"Desmobilizados" de Phil Klay | Elsinore

19:00

P.V.P.: 16,19 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2015
Nº de Páginas: 304
Vencedor do National Book Award na categoria de ficção em 2014
Sobre a obra:
Premiado com diversos prémios e considerado um dos melhores livros editados em 2014, Desmobilizados dá-nos um retrato implacável da experiência de quem viveu a guerra — de quem por ela morreu e de quem por ela matou.

Um soldado, habituado a alvejar cães vadios por comerem restos humanos, regressa a casa e reaprende a vida doméstica com o próprio cão. Outro passou o tempo no Iraque a recolher cadáveres, mas deixou na América o corpo de quem ama. Outro ainda procura expiar a morte de alguém sem que tenha sido responsável por ela.

Numa das mais aclamadas estreias ficcionais dos últimos anos, Phil Klay desmultiplica a sua própria experiência militar em doze contos, numa imensa panorâmica do combate que se trava na última década no Iraque e no Afeganistão. Desmobilizados transporta-nos para a linha da frente da guerra armada, mas igualmente para a luta diária das vidas de todos os que se ofereceram em serviço pela pátria. O que testemunharam, afinal, estes homens nos desertos do Médio Oriente?

Entre bombistas suicidas e a monótona burocracia da máquina de guerra, Desmobilizados desmonta a mitologia da guerra heroica e dá-nos um retrato implacável da experiência de quem viveu a guerra - de quem por ela morreu e de quem por ela matou.
Sobre autor:
Phil Klay Nasceu em 1983. Licenciou-se no prestigiado Dartmouth College e é veterano do Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos, tendo servido no Iraque entre 2007 e 2008. Depois de ser desmobilizado, enveredou pelo estudo da escrita criativa.

O primeiro conto, «Fim de Missão», foi originalmente publicado na revista Granta, o que lhe granjeou a presença imediata nas mais variadas antologias. Desmobilizados é o seu primeiro livro, de imediato alvo dos mais rasgados elogios da crítica: venceu o National Book Award na categoria de Ficção. Foi também finalista do Prémio Frank O’Connor e considerado pelo New York Times um dos dez melhores livros norte-americanos publicados em 2014.

Recebeu em 2015 o prémio James Webb da Marine Corps Heritage Foundation, pelo seu retrato da vida dos fuzileiros no teatro de guerra, e o prémio John Leonard do National Book Critics Circle Award para a melhor primeira obra publicada em qualquer género. Saiba mais sobre o autor em www.philklay.com.​
Imprensa:
«Extraordinariamente poderoso. […] Procuram o Tim O’Brien ou o Joseph Heller ou o Erich Maria Remarque da nossa incursão pelo Iraque? Missão cumprida.»
The Washington Post

«A melhor obra literária escrita até hoje por um veterano das guerras recentes travadas pelos Estados Unidos. A prosa de Klay revela todas as falsidades e ilusões no encontro entre veteranos e as pessoas por quem eles alegadamente combateram.»
The New Yorker

«O melhor livro já escrito sobre o que a guerra faz à alma das pessoas.»
The New York Times Book Review

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter