"Daqui Não Sais Viva" de João Bonifácio | Clube do Livros SIC - Guerra e Paz

22:46

P.V.P.: 13,95 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2015
Nº de Páginas: 224
Editora: Guerra e Paz
«A 17 de Abril de 2014, pelas 4 horas da tarde, Palito parou o carro à porta de casa de Elisa Barros, tia da sua ex-mulher, Maria Angelina, e disparou contra ambas e ainda Maria Lina, ex-sogra, e Sónia, filha do casal. Elisa e Lina morreram, Angelina e Sónia salvaram-se.»
Sobre a obra:
João Bonifácio, jornalista e autor, conta tudo o que se passou no caso Manuel Palito. Mas Daqui não Sais Viva é mais do que um relato, é um mergulho na realidade de um Portugal profundo. Daqui não Sais Viva retrata um modo de vida, uma mentalidade fundada numa sexualidade mórbida, de posse e ressentimento. O que leva comunidades inteiras a serem tão complacentes com a violência doméstica?

O crime de Manuel Palito é conhecido: assassinou duas mulheres a sangue frio e feriu ainda a sua filha e a própria mulher. Manuel Palito está agora a ser julgado pelos seus actos. O jornalista João Bonifácio não se limitou a seguir todos os passos desses bárbaros assassínios. Durante um mês, João Bonifácio viveu em Trevões e Valongo dos Azeites, as aldeias do interior onde tudo se passou. Descobriu uma realidade perturbadora.
Sobre autor:
Nasceu a meio da década de 70, foi em¬pregado de mesa, trabalhou numa loja de fotografia, atendeu telefones nos serviços de saneamento da sua terra natal e, na viragem para o século XXI, após anos de imprensa regional, começou a escrever para o jornal Público, o que continua a fazer com muito gosto. Foi editor da revista Os Meus Livros, colaborou com vários órgãos de comunicação social, da revista Blitz ao jornal A Bola, passando pela Time Out e pela revista UP, fez guiões para televisão, traduziu, reviu, escreveu piadas para o Inimigo Público e comentou futebol no Canal Q e em A BOLA TV. Pelo meio escreveu o manual de sobrevivência para os homens do século XXI, O Livro dos Homens, para a Quetzal – mas mesmo assim não tem muita certeza se ele próprio conseguirá sobreviver.
Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter