"Os Litigantes" de John Grisham

15:51


Compre por: 15,93 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789722524544
Nº de Páginas: 440
Editora: Bertrand Editores

Um livro extremamente divertido, repleto das estratégias legais e do suspense que fizeram de John Grisham o escritor preferido da América.

Sobre a obra:
Os dois sócios da firma de advogados Finley & Figg, especializados em casos de divórcio e de condução sob o efeito do álcool, mais pareciam um velho casal. Mas eis que a mudança chega. David Zinc, um advogado jovem, abandona a carreira numa elegante firma do centro, embebeda-se e vai literalmente parar à porta da Finley & Figg.
Agora com um novo membro, a F&F está pronta para agarrar um grande caso, que os pode tornar ricos sem que tenham de trabalhar muito. O Krayoxx, um medicamento popular para reduzir o colesterol em doentes obesos, produzido por um gigante da indústria farmacêutica, está sob fogo depois de vários casos de ataques cardíacos associados ao tratamento. A única coisa que a Finley & Figg tem de fazer é encontrar meia dúzia de pessoas que tenham tido ataques cardíacos enquanto tomavam Krayoxx, convencê-las a tornarem-se seus clientes e preparar-se para a fama e a fortuna. Com um bocadinho de sorte, nem sequer terão de ir a tribunal! Parece quase bom de mais para ser verdade. E é.

Sobre autor:
John Grisham é autor de vinte e três romances, uma obra de não-ficção, uma coleção de contos e três livros para jovens. Vive na Virginia e no Mississippi.
www.jgrisham.com
www.facebook.com/JohnGrisham

Imprensa:
«Os Litigantes mostra Grisham no seu melhor. Tem um ritmo acelerado, é engraçado e está apinhado de personagens reais com as quais o leitor adoraria beber uma cerveja depois das sessões de tribunal. Ponha de lado um fim de semana para ler este livro, pois não vai querer pousá-lo.»
Irish Examiner

«Os Litigantes é uma emocionante diversão no mundo sombrio das ações judiciais e dos vigaristas, ricos e pobres. Cheio das características voltas e reviravoltas [de Grisham], para não falar de imensa duplicidade, tenha cuidado se for a ler Os Litigantes no autocarro, pois poderá perder a sua paragem.»
Irish Independent

«Representa o mestre do thriller judicial no seu melhor. Não vai querer pousá-lo!»
Press Association

«Grisham é incrivelmente cómico num romance que está cheio de entusiasmo e repleto de personagens memoráveis e bons enredos (...) Os enredos judiciais são normalmente plenos de detalhes sociais e de divertidas instâncias de patifaria (,) Fora do seu território habitualmente sulista, Grisham foi transformado por Chicago num escritor mais ao estilo de Dickens, por vezes com o coração mole mas predominantemente engraçado (...) Uma obra brilhante e cómica.»
The Sunday Times

«Os Litigantes está lá em cima com os melhores dos vinte e cinco romances de Grisham (...) Vintage Grisham. O seu estilo é direto e o resultado é um thriller judicial com um enredo soberbo.»
Sunday Express

«Um romance ágil e com boas reviravoltas (...) Grisham faz uso da sua habitual compreensão matizada sobre a responsabilidade civil e a jurisprudência civil.»
Washington Post

«Uma leitura célere e inteligente que, mais uma vez, fará os fãs de Grisham sentir que valeu o preço pago.»
Daily Telegraph Australia

«As suas histórias são ferozmente induzidas pelo enredo: vão mantê-lo acordado a noite inteira.»
Independent on Sunday

«Se pode dizer-se que um autor domina o seu tema, esse autor tem de ser John Grisham. Os seus thrillers apinhados de advogados encontram-se despreocupadamente escritos, sublinham o seu talento para tornar o mundano interessante e impressionam sempre pela forma como traduzem procedimentos legais túrgidos em histórias saborosas e reveladoras (...)»
Sun

«Os Litigantes tem muitas das marcas registadas de John Grisham: ritmo, enredo, políticas gentilmente liberais. Mas desta vez também tem sentido de humor. Este thriller é elevado bem acima da média pelo afeto que Grisham tem pelas suas personagens, por muito moralmente comprometidas que estejam.»
Mail on Sunday

«Grisham sabe o que faz. O livro está escrito de forma incisiva, com algumas piadas agradavelmente dissimuladas pelo meio, e a narrativa a acompanhar.»
The Spectator

«(...) Completamente emocionante (...)»
Evening Standard

«O melhor escritor de thrillers vivo»
Ken Follett

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook