Novidades

A Filha do Papa de Luís Miguel Rocha

23:34

P.V.P.: 15,93 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 432
Editora: Porto Editora
Regresso ao Vaticano com A Filha do Papa
Novo thriller de Luís Miguel Rocha elogiado por Rentes de Carvalho e Valter Hugo Mãe

O novo thriller de Luís Miguel Rocha, o primeiro autor português a figurar no top do New York Times, chama-se A Filha do Papa e está à venda a partir de 11 de março. Dois dos principais escritores portugueses da atualidade, José Rentes de Carvalho e Valter Hugo Mãe, leram, antecipadamente, esta nova obra e elogiaram o autor.
Depois do enorme sucesso de A Mentira Sagrada, publicado pela Porto Editora em 2011, A Filha do Papa, uma obra cheia de ação, centra-se na figura de Pio XII e lança uma pergunta: terá sido o antissemitismo a verdadeira razão da não beatificação do papa?
A Filha do Papa será promovido em digressão nacional (cf. pág. 2).

DIGRESSÃO NACIONAL
À semelhança do que aconteceu com A Mentira Sagrada, A Filha do Papa vai ser divulgado em digressão nacional.
O lançamento do livro está já agendado para o ciclo literário Porto de Encontro, no Porto, a 17 de março. Haverá lugar, também, a uma apresentação em Lisboa e a sessões em dezenas de cidades do país.
A Porto Editora anunciará oportunamente todos os pormenores relativos a esta digressão.
Sobre a obra:
Será o antissemitismo a verdadeira razão para o Papa Pio XII não ter sido beatificado?
Quando Niklas, um jovem padre, é raptado, ninguém imagina que esse acontecimento é apenas o início de uma grande conspiração que tem como objetivo acabar com um dos segredos mais bem guardados do Vaticano – a filha do Papa Pio XII. Rafael, um agente da Santa Sé fiel à sua Igreja e à sua fé, tem como missão descobrir quem se esconde por detrás de todos os crimes que se sucedem e evitar a todo o custo que algo aconteça à filha do Papa. Conseguirá Rafael ser uma vez mais bem-sucedido? Ou desta vez a Igreja Católica não será poupada?

Ler Excerto
Sobre autor:
Luís Miguel Rocha nasceu em 1976 na cidade do Porto, onde mora depois de ter residido dois anos em Londres. Foi repórter de imagem, tradutor e guionista. Atualmente, dedica-se em exclusivo à escrita.
A Filha do Papa é o seu sexto livro, depois de Um País Encantado (2005), O Último Papa (2006), Bala Santa (2007), A Virgem (2009) e A Mentira Sagrada (2011).
As suas obras estão publicadas em mais de 30 países e foi o primeiro autor português a entrar para o top do The New York Times. O Último Papa, bestseller internacional, vendeu mais de meio milhão de exemplares em todo o mundo.

www.luismiguelrocha.com | www.facebook.com/luismrocha
Imprensa:
Há por aí a moda de classificar os livros com estrelas. Cinco para os muito bons. Aos que li de Luís Miguel Rocha, não daria eu essas cinco, que são de pechisbeque e coitadinhas, mas as três com que a Michelin distingue a qualidade e o talento dos cozinheiros do topo. Porque não haja dúvida: no uso dos ingredientes, no preparo das cenas, no ritmo, no desenho dos personagens, no "cozinhar" do enredo, Luís Miguel Rocha é um grand chef.
José Rentes de Carvalho

Um mestre de contar histórias. Exímio a mostrar cada instante e cada pormenor, como se projetasse cinema na nossa imaginação. Este livro é um vírus. Domina-nos.
Valter Hugo Mãe

LMR tem um dom para arquitectar histórias fascinantes e criar personagens vivas, que se destacam das páginas e nos arrastam com elas a uma velocidade vertiginosa pelas ruas de Roma e os meandros do Vaticano. Nenhum pormenor é deixado ao acaso: a escrita é cuidada, a trama complexa e o ritmo viciante.
Tânia Ganho, escritora

Luís Miguel Rocha sabe tudo sobre Papas.
Jô Soares, humorista

Luís Miguel Rocha pega-nos pela mão e leva-nos numa viagem alucinante pelos meandros da Igreja e seus mistérios com uma escrita cativante e uma história envolvente que a cada página nos deixa a desejar mais e mais!
Paula Neves, atriz

Há duas coisas que não posso ter em casa: chocolates e livros novos do Luís Miguel Rocha. Que vício! Aperte o cinto e agarre-se, ele está de regresso!
Diogo Beja, locutor de rádio
Ler mais »

Novidades

A Missão da Sua Vida de Vera Faria Leal

23:30

P.V.P.: 13,85 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 224
Editora: Nascente
Cumpra a missão da sua vida!
Sobre a obra:
Vera Faria Leal é uma das mais reconhecidas formadoras e especialistas de Desenvolvimento Pessoal em Portugal, e vai ajudá-lo a descobrir e alcançar todo o seu potencial através de um método inovador e eficaz de autoconhecimento: WISDOM COACHING INTEGRAL®.

Com o inovador método WISDOM COACHING INTEGRAL® vai ser capaz de:
— Identificar onde se encontra no seu processo evolutivo.
— Clarificar aspirações.
— Desenvolver competências.
— Desbloquear a sua criatividade.
— Programar metas com sabedoria.

Em A Missão da Sua Vida, o leitor vai aprender a assumir o controlo da sua vida e a revelar a melhor versão de si mesmo através de um modelo inspirado na estrutura universal dos cinco elementos. Tire o máximo de proveito do seu potencial com a ajuda deste livro.
Sobre autor:
Vera Faria Leal é licenciada em Relações Internacionais. Escritora, tem várias obras editadas (incluindo no Brasil) assim como CD’s, e foi autora do primeiro DVD português de desenvolvimento pessoal. Faz Aconselhamento Astrológico e criou o Curso de Astrologia Vivencial no Centro Quíron. Diplomada por Louise Hay e convidada por Patrícia Crane, a continuadora do trabalho de L. H. no mundo (com quem co-facilitou curso em Inglaterra), para ser a Formadora de Facilitadores do Método Louise Hay, em Portugal, desde 2004. É mentora da comunidade de Hay Teachers em Portugal. Foi Consultora de Autoestima para o programa «Elas em Marte», na SIC Mulher, contando com diversas participações nos média. Formadora de Desenvolvimento Pessoal, criou o seu Método pessoal de Coaching Integral: WISDOM COACHING®. Investigadora de Psicologia Espiritual, criou um grupo de investigação do Divino Feminino onde se estudam os arquétipos da Alma Feminina e se redescobrem as deusas Lusitanas, de acordo com o repto que lhe foi lançado por uma sacerdotisa do templo da Deusa, em Avalon, Glastunbury. Fundadora em Portugal (2004) do movimento espiritual internacional: "Humanity`s Team - Juntos pela Humanidade", criado nos EUA por Neale Donald Walsch (autor de Conversas com Deus). 
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

A Confissão de John Grisham

15:19

P.V.P.: 15,93 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 464
Editora: Bertrand Editora
A poucos dias de ser executado, só um assassino o pode salvar.
Sobre a obra:
Em 1998, numa pequena cidade do Texas, Travis Boyette raptou, violou e estrangulou uma rapariga da sua escola. Enterrou o seu corpo para que nunca fosse encontrado e em seguida, assistiu com espanto à prisão e condenação de Donté Drumm, uma estrela local do futebol. O Corredor da Morte foi o seu destino.
Agora, nove anos depois, Donté está a quatro dias da sua execução e Travis, pela primeira vez na vida, decide fazer o que está certo e confessar. Mas como pode um homem culpado convencer advogados, juízes e políticos de que estão prestes a executar um homem inocente?

Ler Excerto
Sobre autor:
John Grisham, nasceu no Arkansas a 8 de fevereiro de 1955. Antes de se tornar escritor a tempo inteiro licenciou-se em Direito, exerceu advocacia e tornou-se profundo conhecedor do sistema jurídico americano. Inspirou-se na sua experiência profissional em toda a sua obra literária que se inicia em 1989 com a publicação de Tempo de Matar. É autor de vinte e três romances.
Com mais de 250 milhões de exemplares vendidos e traduzido para mais de 29 línguas, é um autor que ocupa permanentemente os lugares cimeiros nas listas dos livros mais vendidos. A sua enorme popularidade e a mestria da escrita fazem de John Grisham um autores com intensa atividade na escrita de guiões cinematográficos e de séries televisivas. 
Imprensa:
«Uma história cheia de suspense que agarra completamente o leitor.»
The Washington Post

«Um ritmo de mestre. O livro começa bem rápido e termina mais rápido ainda.»
Los Angeles Times

«Repleto de tensão, obstáculos legais e revelações chocantes.»
USA Today

«O melhor escritor de thrillers vivo»
Ken Follett
Ler mais »

Novidades

Refletida de Sylvia Day

15:06

P.V.P.: 14,94 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 328
Editora: 5 Sentidos
Número 1 nas listas de bestsellers
Depois de Rendida, a 5 Sentidos publica novo êxito de Sylvia Day, Refletida

Sylvia Day tem sido, ao longo dos últimos meses, líder das principais listas de vendas internacionais, graças aos livros da série Crossfire. Depois de Rendida, a 5 Sentidos publica, em Portugal, a 4 de março, o êxito Refletida. Neste tão esperado segundo livro, os leitores continuam a acompanhar a escaldante relação de Eva e Gideon.
As narrativas eróticas da série Crossfire foram descritas como «aventuras excitantes», pela Publishers Weekly, e «maravilhosamente divertidas», pela Booklist.
Sylvia Day é uma autora bestseller do The New York Times e várias vezes finalista do prémio RITA (da Romance Writers of America). Publicou em e-book, com grande sucesso, a trilogia Crossfire, que despertou o interesse das maiores editoras internacionais. Rendida, por exemplo, tem direitos vendidos para mais de trinta países e uma primeira tiragem, só nos Estados Unidos, de um milhão de exemplares.
Desde que foram publicados, os livros desta série têm conseguido, inclusivamente, ultrapassar a trilogia de As Cinquenta Sombras de Grey, nos primeiros lugares dos principais tops de vendas mundiais.
Sobre a obra:
Gideon Cross: tão bonito e perfeito por fora como atormentado e complicado por dentro. Ele enfeitiçou-me com uma paixão que me arrebatou e me despertou os prazeres mais secretos. Eu não conseguia, nem queria, ficar longe dele. Ele era o meu vício... o meu desejo... era meu. A minha história era tão violenta como a dele, e eu estava igualmente marcada pela vida. Nunca conseguiríamos ficar juntos porque era demasiado doloroso... exceto quando era inacreditavelmente perfeito. Nesses momentos, o desejo e o amor desesperado conduziam-nos a um estado de sublime insanidade. Gideon e eu estávamos a ultrapassar todas as fronteiras e a nossa paixão levar-nos-ia aos limites da doce e arriscada obsessão.

Ler Excerto
Sobre autor:
Sylvia Day é autora bestseller internacional de mais de uma dezena de romances premiados e traduzidos para 38 línguas. Nomeada para Goodreads Choice Award for Best Author, o seu trabalho foi também distinguido como Amazon’s Best of the Year Romance. Sylvia Day foi ainda galardoada com prémios prestigiantes como RT Book Reviews Reviewer’s Choice Award, além de ter sido duas vezes finalista do prestigiado Romance Writers of America.
Mais sobre a autora em:

www.sylviaday.com
facebook.com/authorsylviaday
twitter.com/sylday
Imprensa:
Finalmente – alguém mais sensual do que Christian Grey.
The Wall Street Journal
Ler mais »

Novidades

Porto Seguro de Danielle Steel

14:36

P.V.P.: 14,94 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 464
Editora: Bertrand Editora

Sobre a obra:
Uma história inesquecível de sobrevivência... de como duas pessoas que perderam tudo reencontram a esperança ... e dos atos extraordinários de fé e de coragem que motivam e mantêm as famílias juntas…
Com graça e compreensão Danielle Steel explora os laços ténues entre mães e filhas, maridos e esposas, membros da família e amigos ao longo da vida. Este romance leva-nos através da paisagem complexa da perda e do bem que também sempre surge associado às mais terríveis tragédias.
Em síntese, uma história de triunfo e uma elegia comovente para aqueles que sofrem e sobrevivem, Porto Seguro é, talvez, seu romance mais poderoso de afirmação da vida.

Ler Excerto
Sobre autor:
Escritora norte-americana, nascida em 1949, em Nova Iorque, autora de best-sellers no seu país e no estrangeiro. Escreve livros sobre dramas da realidade quotidiana ligados essencialmente ao amor, às relações conturbadas, à traição, à separação e ao sofrimento, mas com o sempre desejado desenlace feliz. Escreveu o seu primeiro livro em 1973, Going Home, mas só em 1978 alcançou a fama com The Promise, que se tornou um best-seller. A partir dessa altura, foi a consagração do seu reconhecimento como uma das grandes escritoras norte-americanas. As suas obras são best-sellers em mais de 45 países. Para além de literatura para adultos, escreveu também livros para crianças. Mãe de nove filhos, interessa-se pelo bem-estar das crianças em geral, participando com porta-voz da American Humane Association (AHA). Mais de vinte obras suas foram adaptadas a séries e filmes televisivos. Fazem parte do vasto conjunto das suas obras os seguintes títulos: "Family Album" (1985, "Álbum de Família"), "Jewels" (1992, "Jóias"), "Accident" (1994), "The Ranch" (1997, "O Rancho"), "Granny Dan" (1999, "A Avó Dan"), "The Wedding" (2000), "The Kiss" (2001) e "Sunset in St. Tropez" (2002). 
Imprensa:
«Um romance doce.»
Publishers Weekly

«Um romance calmo, pungente, de que é fácil gostar.»
Kirkus Reviews
Ler mais »

Novidades

Justin Bieber: O Príncipe da Pop de Sue McMillan

14:33

P.V.P.: 4,49 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 24
Editora: BookSmile
O livro fundamental para as fãs de Justin Bieber.
Sobre a obra:
Todos os pormenores sobre a maior estrela atual da pop: Justin Bieber.
Conhece os segredos do seu estilo brutal, apaixona-te com as maravilhosas fotografias do teu ídolo e descobre todas as revelações sobre a carreira e a vida do Justin.
Tudo isto e muito mais, neste livro perfeito para todas as fãs.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Morte com Vista para o Mar de Pedro Garcia Rosado

00:19

P.V.P.: 14,84 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 320
Editora: TopSeler

Sobre a obra:
Nas traseiras de uma moradia isolada nas Caldas da Rainha, um professor de Direito reformado aparece morto à machadada na casa onde vivia sozinho. Patrícia, inspetora-coordenadora da PJ, pede ajuda ao seu ex-marido Gabriel Ponte, antigo inspector da Polícia Judiciária, que assim regressa ao mundo da investigação criminal.
Meses antes, o professor tinha contactado Patrícia, sua antiga aluna e amante, para denunciar a existência de um esquema de corrupção e de lavagem de dinheiro em torno do projeto de um empreendimento turístico gigantesco nas falésias da costa atlântica.
As primeiras provas apontam para que este homicídio seja resultado de um affair com uma mulher casada, mas poderá o professor ter sido assassinado por saber demais?
Sobre autor:
Nasceu em Lisboa em 1955, residindo agora no concelho de Caldas da Rainha. Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras de Lisboa, foi jornalista e é também tradutor. Triângulo é o seu sétimo romance depois de A Cidade do Medo e Vermelho da Cor do Sangue (na série «Não Matarás»), A Guerra de Gil, O Clube de Macau, Ulianov e o Diabo e Crimes Solitários.
Imprensa:
«Fazem falta em Portugal policiais do estilo dos criados por Pedro Garcia Rosado. Contemporâneos, urbanos, despretensiosos, realistas, ou seja, que geram uma identificação e um vínculo com o leitor, que ali vê reflectidas nas páginas a realidade que vê nas páginas dos jornais e, principalmente, nas televisões.»
Rui Azeredo, Blogue Porta-Livros
Ler mais »

Novidades

O Leitor de Cadáveres de Antonio Garrido

00:13

P.V.P.: 16,92 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 504
Editora: Porto Editora
Cí Song, O Leitor de Cadáveres
Novo livro de Antonio Garrido apresenta- -nos o primeiro médico-legista da História

Antonio Garrido tornou-se um sucesso em Espanha e Portugal com o seu livro de estreia A Escriba, publicado pela Porto Editora em 2009. No dia 25 de fevereiro, os leitores portugueses ficarão a conhecer o seu novo thriller histórico, O Leitor de Cadáveres, inspirado numa personagem real, Cí Song, o primeiro médico-legista da História.
O Leitor de Cadáveres é uma leitura absorvente que, com um ritmo trepidante, nos oferece aventura e suspense a partir de uma história passada na fascinante China medieval. Este livro foi galardoado com o Prémio Internacional de Romance Histórico ‘Ciudad de Zaragoza’.
Sobre a obra:
Na antiga China, só os juízes mais sagazes atingiam o cobiçado título de «leitores de cadáveres», uma elite de legistas encarregados de punir todos os crimes, por mais irresolúveis que parecessem. Cí Song foi o primeiro.
Inspirado numa personagem real, O Leitor de Cadáveres conta a história fascinante de um jovem de origem humilde que, com paixão e determinação, passa de coveiro nos Campos da Morte de Lin’an a discípulo da prestigiada Academia Ming. Aí, invejado pelos seus métodos pioneiros e perseguido pela justiça, desperta a curiosidade do próprio imperador, que o convoca para investigar os crimes atrozes que ameaçam aniquilar a corte imperial.
Um thriller histórico absorvente, minuciosamente documentado, onde a ambição e o ódio andam de mãos dadas com o amor e a morte, na exótica e faustosa China medieval.

Ler Excerto
Sobre autor:
Antonio Garrido, nascido em Linares em 1963, estudou Engenharia Industrial e leciona na Universidade Politécnica e na Universidade CEU Cardenal Herrera, ambas em Valência.
O Leitor de Cadáveres foi muito bem acolhido pela crítica, tendo recebido o Prémio Internacional de Romance Histórico ‘Ciudad de Zaragoza’, um dos mais importantes galardões do género. O seu primeiro romance, A Escriba, figura já no catálogo da Porto Editora e obteve um enorme sucesso em Espanha, tendo sido traduzido para treze idiomas.
Imprensa:
É de louvar a ousadia do autor por se ter atrevido a recrear um mundo tão exótico e longínquo como a China do século XII, e conseguir fazê- -lo de forma tão magistral.
Agustín Sánchez Vidal

O Leitor de Cadáveres é um romance prodigioso, que irá certamente destacar-se no panorama literário atual.
El Correo Galego

Um romance ágil, que prende o leitor desde a primeira página.
Júri do Prémio Internacional de Romance Histórico ‘Ciudad de Zaragoza’
Ler mais »

Novidades

Dancin' Days de Vários | Clube do Livro SIC

00:04

P.V.P.: 13,49 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 240
Editora: Editora Guerra e Paz
Os segredos contados na primeira pessoa, pelas próprias personagens e pelos actores.
As razões, as histórias que só eles conhecem
Sobre a obra:
Júlia fala-nos da complicada relação que tem com a irmã Raquel, de como foi estar presa, do que sente por Duarte...
Duarte fala-nos do seu amor por Júlia e da relação com a mãe, que o sufoca. Raquel explica-nos porque deixou que Júlia assumisse a culpa do atropelamento que ela cometeu, e do que sente por Mariana, Zé Maria e Hugo.
Mariana explica-nos a desilusão que teve com Guilherme e os sonhos que tem para o seu futuro e para o de Carolina.
Aníbal assume a sua homossexualidade.
Áurea aprende a lidar com a bipolaridade.
Inês descobre que tem depressão pós-parto.
Toxicodependência. Sexo. Crise. Amor. Todos os ingredientes que agora se desvenda neste livro.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

E Tudo Acabou em 69 de Vários

23:54

P.V.P.: 12,60 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 184
Editora: Editora Guerra e Paz
Esta é a história – curta e cheia de grandes histórias – da Filarmónica Fraude, uma banda de rock portuguesa que marcou o fim dos anos 60 com um disco profundamente revolucionário, cuja real importância só agora começa a ser verdadeiramente entendida.
Sobre a obra:
Na recta final dos anos 60, quando o mundo ardia na fogueira ideológica de uma juventude global que recusava as normas de antanho e elegia os Beatles como os donos dos novos hinos, cinco futuros homens cruzaram-se em Tomar e criaram a Filarmónica Fraude no país orgulhosamente só. O futuro haveria de lhes trazer vidas muito diversas: um tornar-se-ia engenheiro, outro musicólogo, outro ainda professor de educação física, outro escritor de livros, produtor musical e autor de letras de tantas canções que todos aprendemos, enquanto o quinto elemento seguiria viagem pelo mundo fazendo o que o mundo lhe pedia.
Mas por breves instantes, em 1969, ano de pegadas na Lua, outra Epopeia foi desenhada num estúdio de Lisboa e feita disco que o futuro haveria de reclamar. E cá estamos.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Clube dos Livros

Mas... Afinal qual é o valor de um blogue?

12:42

Fica a minha questão, aberta para uma longa e boa discussão

Qual o valor de um blogue?

Qual o valor de um blogue literário para uma editora?
Qual o valor de um blogue como... o meu e mais alguns (poucos) que por aí há?!
Ler mais »

Novidades

Os Alferes de Mário de Carvalho

14:57

P.V.P.: 12,96 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 120
Editora: Porto Editora
Três sobressaltos da literatura portuguesa
Os Alferes, de Mário de Carvalho, junta três contos num palco de guerra

Após o êxito de O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel, publicado pela Porto Editora em setembro de 2012, chega agora o momento de reeditar a obra completa de Mário de Carvalho, a começar com Os Alferes. Este livro, que regressa às livrarias a 18 de fevereiro, reúne três contos protagonizados por jovens oficiais do Exército num palco de guerra ou ocupação colonial.
O primeiro conto, «Era uma vez um Alferes», foi adaptado duas vezes para cinema (pelos realizadores Luis Filipe Costa e Júlio Alves) e uma vez para teatro (Il était une fois un souslieutenant, por Otile Ehret). Os Alferes foi publicado no Brasil, França e Itália, país onde recebeu o Prémio Internazionalle Città di Cassino.
Sobre a obra:
Numa distante picada de África, um jovem alferes vê-se confrontado com um dilema de vida ou de morte e com o absurdo da própria guerra.
No Leste de Angola, urde-se uma trama de sedução, ciúme, traição e morte.
Num Timor mítico, ecoam os feitos e os sofrimentos da saga universal dos portugueses.
Três histórias onde um fio de humor, não raro amargo, percorre todas as cenas, mesmo as mais violentas ou sombrias.
Três narrativas, três sobressaltos, três momentos ímpares da literatura portuguesa.

Ler Excerto
Sobre autor:
Mário de Carvalho nasceu em Lisboa em 1944. Licenciou-se em Direito e viu o serviço militar interrompido pela prisão. Desde muito cedo ligado aos meios da resistência contra o salazarismo, foi condenado a dois anos de cadeia, tendo de se exilar após cumprir a maior parte da pena. Depois da Revolução dos Cravos, em que se envolveu intensamente, exerceu advocacia em Lisboa. O seu primeiro livro, Contos da Sétima Esfera, causou surpresa pelo inesperado da abordagem ficcional e pela peculiar atmosfera, entre o maravilhoso e o fantástico. Desde então, tem praticado diversos géneros literários –
romance, novela, conto e teatro –, percorrendo várias épocas e ambientes, sempre em edições sucessivas. Utiliza uma multiforme mudança de registos, que tanto pode moldar uma narrativa histórica como um romance de atualidade; um tema dolente e sombrio como uma sátira viva e certeira; uma escrita cadenciada e medida como a pulsão duma prosa endiabrada e surpreendente.
Nas diversas modalidades de Romance, Conto e Teatro, foram atribuídos a Mário de Carvalho os prémios literários portugueses mais prestigiados (designadamente os Grandes Prémios de Romance, Conto e Teatro da APE, o prémio do Pen Clube e o prémio internacional Pégaso). Os seus livros encontram-se traduzidos em várias línguas. Obras como Os Alferes, A Inaudita Guerra da Avenida Gago Coutinho, Um Deus Passeando pela Brisa da Tarde, ou O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel são a comprovação dessa extrema versatilidade.

Para mais informações sobre o autor, visite o site www.mariodecarvalho.com
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

Nome de Toureiro de Luis Sepúlveda

14:54

P.V.P.: 12,96 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 184
Editora: Porto Editora
O inesperado «romance negro» de Luis Sepúlveda
Nome de Toureiro regressa às livrarias no dia 18 de fevereiro

Luis Sepúlveda surpreendeu os seus leitores quando publicou, há cerca de dez anos, Nome de Toureiro, uma história sobre caçadores de tesouros do tempo do Terceiro Reich, num estilo que se distinguia da restante obra do autor. Este livro, que vai ser reeditado pela Porto Editora a 18 de fevereiro, apresenta-nos uma intriga repleta de ação, segredos e ladrões que roubam ladrões.
Ao longo da narrativa, dois caçadores do tesouro, rivais, entram numa corrida que vai desde a Alemanha até à Terra do Fogo, no Chile, onde a fortuna se encontra escondida. Contudo, até alcançarem a meta, terão de ultrapassar vários obstáculos e colocar em confronto os valores por que se regem.
Sobre a obra:
Durante os anos sombrios do nazismo, desaparece da prisão de Spandau um valiosíssimo conjunto de moedas de ouro. Quase cinquenta anos depois, caído o muro de Berlim, dois personagens obscuros mas poderosos, com um passado político duvidoso, contratam, cada um por seu lado, dois «antigos combatentes», desempregados profissional e ideologicamente, para que partam em busca do tesouro roubado. Um, Belmonte, o que tem nome de toureiro, aceita o encargo por amor a Verónica; o outro, Frank Galinsky, aceita-o por um velho hábito de obediência militante cujo ideal é agora o de enriquecer «como todos os outros».
Mas o tesouro ainda existe? Belmonte e Galinsky chegarão a enfrentar-se? Nos tempos implacáveis que são os nossos, vencerá o amor ou a cobiça?
Com Nome de Toureiro, Luis Sepúlveda confirmou-se como um admirável «contador de histórias», oferecendo-nos um inesperado «romance negro» que tem como pano de fundo uma profunda reflexão sobre as ideologias autoritárias.

Ler Excerto
Sobre autor:
Luis Sepúlveda nasceu em Ovalle, no Chile, em 1949. Da sua vasta obra (toda ela traduzida em Portugal), destacam-se os romances O Velho que Lia Romances de Amor e História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar. Mas Mundo do Fim do Mundo, Patagónia Express, Encontros de Amor num País em Guerra, Diário de um Killer Sentimental ou A Sombra do que Fomos (Prémio Primavera de Romance em 2009), por exemplo, conquistaram também, em todo o mundo, a admiração de milhões de leitores.
No catálogo da Porto Editora (que publicará toda a sua obra) figuram já A Lâmpada de Aladino, O Velho que Lia Romances de Amor, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar, A Sombra do que Fomos, Histórias Daqui e Dali, Patagónia Express, As Rosas de Atacama e Últimas Notícias do Sul.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

O Príncipe Mecânico Caçador de Sombras - As Origens - Livro 2 de Cassandra Clare

22:12

P.V.P.: 16,97 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 368
Editora: Editorial Planeta
Os Caçadores de Sombras estão de volta com o segundo livro da nova trilogia da segunda série.

Uma obra incontornável da literatura fantástica, dirigida a um público urbano e adulto, que mergulha o leitor num universo que combina cenários cosmopolitas e modernos com as lutas ancestrais entre anjos e demónios.

A série mereceu já a aprovação internacional do público, da crítica e os elogios de Stephenie Meyer, autora de Crepúsculo :
«A série Os Caçadores de Sombras é um mundo onde adoraria viver. Fantástico!»

O sucesso de vendas desta série best-seller de fantasia urbana garantiu já a sua passagem para o cinema. O filme A Cidade dos Ossos - baseado no primeiro volume da série - será apresentado no Festival de Cinema de Cannes e a estreia está marcada para Agosto nos EUA.

Caçadores de Sombras
. 40 semanas no top de best-sellers do New York Times
. Best-seller do USA Today
. Best-seller do Wall Street Journal
. Best-seller do Publishers Weekly
. Dois milhões de exemplares impressos
. Traduzido em mais de 25 línguas.
Sobre a obra:
No submundo mágico da Londres vitoriana, Tessa Gray encontrou por fim a segurança com os Caçadores de Sombras.

Mas esta torna-se efémera quando forças desonestas na Clave se revelam para destruir a sua protectora, Charlotte, e substituí-la como chefe do Instituto.

Se Charlotte perder a sua posição, Tessa será posta na rua – e presa fácil para o misterioso Magister, que deseja usar os poderes de Tessa para os seus fins obscuros.

Com a ajuda do bonito e autodestrutivo Will e do devotado e dedicado Jem, Tessa descobre que a guerra do Magister contra os Caçadores de Sombras é pessoal.

Quando encontra um demónio mecânico com um aviso de Will, apercebe-se que o Magister sabe de todos os seus movimentos… e que um deles os traiu.

Tessa descobre que o seu coração está cada vez mais atraído por Jem, apesar do seu anseio por Will e dos sombrios estados de alma que continuam a abalar a sua confiança.

Mas algo está a mudar em Will… a parede que construiu à sua volta desmorona-se.

A verdade leva os amigos para o perigo, e Tessa descobre que quando o amor e mentiras se misturam podem corromper até o coração mais puro.
Sobre autor:
Cassandra Clare nasceu no Irão e passou os primeiros anos a viajar pelo mundo com a família e vários baús cheios de livros de fantasia, entre os quais As Crónicas de Nárnia.
Mais tarde, trabalhou como jornalista em Los Angeles e Nova Iorque. Cassandra Clare vive em Massachusetts com o marido, os gatos e ainda mais livros.
Caçadores de Sombras é o título da trilogia que começou com A Cidade dos Ossos, uma fantasia urbana povoada por vampiros, demónios, lobisomens, fadas, e que é um autêntico romance de acção explosiva.
Imprensa:
«A atmosfera onde se encontra Clare está influenciada, em partes iguais, pelo terror gótico e a tendência para a fantasia moderna de Neil Giam. Os mais fervorosos fãs de terror ficarão rendidos perante esta trilogia.»
Publishers Weekly

«Cassandra Clare, a herdeira de Stephanie Meyer, impõe-se na literatura fantástica para jovens adultos e promete continuar a construir uma mitologia própria em que ressoem todas as culturas do mundo e onde todos possam reconhecer um pouco de si.»
Diário de Notícias 
Ler mais »

Novidades

As Recordaçoes de Edna de Sam Savage

21:50

P.V.P.: 13,95 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 184
Editora: Editorial Planeta
Do aclamado autor de Firmin e O Grito da Preguiça, um novo e fascinante romance, como já nos habitou o mestre da escrita, Sam Savage.

Um livro intimista que aborda a temática do processo criativo, do pânico da página em branco, das recordações e da forma como os narrar, com a premissa da solidão.

O terceiro livro, editado pela Planeta, do autor-fenómeno que se estreou aos 65 anos com o best-seller Firmin..
Sobre a obra:
Sam Savage criou personagens que fascinaram o mundo.

Em As Recordações de Edna, o autor regressa, mais uma vez, com uma personagem marcada pela contradição – ao mesmo tempo atraente e exasperante, cómica e trágica.

O livro transporta-nos ao campo de batalha interior de um autor frente à sua máquina de escrever.

Quando uma editora lhe solicitou que escrevesse um prefácio ao romance do seu falecido marido, Edna decide escrever um livro autónomo «não apenas sobre Clarence mas também sobre a minha vida, porque ninguém pode aspirar a conhecer Clarence sem isso».

Ao mesmo tempo, a vizinha pede-lhe que tome conta do seu apartamento repleto de plantas e animais. As exigências dos seres vivos – uma ratazana, peixes, fetos – competem pela atenção de Edna com recordações há muito reprimidas.

Dia após dia, páginas de pensamentos aparentemente aleatórios brotam da sua máquina de escrever.

A pouco e pouco, toma forma no mosaico de memórias a história de um casamento notável e de uma mente levada ao limite. Serão as recordações de Edna uma homenagem ao marido ou um acto de vingança?

Terá sido a vítima culta e hipersensível de um marido bruto e ambicioso, ou terá ele tido que cuidar de uma mulher neurótica?

Cabe ao leitor decidir.
Sobre autor:
Sam Savage é doutorado em Filosofia pela Universidade de Yale, onde leccionou algum tempo. Abandonou o ensino para se dedicar a outras actividades. Trabalhou como mecânico de bicicletas, pescador profissional e impressor tipográfico.

Aos 65 anos estreou-se na literatura com Firmin (Planeta, 2009), uma obra carismática, que alcançou rapidamente um grande êxito em todo o mundo, a que se seguiu O Grito da Preguiça (Planeta, 2010).
Sam Savage foi finalista dos Prémios Barnes & Noble Discover Great New Writers Award, do PEN L.L. Winship Award e Society of Midland Writers Award.

Natural da Carolina do Sul, vive em Madison, Wisconsin.
Imprensa:
«Este livro, que se lê como uma espécie de cruzamento entre The Motion of Light in Water, de Samuel R. Delany, e The Wall, de Marlen Hausuhofer, e aborda a verdade fundamental da memória e a tarefa heróica da solidão, é uma obra original e irresistível. Recomenda-se vivamente.»
Library Journal

«Este é um livro verdadeiramente belo. Tal como em todos os seus romances, a escrita de Sam Savage é intrinsecamente verdadeira e pura e de grande qualidade poética. Se há actualmente um escritor americano vivo que deve ser ainda mais apreciado, esse escritor é Sam Savage. Quer técnica quer estilisticamente, Savage é um verdadeiro mestre da escrita.»
Independant Publisher

«Sam Savage é emocionante no uso de uma linguagem cadenciada e na caracterização irrepreensível da excêntrica e exasperante Edna, a evocativa, poética e convincente personagem principal».
The New York Review of Books
Ler mais »

Novidades

Marginal de Cristina Carvalho

21:34

P.V.P.: 13,95 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 152
Editora: Editorial Planeta
Depois de A Casa das Auroras, o romance que marcou a estreia da autora na Planeta, uma vez mais, a voz literária de Cristina Carvalho arrasta-nos para um território humano que não se rende às conveniências, nem às evidências.
Uma voz sempre aberta ao inesperado e que nos surpreende a cada história para a qual nos convida a entrar.

Um enredo intrigante, que leva à descoberta de um passado insuspeitado e de uma época onde a liberdade sexual se começou a afirmar e as mulheres começaram a conquistar a sua independência na sociedade portuguesa.
Sobre a obra:
Um dia, quando ela, a minha sogra, se preparava para ir para a praia com o seu belo fato de banho preto com rosas verdes e saiote compreensivo e vestida por cima com um vestido próprio de ir para a praia, calçada com sandálias brancas de salto alto próprias para ir para a praia e um chapéu de pano cheio de flores coladas, também de pano, próprio para ir para a praia e uns grandes óculos escuros, perguntei-lhe:

«Gosta desse seu fato de banho? Gosta mesmo? Da saiazinha a tapar as pernas e o desenho do rabo?»

Ela parou entre portas, tirou os óculos escuros e olhou para mim com o ar mais triste deste mundo e, com a boca praticamente fechada, murmurou qualquer coisa parecida com isto: «Sabes o que é que eu gostava mesmo? Era de me enterrar completamente nua na areia e sentir a areia húmida nas pernas, que me chegasse até às coxas, até às ancas e que eu me deixasse enterrar tanto e tanto e tanto que pudesse desaparecer para nunca mais ser vista…»

Isto disse a minha sogra entre portas. E saiu.

Uma mulher e um achado assombroso que revela instantâneos de uma juventude enterrada na rotina dos dias. Um passado vivido ao longo dessa emblemática estrada que liga a dourada sociedade da Linha de Cascais à cidade de Lisboa. Onde começa a margem e termina o «dever ser» para uma jovem portuguesa, nas décadas de 50 a 70 do século passado? Pode uma dúzia de imagens de um passado rebelde abalar a calma de um presente sem cor? Uma vez mais, a voz literária de Cristina Carvalho arrasta-nos para um território humano que não se rende às conveniências, nem às evidências. Uma voz sempre aberta ao inesperado e que nos surpreende a cada história para a qual nos convida a entrar.
Sobre autor:
Cristina Carvalho nasceu em Lisboa a 10 de Novembro de 1949.
Durante a sua actividade profissional, contactou com milhares de pessoas e visitou inúmeros países, sendo a Escandinávia e o Oeste português as regiões que mais ama e que mais influência exercem sobre o seu imaginário e a sua personalidade enquanto transitório ser humano do sexo feminino, habitante do planeta Terra e, por acaso, escritora.
Não por acaso, nesta sua actividade a que não chama profissional, é já autora de onze livros, com o presente, e outros se seguirão.

Até à data, tem publicados: Até já não É Adeus (1989); Momentos Misericordiosos (1992); Ana de Londres (1996); Estranhos Casos de Amor (2003); O Gato de Uppsala (2009); Nocturno: o Romance de Chopin (2009) e Lusco-Fusco (2012) (os três últimos seleccionados para o Plano Nacional de Leitura); Tarde Fantástica (2011); A Casa das Auroras (2011); Rómulo de Carvalho/António Gedeão – Príncipe Perfeito (2012).
Imprensa:
«Cristina Carvalho tem uma grande e rara qualidade, a sua escrita fogosa e cativante arrasta-nos com ela.»
Manuel da Silva Ramos

«A actual ficção portuguesa conta com nomes que têm merecido o reconhecimento da crítica internacional. Neste panorama de novos autores, a obra da escritora Cristina Carvalho […] tem-se destacado pela sua originalidade e escrita envolvente.»
Vítor Quelhas

«Cristina Carvalho tem um talento assimétrico para as vidas simples, que conta e reconta como quem desfia rosários onde o caruncho beijou cada mistério.»
Fátima Maldonado

«Que as histórias são muito mais do que narrativas, do que sons e imagens que nos ocupam a imaginação enquanto ouvimos e lemos o recitar colorido das palavras, intuíamo-lo há muito. Mas uma coisa é sabê-lo, outra senti-lo a vibrar em nós…ou a ronronar, se a escritora e o seu gato não levarem a mal.»
Luísa Mellid-Franco
Ler mais »

Novidades

Eu Cómico: O Maior Maluco do Riso! de James Patterson

21:29

P.V.P.: 12,95 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 320
Editora: TopSeller
Foi com a coleção Escola: Os Piores Anos da Minha Vida, publicada em Portugal também pela Booksmile, que James Patterson se iniciou no fantástico mundo da escrita para o público infantojuvenil. O sucesso foi tal, com os dois títulos a escalarem até ao topo de vendas do New York Times, que o autor mais bem sucedido em todo o mundo adotou as crianças como o seu público preferido.

Eu Cómico (I Funny), lançado em dezembro de 2012 nos EUA, chega agora às livrarias portuguesas (14,39€) com o carimbo, claro, de bestseller, ou não fosse o seu autor o recordista de bestsellers do New York Times, com 64 títulos (19 dos quais consecutivos), tendo vendido mais de 250 milhões de livros em todo o mundo. Feitas as contas, os livros de James Patterson já renderam mais de 4 mil milhões de dólares. Um valor superior aos lucros de Avatar, um dos filmes mais lucrativos na história do cinema. Os impressionantes números de James Patterson não páram por aqui, mas já lá voltamos.

Isto porque a estrela desta vez é Jamie Grimm, protagonista de Eu Cómico. E é uma estrela o que Jamie quer ser, em cima de um palco, a fazer stand up comedy. Preso a uma cadeira de rodas, a viver com os tios e um primo armado em bully, a atual vida de Jamie não é feita de grandes gargalhadas. Mas ele consegue dar a volta por cima, agarrando-se ao sonho de ser um grande comediante. Jamie decidiu meter-se numa missão louca e quase impensável: vencer o concurso de «O Miúdo Mais Cómico do Mundo».

«E haverá melhor forma de ir treinando do que provocar gargalhadas nos outros? As cobaias são a minha família de totós (que não sabem o que é rir), o meu tio e os clientes do seu restaurante (eles são bué cómicos!), o bully da escola (que por acaso vive em minha casa…) e uma pessoa maravilhosa, a quem chamo «a Miúda Fixe».

Mas irão os juízes premiá-lo simplesmente por estar numa cadeira de rodas? E irá Jamie algum dia revelar o seu passado conturbado, ou irá continuar a esconder-se por detrás das suas piadas có-có-micas? Um livro imperdível!
Sobre a obra:
Olá! Eu sou o Jamie Grimm e faço piadas có-có-cómicas! Este ano, resolvi meter-me numa missão louca e quase impensável: vencer o concurso «O Miúdo Mais Cómico do Mundo». E haverá melhor forma de ir treinando do que provocar gargalhadas nos outros? As cobaias são a minha família de totós (que não sabem o que é rir), o meu tio e os clientes do seu restaurante (eles são bué cómicos!), o bully da escola (que por acaso vive em minha casa…) e uma pessoa maravilhosa, a quem chamo «a Miúda Fixe». Será que eles me vão ajudar a vencer?
Pega neste livro, e parte o coco a rir!
Sobre autor:
James Patterson foi o autor mais bem sucedido em 2011/12, tendo amealhado 94 milhões de dólares, mais do dobro de Stephen King (Forbes). Os direitos dos seus livros já foram vendidos para 43 países, estão editados e a ser vendidos em mais de 100. Mais de 3,6 milhões de fãs seguem o autor no Facebook.
Para além das série infantojuvenis, James patterson é o autor da coleção juvenil Maximum Ride e dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos 25 anos dentro do género, ambos publicados pela Topseller, uma chancela da 20I20 Editora que vai manter uma forte aposta em James Patterson, em 2013.
Imprensa:
«Referring to the fact that he requires a wheelchair, Jamie challenges readers: “So, can you deal with this? Some people can. Some can’t.” Frequently quoting his favorite comedians, Jamie reflects on life, using his forthright observations to hone his own comedic skills. Jamie relies on his quick wit and sometimes-audacious jokes to deflect inquiries about his circumstances. Recently adopted by his aunt, Jamie’s new family includes Stevie, a bully whose callous cruelties often take advantage of Jamie’s physical condition. Seeking refuge at his Uncle Frankie’s diner, Jamie regales the customers with his humor. Uncle Frankie’s suggestion that Jamie enter a local comedy competition tests Jamie’s determination to become a comedian. Patterson and Grabenstein balance Jamie’s humor with a poignant storyline. Through Jamie’s evolving relationship with the intriguing Suzie, aka Cool Girl, readers learn about his devastating loss and recovery from a tragic event. Park’s humorous spot illustrations complement the text.The affecting ending, which reveals a more vulnerable Jamie behind the guise of his humor, celebrates Jamie's resilient spirit.»
Kirkus Review

«A brimming bucket of bada-bing!"
Booklist 
Ler mais »

Passatempo

Resultado Passatempo - Amor 14 de Federico Moccia

21:11

Olá a todos! :-)

Tínhamos para oferta 1 exemplar do livro:

Este passatempo só foi possível graças ao apoio da Bertrand Editora, muito obrigado pelo apoio, mais uma vez!

Muito obrigado a todos os 266 participações.

O vencedor deste passatempo é:

* 154 - Sara Amaral - Oliveirinha


Muitos Parabéns! Ao vencedor, enviei um e-mail de confirmação a pedir a morada para envio do prémio.
Quem não ganhou desta vez, não desanime e continuem a participar.
Irão continuar a aparecer novidades!

Cumprimentos a todos e boas leituras!
Clube dos Livros
Ler mais »

Novidades

O Elefante de Marfim de Nerea Riesco

23:59

P.V.P.: 17,91 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 488
Editora: Bertrand Editora
Uma história de amor, aventura e intriga na Sevilha de finais do século XVIII que mostra que as grandes decisões são as que se tomam com o coração.
Sobre a obra:
O terramoto de 1755 decidiu o destino de dona Julia, a jovem viúva e proprietária da mais célebre tipografia de Sevilha. Nesse dia 1 de novembro, encontra-se na catedral a honrar a memória dos mortos quando tudo em seu redor começa a tremer. O facto de sobreviver àquele desastre parece ter despertado nela os seus sonhos mais íntimos e, horas mais tarde, não hesita em entregar-se àquele que haveria de ser o grande amor da sua vida, León de Montenegro...

Ler Excerto
Sobre autor:
Basca de nascimento, vive atualmente em Sevilha. Jornalista de formação, é cronista no El País, dá aulas de Rádio na Faculdade de Comunicação de Sevilha, é professora de Escrita Criativa na Academia Arteaula e participa ainda na locução/produção de programas de rádio.
Publicou a sua primeira obra, Ladrona de almas, em 2002; dois anos mais tarde, o seu romance El País de Las Mariposas destacou-a entre as jovens promessas da literatura em língua castelhana, tendo ganho o IX Premio Ateneo Joven de Romance de Sevilha.
A Paixão Secreta do Inquisidor, o seu anterior romance, veio consolidar a sua carreira e encontra-se já editado em várias línguas.

http://www.nereariesco.com/
Imprensa:
«Uma recriação magnífica da Sevilha do século XVIII»
Ildefonso Falcones
Ler mais »

Novidades

Dois Anos e Uma Eternidade de Karen Kingsbury

23:56

P.V.P.: 13,94
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 224
Editora: TopSeller

Sobre a obra:
Molly Allen vive sozinha em Portland. Na memória guarda os momentos felizes que viveu na livraria A Ponte — a mais antiga livraria no centro histórico de Franklin, com um homem que deixou para trás cinco anos antes. O amor que os uniu era de uma espécie rara, arrebatadora, que ela não voltou a encontrar desde então.

Ryan Kelly é músico e vive em Nashville. Depois de um noivado falhado e de vários anos em digressão, também ele tem dificuldade em reencontrar a felicidade. Por vezes, quando se sente mais solitário, regressa à livraria e recorda as horas que partilhou secretamente com Molly.

Charlie e Donna Barton são os donos da livraria A ponte, e durante quatro décadas partilharam com os clientes o amor pela leitura. Mas quando a cidade é atingida pelas cheias, Charlie entra em desespero. Sente-se prestes a perder as duas paixões da sua vida: a livraria, que construiu e acarinhou ao longo dos anos, e a mulher, Donna, que não mais conseguirá sustentar. Quando a tragédia acontece, leva a um reencontro inesperado entre Molly e Ryan.
Sobre autor:
Karen Kingsbury, autora bestseller do New York Times e do USA Today, é uma das escritoras preferidas do público americano.
Com mais de 50 romances escritos, e vencedora de inúmeros de prémios, já vendeu mais de 20 milhões de exemplares, atingindo consecutivamente o n.º 1 de vendas dos tops americanos.
A sua escrita, caracterizada como comovente e inspiradora, vale-lhe regularmente convites das grandes estações de televisão americanas, aparecendo em programas como Today Show, Fox News, USA Today, entre tantos outros.
Enquanto oradora, Karen participa regularmente em eventos, falando com mais de 100 000 mulheres todos os anos.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

O Livro dos Escuteiros de Fabrice Colin

23:52

P.V.P.: 14,31 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 312
Editora: Oficina do Livro
100 anos da AEP – 90 anos do CNE.
Sobre a obra:
A Associação de Escoteiros de Portugal, a mais antiga organização juvenil portuguesa, alcança um século de existência em 2013; o Corpo Nacional de Escutas, de inspiração católica, atinge os noventa. Nesta época de celebrações, estão de parabéns todos os membros portugueses do movimento fundado pelo visionário Baden-Powell.

Esta é uma homenagem ao espírito de fraternidade, aventura e superação individual que é seguido activamente por cerca de oitenta mil pessoas em Portugal - e perto de 30 milhões no mundo inteiro. Representantes de diferentes gerações do CNE e da AEP partilham memórias, experiências, aprendizagens e reflexões numa obra que, atravessando a História e registando curiosidades ligadas a este fenómeno universal, capta os valores essenciais de um movimento que é, acima de tudo, um modo de vida.

Um livro indispensável para escuteiros e escoteiros. E para todos aqueles que queiram juntar-se a esta grande família.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Passatempo

Passatempo - Acácia - Outras Terras de David Anthony Durham

23:27

Olá a todos!
O Clube dos Livros tem um passatempo com apoio da Saída de Emergência.

Temos para oferta 1 exemplar


Acácia - Outras Terras de David Anthony Durham

O passatempo terminará Sábado dia 15 às 23:59h (daí só serão aceites as participações feitas até essa hora/data), o vencedor será anunciado aqui no blogue e contactado via e-mail após realização de sorteio e publicação do resultado.


O vencedor será sorteado aleatoriamente, na mesma aplicação (com suporte do random.org) que se realizaram anteriores sorteios de passatempos aqui do blogue, entre os que preencham todos os dados pedidos do formulário abaixo.


Importante:

_ Só será aceite uma participação por pessoa e e-mail;

_ Só serão aceites participações de pessoas residentes em Portugal (Continente e Ilhas);

_O envio do prémio não contém qualquer encargo ou custo ao vencedor; Também não somos responsável por quaisquer danos, extravio ou não recepção do mesmo.

_ Em caso de não concordar com algum dos pontos referidos, deverá abster-se de participar.

Só me resta desejar boa sorte!


Passatempo Terminou
Ler mais »

Novidades

De Olhos Fechados de Eve Berlin

22:50

P.V.P.: 14,31 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 280
Editora: Quinta Essência
Se não for ao limite, como saberá até onde pode ir?
Sobre a obra:
Alec Walker é um escritor de thrillers psicológicos sombrios - e um homem que vive para as suas emoções. Desde motos a skidiving, passando por nadar com tubarões, a sua busca incessante de prazer e excitação não tem fim. Essa busca estende-se também às suas relações pessoais, onde nenhuma regra limita os seus desejos. A única coisa que Alec teme é o amor - e permitir que outra pessoa o conheça realmente.

Enquanto faz investigação para um livro sobre extremos sexuais, Dylan entrevista Alec - e anseia por saborear a tentação que ele lhe oferece. No entanto, Alec é um dominador famoso e ela recusa entregar-lhe o controlo. Lenta e sedutoramente, Alec mostra-lhe que ao entregar-se-lhe de forma incondicional e submeter-se a todos os seus desejos, ela poderá experimentar o derradeiro prazer. Porém, para poder ficar com a mulher que pela primeira vez o faz ajoelhar, será Alec capaz de correr o maior de todos os riscos e entregar o seu coração?

Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal vê-se numa situação tentadora enquanto evita entregar-se ao sentimento que nasce entre eles.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Follow on Facebook