Opinião: "Uncharted - O Quarto Labirinto" de Christopher Golden

12:41



mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
“No Mundo Antigo, havia um mito acerca de um Rei, um Tesouro e um Labirinto infernal. Agora as portas desse inferno voltam a abrir-se.”

Uncharted – O Quarto Labirinto trata-se de um livro com um ritmo alucinante, ou não fosse ele adaptado de um videojogo, com uma história cativante baseada em mitos e lendas antigos, um desenrolar de acontecimentos que nos prendem e nos tiram o fôlego, com personagens inteligentes, complexas e cheias de personalidade e com uma escrita agradável, fluída e capaz de nos colocar profundamente dentro do enredo.
O livro inicia-se logo com uma fuga vertiginosa, onde nos é apresentada a personagem Nathan Drake, um caçador de tesouros aventureiro e com um sentido de humor “negro” e mordaz, mas que no fundo é uma boa pessoa com um coração “mole”. Chamado a Nova-Iorque pelo seu melhor amigo e mentor Victor Sullivan, ele não hesita um segundo em deixar de lado as suas férias para acudir ao apelo de Sully.
Sully, um excêntrico “negociante de aquisição de antiguidades”, velho companheiro de Nate, fica destroçado pelo estranho homicídio de um seu amigo arqueólogo, aparentemente relacionado com a sua investigação acerca de um mistério antigo. Mas mais ainda, vê-se na necessidade de proteger a todo o custo a sua “sobrinha de coração”, Jada, uma jovem mulher frágil na aparência, mas que se irá revelar muito mais forte que todos eles.
Perante a urgência de descobrir os assassinos do pai de Jada, torna-se necessário o envolvimento destas três personagens na descoberta de um segredo antigo relacionado com a alquimia, um conjunto de labirintos por explorar e um tesouro incalculável.
Mas esta demanda não será pacífica e segura como uma normal exploração arqueológica, bem pelo contrário. Existem pessoas que não estão interessadas em que tal segredo seja descoberto e outras que querem apoderar-se desse segredo para seu próprio benefício.
O enredo do livro é, de facto, admirável e muito bem construído, com surpresas “a cada esquina”, descobertas impressionantes, revelações que nos tiram o fôlego e um ritmo alucinante que nos faz virar as páginas com uma enorme e irresistível expetativa de descobrir o que se seguirá e nos perdermos neste Uncharted – O Quarto Labirinto!

Cristina Oliveira - Vencedora do Passatempo

You Might Also Like

2 comentários

Follow on Facebook