"Assassinaram um Jornalista" de Terry Gold

23:16


P.V.P.: 19,98 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896572549
Nº de Páginas: 420
Editora: Editorial Planeta

Onde vão os jornalistas encontrar ânimo para continuar a escrever a verdade em lugares onde a verdade os condena à morte?

Os jornalistas não morrem apenas durante o fogo cruzado nas guerras. Também morrem por informar, por denunciar a corrupção dos políticos, os crimes das máfias, os abusos dos poderosos.

Sobre a obra:
O assassinato de Anna Politkovskaya foi notícia de primeira página em todo o mundo. Mas há muitos mais profissionais da informação que também foram vítimas de que quem os quis calar para sempre.
Assassinar um Jornalista. Morrer por uma história nos locais mais perigosos do mundo, reconstrói as histórias dos jornalistas cujo único crime foi contar o que sabiam.
Ao longo de quatro anos, Terry Gould viajou pelo Iraque, Filipinas, Rússia, Colômbia e Bangladesh – os cinco países onde mais jornalistas são assassinados –, numa tentativa de encontrar resposta para esta pergunta.
Em cada um desses lugares, através de conversas com colegas, famílias e, em alguns casos, com os próprios assassinos, Terry Gould põe a nu a vida de jornalistas que se agarraram a uma história ao ponto de morrer por ela.
Procura o momento em que cada um dos protagonistas percebeu que estava disposto a morrer, e descobre as razões concretas que estão por detrás dessa coragem.
Neste retrato maravilhosamente vívido de sete almas corajosas, Gould explica-nos as suas convicções e presta homenagem à memória de cada um quando escreve «dizendo a verdade àqueles que matam os arautos da verdade».

Sobre autor:
Nasceu em 1949, em Brooklyn, Nova Iorque.
Estudou jornalismo no Canadá e em 1984 publicou uma colecção de narrativas e mudou-se para Vancouver, onde vive actualmente, iniciando nesta cidade canadiana uma brilhante carreira como jornalista de investigação, tendo-se dedicado ao estudo do crime organizado e a questões sociais.
Já obteve 47 prémios e várias menções pelas suas reportagens.
É autor dos livros: Paper Fan: The Hunt for Triad Gangster Steven Wong, The Lifestyle, e Murder without Borders: Dying for the Story in the World’s Most Dangerous Places.
Assassinaram Um Jornalista recebeu já os seguintes prémios:
• Prémio da Associação da imprensa Canadiana para o Melhor Livro da Defesa da Liberdade de Expressão (Canadian Journalists for Free Expression 2009 Tara Singh Hayer Press Freedom Award).
• Prémio para Melhor Livro de Não Ficção (Crime Writers of Canadian Arthur Ellis Award for Best Non-Fiction Book of 2009)
• Finalista ao Prémio para melhor Livro Político do Ano (2009 Writers Trust of Canada Awards for Best Writing of the Year).


Imprensa:
«Um livro sobre amor e sofrimento… através das suas reportagens meticulosas e de uma narrativa onde transparece a simpatia pela causa, Gould realiza um pequeno milagre de ressurreição por via da literatura, permitindo que os jornalistas tão cruelmente assassinados recontem as suas histórias de forma honesta e integral.»
Joel Simon
Director executivo do Comité para a Protecção dos Jornalistas

«Com esta colectânea macabra de homicídios horrendos, Terry Gould prestou um serviço inestimável aos jornalistas de todo o mundo… Explica como estes se tornaram mártires.»
National Post

«Terry Gould fez com que todos aqueles jornalistas fossem mais do que uma estatística. Investigando tão profundamente as suas vidas, ele não só as perpetuou, como nos ensinou a compreender o seu martírio.»
Columbia Journalism Review

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook