Dark Lord, o Senhor das Trevas 2: Que Susto de Miúda de Jamie Thomson

23:00

P.V.P.: 11,99 € 
Data de Edição: 2014
Nº de Páginas: 448
Editora: BookSmile
Olá, humano insignificante! Este volume impressionantemente fantástico e assombroso foi escrito por mim, Dark Lord, o Senhor das Trevas, t.c.c. (também conhecido como) Duarte Lopes. O meu arqui-inimigo enviou-me para o vosso mundo enfiado no corpo de um adolescente, o maior insulto que se poderia fazer a um ser superior como eu! Por isso preparem-se, pois a minha vingança será brutal! (Mal acabe os trabalhos de casa, claro…).

Foi assim que O Senhor das Trevas, personagem d ​a​ premiada coleção britânica, se apresentou aos jovens leitores portugueses em 2013. Pois bem... Ele está de volta com novas aventuras em Dark Lord, o Senhor das Trevas 2: Que Susto de Miúda, já à venda em todo o país.
Sobre a obra:
Eu sabia que voltavas, criatura! Não conseguiste resistir ao meu magnífico poder e cá estás tu a querer saber mais sobre a minha fascinante passagem por este teu mundinho miserável! És tão previsível…

A verdade é que eu continuo preso nesta terra de gente insignificante e a Sus está no meu mundo a destruir tudo o que eu criei. Onde é que já se viu uma Torre de Ferro do Desespero em cor de rosa?
​​Mas ela nem sabe o que a espera… E tu, queres saber? ENTÃO COMPRA JÁ ESTE LIVRO! Ainda aí estás? Despacha-te, senão eu irrito-me, e depois…

À semelhança da coleção Tom Gates, igualmente editada pela Booksmile, Dark Lord foi agraciada com o prémio Roald Dahl Funny Prize, o mais importante prémio britânico de humor para crianças. A editora origin​al​ caraterizou o livro como «uma mistura d’O Diário de um Banana e o Senhor dos Anéis».
Sobre autor:
Jamie Thomson nasceu em Inglaterra, em 1958. Além de escritor, é também editor e criador de videojogos. É autor de vários romances infantojuvenis com estilos bastante heterogéneos, entre os quais se contam o Fantástico e a Ficção Científica.

A série Dark Lord, que tem como personagem um Senhor das Trevas preso no corpo de um rapaz de dez anos, tem alcançado um êxito estrondoso nos países onde já foi publicada, tanto pelo sentido de humor hilariante e cheio de jogos de linguagem, como pelo género de aventura dinâmica e quase interactiva que propõe.
Imprensa:
« Dark Lord é um maravilhoso absurdo sobre seres de outro planeta.»
Roald Dahl Funny Prize

«Muito divertido, muito tolo... Um conceito brilhante.»
Bookseller

«Um dos mais originais livros juvenis do ano.»
Daily Express

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook