"Guerreiro Verde" de Filipe Garcia

02:39


Autor: Filipe Garcia
P.V.P.: 12,95 € (aqui)
Data 1ª Edição: 2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-20-4065-5
Nº de Páginas: 200
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Livros d'Hoje


Sobre a obra:
A vida de um português ao serviço da Greenpeace.

Manuel Pinto nasceu no Porto, cresceu no Luxemburgo e cedo descobriu o gosto pelas viagens. Tornou-se punk, trabalhou em fábricas e em armazéns de armamento, mas foi quando entrou na Greenpeace que a vida mudou.
Começou por ajudar na manutenção dos barcos da organização e chegou a responsável internacional pela coordenação da frota. Foi agredido e preso, esteve nos protestos contra os ensaios nucleares em Muroroa, combateu os alimentos transgénicos em Lisboa e passou três anos entre índios e perigosos madeireiros na selva amazónica. Hoje, da sede em Amesterdão, acompanha à distância todos os protestos da maior organização ecologista do mundo. Uma vida em português na defesa da Terra.

Sobre autor:
Filipe Garcia. Há 31 anos que é alfacinha, mas há 16 que se tornou cidadão honorário das praias do Baleal. Depois de estudar no Liceu Camões, licenciou-se em História na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e especializou-se no CENJOR. Nos jornais, estreou-se em 2001 na redação do Record e passou pelas revistas Focus e Sábado antes de chegar ao Diário Económico. Cobriu as áreas de Desporto, Cultura e Política. Não há livros do Gabriel García Márquez, nem discos do Jimi Hendrix que não tenha, mas ainda está a tentar completar a discografia do John Coltrane. Em pequeno sonhava chegar a grande para ser como o Bob Woodward e… ainda não desistiu.
Em 2010, recebeu o Prémio de Reconhecimento Jornalístico atribuído pela Câmara Municipal de Peniche pelo trabalho «Supertubos que valem milhões».

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter