"Carl Sagan - Uma Vida" de Keay Davidson

14:36


P.V.P.: 22,57 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789725300824
Nº de Páginas: 620
Editora: Bizâncio

Sobre a obra:
Sagan é certamente o cientista mais famoso do último quartel do séc. XX. Com um grande talento para transmitir o seu entusiasmo pelo conhecimento científico, quer na televisão, quer nos livros, brilhante, ousado, o autor de "Cosmos" influenciaria muitos a seguir uma carreira científica, como o autor desta biografia, Keay Davidson, editor de ciência do San Francisco Examiner.
Desde cedo se manifestou a sua inteligência viva e curiosa (era o "cérebro" da sua turma no liceu), trabalhou com os mais variados e prestigiados físicos e astrónomos e tinha um fascínio pela ficção científica (também escreveu ficção, no romance "Contacto", adaptado mais tarde ao cinema). Uma personalidade controversa (se uns o achavam afável e divertido, outros tinham-no por arrogante e de feitio difícil), Sagan viria, no fim da sua vida (morreu em 1996) a solidarizar-se com causas como a da defesa do ambiente e da eliminação das armas nucleares. Autor de vários títulos, foi galardoado com o Prémio Pulitzer com "Os Dragões do Éden".

Sobre autor:
É o editor de ciência de San Francisco Examiner. Recebeu os dois maiores prémios de jornalismo científico americano: o Westinghouse for Advancement of Science e o prémio da National Association of Science Writers. Os seus artigos foram publicados em diversas revistas incluindo a National Geographic, New Scientist, Sky & Telescope e Mother Jones. Foi um dos escritores que mais contribuiu, com biografias de cientistas e estudiosos, para o volume American National Biography.


Imprensa:
"Em "Carl Sagan - Uma Vida", Davidson conduz o leitor pelas contradições e complexidades da personalidade deste cientista norte-americano (...) numa prosa que se segue com muito interesse (...), num trabalho com um assinalável esforço de pesquisa. (...) Carl Sagan era muito humano. Mas um ser humano com quem tivemos a sorte de partilhar o mesmo planeta e a mesma época..."
Luís Tirapicos, Expresso, Cartaz

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook