Opinião - "Sinto-te" de Irene Cao | Suma de Letras

23:33


mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
Sinto-te é o segundo livro da trilogia de Irene Cao. Continuamos a acompanhar a jovem Elena, que deixou Veneza para trás e agora vive em Roma, mantém a sua profissão agora num novo projecto, onde conhece um estudante que visita todos os dias o local de trabalho da mesma, e que me deixou a pensar quando é que eles se engatam… contudo, apesar de me parecer que tal ia acontecer, a autora  criou uma Elena mais apaixonada e cheia de certezas daquilo que pretende com Filippo, apresentando-se de certa forma mais romântica, deixando Leonardo num lugar bem remoto do seu coração. Sim é verdade, no seu coração, porque ao sentir o seu cheiro, ao vê-lo novamente a sua alma não tem sossego, o seu desejo ardente e amor voltam à cena e apoderam-se dela.
Portanto, logo que Leonardo reaparece na sua vida, Filippo passa a segundo plano, e esta começa sobre o belo céu Italiano a viver as aventuras (sim, pois agora Elena é mais aventureira do que no primeiro livro), a alimentar o seu “desejo de Leonardo”, aquele desejo louco que no momento certo a palavra “sinto-te” que é o título do livro, faz todo o sentido! Mesmo parecendo que Tudo será um mar de rosas, aqui neste segundo livro,  é finalmente desvendado algo inesperado sobre Leonardo que arrebate Elena. 

Comparativamente com o primeiro, confesso que o primeiro livro foi aquela novidade e porta de entrada neste género literário, a apresentação das personagens e entrada nas suas vidas íntimas, etc…, talvez por isso mesmo nalguns momento esse tenha sido mais interessante, mas este também traz novas personagens e pontos relevantes que nos cativam a descobrir, principalmente a resposta a questões sobre a vida passada / oculta de Leonardo, que gostei ver respondidas. Elena não tem nada de surpreendente, torna-se apenas mais aventureira e mais cheia de coragem, mas não chega para deixar de ser submissa de Leonardo, uma vez que na presença dele, Elena é facilmente dominada, mesmo contra a sua vontade consciente, resumindo, há sexo e mais sexo, e mais passeios por locais bonitos para conquista. Gaia, traz-nos novidades. As novas personagens amigáveis e têm bastante intervenção neste livro.
O ambiente Romano, é completo e as descrições dos locais mantêm-se pormenorizadas nos espaços acção/envolventes, continua a usar monumentos e pontos conhecidos mas desta vez em Roma, como locais de acção.

Num modo geral, o livro é pequeno e lê-se rapidamente,  contudo volto a referir a mesma coisa: deparei-me novamente com a fase em que me cansei um bocado de ser “sempre arroz, sempre arroz” e ser previsível, podia ser algo diferente e continua sem saber quem fica com quem e de que forma.

Resumindo tudo, Elena conquista vive verdadeiro amor com Filippo, parte-lhe o coração a “mais uma vez”, e Leonardo “rebenta” com o dela novamente. Confesso que não esperava este final, mas espero que tenha sido por uma boa causa, pois estou expectante por ver o que acontece em “Quero-te”, o terceiro e último livro da trilogia. Curiosíssimo por saber quem fica com quem.

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter