"Quando Eu Era Invisível" de Martin Pistorius | Nascente

17:30

P.V.P.: 15,29 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2015
Nº de Páginas: 280

Sobre a obra:
Êxito de vendas em todo o mundo, publicado em mais de 25 países, o testemunho de Martin Pistorius é uma lição de vida e um hino à força interior e à coragem.
Até aos 12 anos, Martin Pistorius era um menino igual aos outros, crescendo feliz e saudável. Nada fazia adivinhar que um dia adoeceria gravemente e que em pouco tempo deixaria de andar e falar. Para os médicos, Martin tinha entrado em estado vegetativo.
Lentamente, Martin foi recuperando a consciência. A sua mente, contudo, estava encurralada dentro de um corpo inútil, cujos braços e pernas não obedeciam e cuja voz se mantinha muda, incapaz de emitir um som.
Martin sentia-se invisível, suportando o seu segredo como uma testemunha silenciosa do mundo que o rodeava, vendo a vida passar numa sucessão de dias idênticos.
Depois de 12 anos de encarceramento, Martin conheceu Virna, uma terapeuta que viu para além do corpo preso a uma cadeira de rodas e que apenas movia os olhos. Viu um ser humano na plena posse das suas faculdades mentais.
Este foi apenas o princípio de um extraordinário renascimento e o primeiro impulso para que Martin despertasse, gradualmente, para a vida. De um menino que dependia completamente dos outros, Martin Pistorius transformou-se num homem independente, que se licenciou, conseguiu um emprego e casou com o amor da sua vida.
Sobre autor:
Martin Pistorius viveu preso dentro do seu corpo durante 12 longos anos, e é um dos casos raros de Síndrome do Encarceramento até hoje conhecidos. Quando eu Era Invisível (Ghost Boy) – (Editora Nascente l 280 pp l 16,99€), à venda a partir de dia 26 de setembro, é um testemunho arrebatador na primeira pessoa. Um livro que nos deixa sem respiração. Uma história que deixou a plateia da segunda mais importante TEDx Talks mundial em silêncio total... até ao aplauso final.
Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook