"Alex" de Pierre Lemaitre

00:00


Compre por: 14,94 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 978-972-0-07166-8
Nº de Páginas: 320
Editora: Sextante Editora

Predadora ou presa?
Pierre Lemaître apresenta-nos a enigmática Alex

Um thriller surpreendente que nos fala sobre o mecanismo diabólico e imprevisível capaz de transformar uma vítima numa assassina vingadora: Alex, de Pierre Lemaître, chega às livrarias no dia 28 de maio e é o terceiro título a integrar a coleção Sextante TOP.
Manipulando psicologicamente o leitor, o autor cria uma aura de suspense contínua e perturbadora, que o aprisionará a esta história sobre obsessão e sede de vingança.
Pierre Lemaître é um consagrado e premiado escritor da área da literatura policial em França e os seus livros encontram-se traduzidos em vários países. Está prevista a adaptação de Alex ao cinema, assim como aconteceu com outros dois policiais do autor.

Sobre a obra:
Quem conhece verdadeiramente Alex? Ela é bela. Excitante. É por isso que a raptaram e torturaram de forma inimaginável? Quando o comandante da polícia Camille Verhoeven descobre por fim o local do sequestro, Alex já tinha desaparecido. Alex, mais inteligente que o seu carrasco. Alex, que não perdoa a ninguém, que nada esquece.
Um thriller gelado que joga com os códigos da loucura assassina, um mecanismo diabólico e imprevisível, onde nos encontramos com o enorme talento de Pierre Lemaître. Alex foi um dos romances finalistas do Grand Prix de la littérature policière 2011.

Sobre autor:
Pierre Lemaître nasceu em Paris. Foi galardoado com o Prémio Le Point do Romance Policial Europeu em 2010. Os seus romances foram várias vezes premiados e estão traduzidos em treze línguas. Três deles estão a ser adaptados ao cinema: Robe de mariée, Cadres noirs e Alex.

Imprensa:
Pierre Lemaître, que diz querer escrever romances que Hitchcock gostasse de filmar, leva ao extremo, sem artifícios nem truques, a arte do suspense e do medo.
www.lalivrophile.net

Estamos perante um grande autor de policiais.
Le Monde Magazine

Lemaître eleva o género policial a alturas raras da escrita: aquelas onde se encontra a literatura.
Figaro Magazine

Um romance de mistério cuja intriga diabólica cria impasses para melhor avançar.
L’Humanité

Este romance devora-se sem mastigar, vorazmente, até ao fim.
www.amandameyre.com

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter