Casei com um Beduíno de Marguerite Van Geldermalsen

00:30

P.V.P.: 12,51 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 296
Editora: Edições ASA

Sobre a obra:
A neozelandesa Marguerite não podia então imaginar como estas palavras iam mudar a sua vida. Ela viajava pelo Médio Oriente com uma amiga quando conheceu o carismático Mohammad, na Jordânia. A paixão que sentiram um pelo outro foi imediata. Por amor, Marguerite trocou a abundância do seu país pela aridez do deserto. Corajosamente e de uma forma simples e tocante, ela relata o seu dia a dia a partir do momento em que casou com o jovem beduíno e deu à luz os seus três filhos. Assistimos à sua adaptação a um modo de vida totalmente novo, que vai desde habitar numa caverna, sem eletricidade ou água canalizada, a ter de ir de burro buscar água, lavar a roupa no rio, fazer pão e aprender a língua e os costumes de um povo primitivo. Assistimos ao choque cultural, linguístico e religioso, mas também à sua adaptação, por amor e grande entrega, a um povo que - embora primitivo e supersticioso - a recebeu e integrou como sendo uma deles. 

Ler Excerto
Sobre autor:
Marguerite van Geldermalsen é natural da Nova Zelândia. Em 1978, casou com Mohammad Abdallah e, juntos, tiveram três filhos. Enviuvou em 2002 e divide agora o seu tempo entre Sydney e Petra, na Jordânia.
Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter