"Linhagem de Bravos" de Emilio Gouveia Miranda | Marcador

16:00

P.V.P.: 17,96 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 568

Sobre a obra:
Linhagem de Bravos é uma viagem à Época Medieval, aos primórdios da nacionalidade, ao frio, à lama, à fome e às dificuldades de um povo que luta pelo pão de cada dia.
1289. Um rei. Um foral. Um outeiro.
Simão da Cruz é um pedreiro em fuga, por um crime cometido. Trata-se de um delito de honra. De morte de um fidalgo. A justiça segue no seu encalço. Em simultâneo, uma família -pai e três filhos órfãosde mãe -abandona,pela calada da noite, as terras do fidalgo a quem sempre serviu. A fuga impõe-se pelo desejo de uma vida melhor, mas também pelo roubo perpetrado. Sobre a carroça furtada ao nobre, um arado de ferro é a esperança de uma vida melhor, em terras de Trás-os-Montes, onde - diz-se - el-rei D. Dinis deseja fundar a cidade.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook