"O Veneno do Teatro - Ou conversas com Amélia Rey Colaço" de Vítor Pavão dos Santos | Bertrand Editora

18:00

P.V.P.: 16,92 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2015
Nº de Páginas: 376

Sobre a obra:
A história apaixonante de uma mulher dividida entre duas vidas. Amélia Rey Colaço nasceu em Lisboa a 2 de Março de 1898 e em 1917 estreou-se no Teatro São Luiz que à época era designado como Teatro República. É justamente considerada a mais marcante figura do teatro português do século XX não só pelo reconhecimento público que granjeou mas também pelas diversas gerações de atores e atrizes que ajudou a formar. Vítor Pavão dos Santos nasceu em Lisboa em Julho de 1937 e desde tenra idade é espectador habitual de teatro e cinema. Licenciou-se em História mas optou pelo Teatro. Desenhou cenários e figurinos para dezenas de espetáculos, esteve na génese da criação do Museu Nacional do Traje e fundou o Museu Nacional do Teatro, inaugurado a 4 de fevereiro de 1985. Amélia Rey Colaço e Vítor Pavão dos Santos foram amigos e este livro é o resultado do convívio regular que essa amizade estimulou. A análise e a memória de um profundo conhecedor do seu tempo revisitam e enriquecem os diálogos que o autor foi mantendo e registando no seu convívio com Amélia Rey Colaço.
Sobre autor:
Vítor Pavão dos Santos nasceu em Lisboa em 1937. Licenciado em História, é crítico, investigador e desenhador teatral e fundou e dirigiu o Museu Nacional de Teatro durante 19 anos. Publicou, entre outras coisas, a Revista à Portuguesa, primeiro estudo consagrado ao teatro da revista em Portugal.
Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook