O Livro Negro _ Vencedor do Man Booker Prize 2012 de Hilary Mantel

03:16

P.V.P.: 15,75 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 440
Editora: Civilização Editora

Sobre a obra:
Com esta vitória histórica de O Livro Negro, Hilary Mantel torna-se o primeiro autor britânico e a primeira mulher a receber dois prémios Booker, além de ser o primeiro autor a consegui-lo com dois romances consecutivos. Continuando o que começou com o premiado Wolf Hall, regressamos à corte de Henrique VIII para testemunhar a ascensão de Thomas Cromwell enquanto planeia a destruição de Ana Bolena.
Em 1535 Thomas Cromwell é Primeiro-ministro de Henrique VIII, e o seu sucesso ascendeu a par do de Ana Bolena. Mas a cisão com a Igreja Católica deixou a Inglaterra perigosamente isolada e Ana não deu um herdeiro ao rei. Cromwell vê o rei apaixonar-se pela discreta Jane Seymour. A gerir a política da corte, Cromwell tem de encontrar uma solução que satisfaça Henrique VIII, salvaguarde a nação e assegure a sua própria carreira. Mas nem ele nem o próprio rei sairão ilesos dos trágicos últimos dias de Ana Bolena.
Um incrível feito literário, O Livro Negro é o relato deste terrível acontecimento da História, por uma das melhores romancistas da atualidade.

Ler Excerto
Sobre autor:
Hilary Mantel nasceu em Glossop (Inglattera), em 1952.

Estudou direito na London School of Economics and Sheffield University. Trabalhou como assistente social, viveu cinco anos no Botswana e outros quatro anos na Arábia Saudita. Regressou ao Reino Unido nos anos 80.

É considerada uma das melhores escritoras britânicas da actualidade, tendo várias das suas obras recebido prémios literários. Destacam-se os títulos "Eight Months on Ghazzah Street" (1988); "Fludd" (1989), vencedor do Winifred Holtby Memorial Prize, do Cheltenham Prize e do Southern Arts Literature Prize; "A Place of Greater Safety" (1992), vencedor do Sunday Express Book of the Year; "A Change of Climate" (1994); "An Experiment in Love" (1995), vencedor do Hawthornden Prize 1996; "The Giant" (1998); "Giving Up the Ghost: A Memoir" (2003); "Learning to Talk: Short Stories" (2003); "Beyond Black" (2005), finalista do Commonwealth Writers Prize e do Orange Prize for Fiction em 2006; e "Wolf Hall" (2009) que lhe valeu o Man Booker Prize for Fiction 2009.
Imprensa:
«A melhor autora de prosa inglesa moderna da atualidade»
Sir Peter Stothard, Júri do Man Booker Prize

«O Livro Negro é simplesmente excecional… Invejo quem ainda não o tiver lido.»
Daily Mail

«Uma história apaixonante de fúria e terror em catadupa»
Independent on Sunday

«De outro campeonato. Esta saga do braço direito de Henrique VIII é a melhor ficção histórica que alguma vez li. Um feito magnífico.»
Sunday Telegraph

«Excelente romance – um digno seguidor de Wolf Hall […]. Apresse-se com o terceiro romance, Hilary»
Daily Express

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter