ao gótico passando pelo sobrenatural. L.J.Smith e Cassandra Clare são, entre outros, os autores com maior destaque.

Nascido dos romances góticos do século XIX, com raízes em contos góticos ou de suspense, como "Frankstein" de Mary Shelley, "Carmilla" de J. Sheridan Le Fanu, o novo romance sobrenatural engloba temas paranormais inesperados e dá a conhecer novos talentos. J.K.Rowling (com o inesquecível Harry Potter), Stephenie Meyer, L. J. Smith e Charlaine Harrys são alguns dos nomes já consagrados dentro deste género.

Longe parecem estar os tempos em que apenas os professores e alguns bibliotecários se interessavam por este tipo de literatura. Na verdade, são cada vez mais os adultos a iniciarem-se neste género literário, bastante mais livre, tanto no conteúdo como na forma. Enquanto os jovens se identificam com os protagonistas, nomeadamente no que diz respeito aos problemas que inquietam a juventude, os adultos encontram nestes livros um escape para “fugir” do mundo real e mergulhar num outro, pleno de fantasia. Em qualquer das situações, a literatura oferece sempre um refúgio seguro para acumular experiências.

Além disso, são livros bem escritos, com um ritmo narrativo furioso e personagens apaixonantes. Stephenie Meyer é disso exemplo: a saga Twiligth já vendeu mais de 85 milhões de exemplares no mundo inteiro desde que foi publicado o primeiro volume, em 2005.

Sejam impulsionadas por adaptações para o grande ecrã, pela conquista de importantes prémios literários ou mesmo pelo impacto do boca-a-boca, a verdade é que as vendas correspondentes a este novo género literário não param de crescer.

Escritos a pensar sobretudo na faixa etária dos 14-21 anos, são livros que misturam muitas vezes o real com o imaginário, a ficção e o terror com algum realismo mágico.

Da escritora norte-americana L.J.Smith, a Planeta tem publicada a colecção Crónicas Vampíricas com os títulos Despertar (4ª edição), Conflito (3ª edição), Fúria (2ª edição) e Reunião Sangrenta (2ª edição) e a série Mundo da Noite (com os livros O Vampiro Secreto, As Filhas das Trevas e A Escolhida), ambas com enorme sucesso junto dos leitores portugueses.

Tal êxito experimenta também Cassandra Clare com a série Caçadores de Sombras composta pelos títulos A Cidade dos Ossos, A Cidade das Cinzas e A Cidade de Vidro, todos bestsellers do New York Times. Presença assídua no TOP do New York Times, Cassandra Clare esteve mais de 25 semanas entre os 10 mais, só em 2009.

Ainda por publicar mas seguindo a mesma linha estão Desaparecidos, de Michael Grant, a quem Stephen King não pára de tecer elogios, Damon – O Regresso, de L.J.Smith, Bel: Amor para além da Morte, de Care Santos e Fallen, este último aposta da Planeta para a reentré.

Desaparecidos, nas livrarias ainda antes do Verão, é o primeiro volume de uma bem sucedida série juvenil, também bestseller do New York Times (o autor tem outra colecção dentro do mesmo género, sendo uma referência na young adult literature) sobre a vida (e a sobrevivência) num mundo sem adultos já que, num piscar de olhos, todas as pessoas com mais de 14 anos desapareceram e o mundo tal como o conhecemos deixa de existir.

No livro, sem que nada o fizesse prever, de repente, todos os adultos desaparecem. No mundo, só pré-adolescentes e adolescentes confusos e assustados. Não há médicos, professores, nem quaisquer outras figuras de autoridade. Os telefones deixaram de funcionar bem como a televisão e a internet. Não há como pedir ajuda. A fome intimida e a violência não tarda. Aos poucos, os próprios adolescentes vão ficando diferentes e desenvolvem capacidades sobrenaturais e poderes inimagináveis que lhes permitem sobreviver neste inusitado mundo. Eis o fantástico mundo novo de Desaparecidos, um universo que já conquistou milhões de leitores em todo o mundo.

www.cronicasvampiricas.pt
http://cassandraclare.com/cms/home

Ler mais »

Novidades

"Sopro do Mal" de Donato Carrisi

18:51

Disponível a partir de 2 de Junho


Autor: Donato Carrisi
P.V.P.: 18,00€ (aqui)
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-0-04278-1
Nº de Páginas: 272
Dimensões: 152 x 235 mm
Colecção: -
Editora: Porto Editora
O sucesso de Sopro do Mal, do italiano Donato Carrisi, fez do autor o fenómeno literário de 2009 em Itália e um nome pelo qual agentes e editores de toda a Europa se interessaram.
Antes de ser publicado, os direitos de tradução deste thriller já tinham sido adquiridos por editoras de dez países. Na Alemanha, logo nos dois primeiros meses, foram vendidos 50 mil exmplares. Hoje, em Itália, as vendas já ultrapassam os 200 mil. E basta fazer uma pesquisa na Internet para perceber que, na chamada blogosfera, os espaços dedicados à literatura policial e aos thrillers são unânimes nos elogios. Depois do reconhecimento do público, veio o da crítica: os jornais chamaram-lhe «estrela», «o génio do thriller» e «o caso literário de 2009». Para culminar um ano de grande sucesso, só faltavam os prémios: Sopro do Mal venceu o Bancarella 2009, o Camaiore Letteratura Gialla 2009, o Belgioioso Giallo 2009 e o Mediterraneo del Giallo e del Noir 2009.
Este romance perturbador, baseado em casos reais, evoca sucessos como O Silêncio dos Inocentes, Seven ou a série CSI – o que não é de admirar, uma vez que Carrisi é argumentista de cinema e de televisão.
Sopro do Mal apresenta um novo tipo de assassino em série: o subliminar, aquele que instiga outros a matar por ele (daí o título original: Il Suggeritori – o “sugeridor”), explorando os desejos inconfessáveis de cada um. Por isso, Carrisi afirma que todos somos potenciais serial killers.
O livro é publicado pela Porto Editora a 2 de Junho.
  • O enredo
Seis braços enterrados. Seis crianças desaparecidas. Um serial killer brilhante e monstruoso, que instiga outros a matar por si.
O criminologista Goran Gavila e a sua equipa de investigação são chamados a intervir, procurando descobrir um assassino que parece pô-los constantemente à prova.
Mila Vasquez, investigadora especializada em encontrar pessoas desaparecidas, entra em cena e junta-se à caça do homicida. Mas cada passo que dá é, na verdade, controlado por uma mente genial e implacável. Tudo se passa como um diabólico jogo de dominó, como se o Mal trouxesse consigo uma mensagem…
  • Sobre Donato Carrisi
Donato Carrisi nasceu em 1973 em Martina Franca (Itália).
Licenciado em Direito, especializou-se depois em Criminologia e Ciências do Comportamento, com uma tese sobre um dos mais terríveis serial killers italianos, o “Monstro de Foligno”.
Dedica-se desde 1999 à carreira de argumentista de cinema e televisão, tendo sido co-autor de algumas séries e filmes premiados. Sopro do Mal é o seu primeiro livro.

Ler Excerto
Ler mais »

Novidades

"Os Heróis do Futebol" de Gerard van Gemert

11:06

Olá hoje fica um post dedicado aos mais pequenos que também merecem!

A colecção de ficção juvenil «Os Heróis do Futebol» chega às livrarias na primeira semana de Junho, editada pela Educação Nacional. Os dois primeiros títulos são «Luta pela Taça» e «Jogo Perigoso».

A acção gira em torno de dois jovens jogadores que, a par com o futebol, vivem inúmeras aventuras adensadas por muito mistério e uma pitada de romance…

Um enredo sólido e empolgante, bem como um conjunto de dinâmicas ilustrações, constituem as mais-valias desta colecção, com assinatura do escritor holandês Gerard van Gemert.


Luta pela Taça
160 pág./livro
145 x 210 mm
capa mole
PVP: 7,50€
Conhece os dois jovens heróis do futebol: Rafael e Rodrigo, do FC Lobitos. Eles estão envolvidos numa luta ferrenha com os seus grandes rivais: os ET’s – nome que dão aos jogadores do Desportivo Galácticos. Travam uma luta pelo campeonato e por muito mais... Que descobertas, desafios e aventuras esperam por esta dupla? Será que vão continuar a ser heróis do futebol? Rafael conquistará o coração da bela Filipa? Ou ela continuará a vê-lo como o amigo do irmão mais novo?

Jogo Perigoso
160 pág./livro
145 x 210 mm
capa mole
PVP: 7,50€

O FC Lobitos é o único clube amador que participa no Campeonato Nacional. Os jogadores foram recompensados com uma viagem a Londres, onde vão assistir à meia-final da Liga dos Campeões. O que devia ser uma viagem tranquila, transforma- se num pesadelo. Rafael e Rodrigo vão ver-se envolvidos num perigoso jogo de intrigas e corrupção e terão de recorrer às suas qualidades futebolísticas para tentar salvar a situação, acabando por ter influência no resultado da meia-final…

As novidades não ficam por aqui, pois está em curso um Passatempo do qual podem aceder no link http://pdfcast.org/pdf/passatempo-futebol e obter mais informação e realizar download desse ficheiro que eu coloquei online.

Fica aqui a informação de que os próximos títulos da colecção «Os Heróis do Futebol» estão em fase de tradução, pelo que só estarão no mercado em 2011
Ler mais »

Divulgação

"Um Instante ao Vento" de André Brink

21:45

Disponível a partir de 11 de Junho

Autor: André Brink
P.V.P.: 18,80€
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-637-226-2
Nº de Páginas: 272
Dimensões: 160 x 230 mm
Colecção: Camões & Companhia
Editora: Saída de Emergência

Uma mulher branca e um homem negro perdidos na selva do interior sul-africano. Ela é uma mulher educada e totalmente indefesa no meio da selva; ele é um escravo foragido, o elemento mais baixo aos olhos da sociedade do século XVIII. Ambos se conhecem apenas a si mesmos… e vão percorrer um longo caminho de regresso à civilização.
“Os escritores e intelectuais da nossa sociedade foram elementos-chave para enfrentar e quebrar a tirania do silêncio. As suas obras continuaram a demonstrar, mesmo nos anos mais negros, que as vozes sul-africanas da justiça e razão não seriam silenciadas.”
NELSON MANDELA
  • Sobre André Brink:
    André brink nasceu em 1935 na África do Sul, e é um dos autores sul-africanos mais reputados da actualidade. Poeta, ensaísta, romancista e professor de inglês na Universidade da Cidade do Cabo, ganhou notoriedade nos anos sessenta por obras que denunciavam a injustiça do apartheid. Escreve os seus livros na língua afrikaans, mas com a censura do governo sul-africano, começou a escrever simultaneamente em inglês, obtendo aclamação internacional.





André Brink estará em Portugal, a convite da Saída de Emergência, para apresentar Um Instante ao Vento. Com ele estará também, outro conceituado autor e fã, Richard Zimler de quem é, também, grande amigo.
A Saída de Emergência convida desde já para que estejam presentes no Él Corte Inglés de Lisboa no dia 8 de Junho, pelas 18:30, para a sua apresentação.
Este autor é um dos mais premiados, conceituados e influentes autores sul-africanos, cuja projecção internacional lhe permitiu ser várias vezes mencionado para o Nobel da Literatura,

Amigo pessoal de Nelson Mandela (que escreveu o prefácio desta obra), Brink tem uma marcada preocupação humanitária, tendo o combate ao apartheid assumido, naturalmente, um papel de destaque nas suas obras. Começou por escrever no dialecto Afrikaans o que lhe valeu ser perseguido pela censura e ter que começar a escrever, também, em Inglês. Foi este facto que lhe permitiu mais facilmente tornar-se conhecido fora da África do Sul.

Ler mais »

Divulgação

Apresentação "Amanhecer na Rotunda"

18:39



A Saída de Emergência tem o prazer de convidar para a apresentação de Amanhecer na Rotunda, a mais recente obra de José Sequeira Gonçalves e João Espada. Contamos também com a presença do Professor Doutor António Ventura, Director do Centro de História da Universidade de Lisboa.

O evento terá lugar na Sala de Âmbito Cultural do Él Corte Inglés de Lisboa (piso 7), dia 27 de Maio, pelas 18:30.

Ler mais »

Novidades

"A Cidade de Vidro" de Cassandra Clare

16:28

Disponível a partir de 4 de Junho

Autor: Cassandra Clare
P.V.P.: 19.76€
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: -
Nº de Páginas: 408
Dimensões: - x - mm
Colecção: Caçadores de Sombras
Editora: Planeta
A Cidade de Vidro
Terceiro volume da série Os Caçadores de Sombras
Quem já leu A Cidade de Vidro considera que se trataria de um final perfeito para uma trilogia perfeita (www.yareads.com). Descansem os leitores, porém, porque Cassandra Clare já prometeu voltar ao universo fantástico dos Caçadores de Sombras.


CASSANDRA CLARE ESTARÁ EM PORTUGAL
DE 14 a 16 de JUNHO PARA PROMOVER A CIDADE DE VIDRO


Fascinada com o período entre a adolescência e a idade adulta, por considerar este ciclo crucial na formação da personalidade de qualquer pessoa, Cassandra Clare decidiu começar a escrever para o público young adults. Caçadores de Sombras é o resultado dessa motivação e da paixão da autora pelos universos mágicos de Tolkien e Neil Giam.

Depois de A Cidade dos Ossos e A Cidade das Cinzas, A Cidade do Vidro é o terceiro volume desta bem-sucedida série (bestseller New York Times). Nele, a autora mantém o registo exótico, luxuriante e quase cinematográfico iniciado nos primeiros volumes e retoma as carismáticas personagens dos livros anteriores.

Com a publicação do terceiro volume da série Os Caçadores de Sombras, a Planeta reforça a sua aposta no romance de fantasia urbana. Desde Fevereiro de 2009 até agora, data em que chegou a Portugal, foram vários os livros publicados cujos temas vão do fantástico ao gótico, passando pelo sobrenatural.

E nesta tendência dos livros que têm como protagonistas vampiros, anjos e lobisomens (e uma história de amor como pano de fundo), não são apenas os adolescentes e os jovens a deixaram-se conquistar. A avaliar pelos Tops de Vendas (nacionais e internacionais) e pelos debates em volta da denominada literatura para young adults, trata-se de um género cada vez mais presente nas livrarias de todo o mundo e sem quaisquer barreiras etárias.

Neste livro, Clary tem de ir até à Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, para tentar salvar a mãe. Mesmo ciente de que não pode entrar sem autorização, e que infringir a lei pode significar a morte, Clary não hesita. Para piorar as coisas, Clary descobre que Jace não a quer lá e que Simon foi preso pelos Caçadores que, de resto, continuam bastante desconfiados do facto de um vampiro poder suportar a luz do dia.

Mas nem tudo é mau. À medida que descobre novidades acerca do passado da sua família, Clary encontra um aliado (Sebastian) no misterioso mundo das sombras. Conseguirão eles destruir os seus inimigos de sempre? Até onde está Jace disposto a arriscar? E Valentine, suportará abrir mão de todas as suas conquistas anteriores?

Dona de um talento invulgar na área da fantasia urbana, um subgénero da fantasia contemporânea, em que acontecimentos mágicos têm lugar no mundo real, Cassandra Clare apresenta em A Cidade de Vidro uma ficção realista que acaba por explorar o sentimento de pertença, amor, amizade e a lealdade.


  • Sobre A Cidade de Vidro e Caçadores de Sombras
«O toque sensual da história vem justamente da riqueza dos seus pormenores: demónios com piercings faciais, jantares de gafanhotos e mel, bruxos muito gay e aparições de personagens de outras fantasias urbanas… Luxuriante e divertido.» | Kirkus Reviews

«Os leitores podem estar familiarizados com os livros anteriores de Caçadores de Sombras mas nunca os sentimentos de perda, honra, traição e amor se revelaram tão intensos quanto neste livro.» | Booklist

«A magia de Cassandra Clare funciona em pleno neste livro. A emoção começa na primeira página e não termina senão na última.» | Karin’s Book Nook
  • Sobre Cassandra Clare
Cassandra Clare nasceu no Irão e passou os primeiros anos da sua vida a viajar pelo mundo com a família e vários baús cheios de livros de fantasia, entre os quais As Crónicas de Nárnia. Mais tarde, trabalhou como jornalista em Los Angeles e Nova Iorque, onde reside actualmente.
Ler mais »

Passatempo

Passatempo - "O Que o Dia Deve à Noite" de Yasmina Khadra

23:51



Hoje dá início mais um passatempo do blog Clube dos Livros, mais uma vez com o excelentíssimo apoio Editorial-Bizâncio.
Desta vez temos para oferecer 3 exemplares do livro "O Que o Dia Deve à Noite" de Yasmina Khadra.
Desta vez são mais perguntas, mas mais fáceis e mais rápidas de responder (atenção às ratoeiras...).

O passatempo terminará no próximo Domingo dia 30 às 23:59h (daí só serão aceites as participações feitas até essa hora/data), os vencedores serão anunciados aqui no blog e contactos via e-mail dia 31 de Maio.
Os vencedores serão sorteados aleatoriamente, na mesma aplicação que se realizou o anterior sorteio do passatempo "Está tudo na Cabeça", entre os que responderem a tudo acertadamente e que preencham todos os dados completamente, do formulário abaixo.


Importante:
_ Só será aceite uma participação por pessoa e e-mail;

_ Só serão aceites participações de pessoas residentes em Portugal;


_ Os vencedores são anunciados cá no Blog e contactados por e-mail;


_ Os dados pes­so­ais deve­rão estar cor­rec­ta­mente pre­en­chi­dos, caso con­trá­rio a par­ti­ci­pa­ção não será válida, uma vez que estes são necessários para envio do prémio aos vencedores, de forma que que se evitem atrasos à espera de envios de dados por parte dos participantes;


1- E por favor vejam com atenção as perguntas e as respostas possíveis, para que todos os participantes sejam potenciais vencedores, e para que não hajam participações anuladas!


2- Só me resta desejar, boa sorte a todos!!!
As respostas podem ser encontradas
aqui no blog.




Passatempo Terminou
Ler mais »

Divulgação

Apresentação: O Labirinto de Água - Eric Frattini em Portugal

22:52


Eric Frattini em Portugal

Apresenta O Labirinto de Água na próxima terça-feira


O peruano Eric Frattini, uma das vozes que mais tem revelado segredos do Vaticano, vai estar em Portugal no início da próxima semana, para apresentar o novíssimo romance O Labirinto de Água. O evento tem lugar terça-feira, dia 25, às 19:00, na livraria Bulhosa de Oeiras. O escritor Luís Miguel Rocha vai fazer a apresentação.
Uma das grandes interrogações que resultam da leitura de O Labirinto de Água, livro que explora as fragilidades e as políticas mais obscuras da Igreja Católica, tem a ver com uma possível manipulação, por parte da própria Igreja, da visão que temos do Cristianismo.
Publicada há um mês, a obra incide num dos temas mais polémicos da história da Igreja: a descoberta do Evangelho de Judas.
O autor é um prestigiado jornalista e professor universitário, autor de vinte ensaios e dois romances. Como correspondente, viveu em vários países, entre os quais Israel e Líbano, o que muito contribuiu para as investigações que operou.
Vale a pena uma visita ao sítio oficial de Frattini (www.ericfrattini.com), para conhecer a vida e a obra do escritor.

Sobre o Autor
Eric Frattini
Embora seja também professor universitário e escritor, Eric Frattini correu o mundo como jornalista. Viveu na Polinésia, no Paraguai, no Líbano, no Chipre e em Israel. Foi correspondente no Médio Oriente dos reputados Canal Plus e Cadena Ser, foi director e guionista de documentários de investigação para as principais cadeias de televisão espanholas, como a TVE, a Tele 5, a Antena 3. Actualmente, está no canal Cuatro e na Rádio Nacional de Espanha.
É autor de mais de vinte livros, publicados em quinze países, e entre os quais se destacam: Osama Bin Laden, La Espada de Ala (2001); Mafia S.S. 100 Años de Cosa Nostra (2002); A Santa Aliança, Cinco Séculos de Espionagem no Vaticano.
Ler mais »

Novidades

"O que o dia deve à noite" de Yasmina Khadra

00:14


Autor: Yasmina Khadra
P.V.P.: 13.50€ (no site)
Data 1ª Edição: 2009
Nº de Edição: -
ISBN: 978-972-53-0417
Nº de Páginas: 352
Dimensões: 155 x 231 mm
Colecção: Montanha Mágica
Editora: Editorial-Bizâncio

O Que o Dia Deve à Noite é o 6º livro de Yasmina Khadra na Editorial-Bizâncio.

«Um livro pleno de força e beleza. A voz de um grande escritor.»
Lire
Sinopse: «O meu tio dizia-me: ‘Se uma mulher te amar, e se tiveres a presença de espírito para avaliar a extensão desse privilégio, nenhuma divindade te chegará aos calcanhares.’ Orão sustinha a respiração nessa Primavera de 1962. A guerra iniciava as suas derradeiras loucuras. Eu procurava Émilie. Tinha medo por ela. Tinha necessidade dela. Amava-a e regressava para lho provar. Sentia-me capaz de enfrentar furacões, trovões, todos os anátemas e as misérias do mundo inteiro.»

Autor: Yasmina Khadra oferece-nos neste livro um grande romance da Argélia colonial (entre 1936 e 1962) — uma Argélia torrencial, apaixonada e dolorosa — e lança uma nova luz, numa escrita soberba e com a generosidade que se lhe reconhece, sobre a separação atroz de duas comunidades apaixonadas por um mesmo país.

Atenção passatempo inicia-se dia 21!
Estejam atentos!!!
Ler mais »

Follow on Facebook