Opinião - "Segredos Obscuros" de Hans Rosenfeldt, Michael Hjorth | Suma de Letras

10:45


mais informação acerca do livro neste link

Opinião da vencedora do passatempo:
Depois de um campanha tão original de divulgação do livro, junto da blogosfera, estava muito curiosa para descobrir este profiler, e não me desiludi.

A história decorre em torno do mistério do assassinato de um adolescente, Roger, ao qual é retirado o coração, por alguém que é descrito como “o homem que não é um assassino”.

A investigação em torno deste, inicialmente, desaparecimento, é efectuada de forma negligente pela polícia, acabando por ser necessário chamar uma equipa especializada para esta investigação.

No decorrer da história ficamos a conhecer, para além dos familiares e amigos/conhecidos de Roger, os membros da equipa de investigação, com destaque, para Sebastian, que, não fazendo inicialmente parte da equipa, a ela se junta, por motivos pessoais e, que nada têm a ver com a investigação, mostrando assim, o seu carácter frio e egoísta.

Segredos Obscuros revela-nos, de facto, muitos segredos, que acabam por nos confundir e levar em determinadas direcções em que quando achamos que "Ah! Já sei quem foi!" – afinal: não sabemos! :)

A personalidade de Sebastian é muito complexa, uma vez que surge como um mulherengo, frio, calculista e egoísta. Conhecendo a sua história de vida, nomeadamente a perda da família, e a sua relação com os pais, torna-se mais fácil compreendê-lo e, confesso, até simpatizar com ele.


É principalmente por Sebastian que estou muito curiosa e desde já à espera do próximo livro, principalmente depois da forma como este termina.

E para mim, aqui é o senão do livro.

Ler opinião completa aqui

Enviado por Ana Ferreira

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook