"Psiquiatras - Uma História por Contar" de Jeffrey A. Lieberman | Temas e Debates

15:00

P.V.P.: 16,92 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 416

Sobre a obra:
A história fascinante das origens, percalços e triunfos da psiquiatria, pelo antigo presidente da Associação Americana de Psiquiatria. A psiquiatria percorreu um longo caminho desde os dias em que os «lunáticos» eram acorrentados em celas frias e exibidos como curiosidades de feira perante um público boquiaberto. Mas, como revela Jeffrey Lieberman nesta obra extraordinária, o caminho para a legitimação da «ovelha negra da medicina» tem sido tudo menos pacífico. O Dr. Lieberman conta a história da psiquiatria desde o seu nascimento como uma pseudociência mística, passando pela sua adolescência enquanto culto de «psiquiatras», à maturidade tardia - no pós-Segunda Guerra Mundial - como uma profissão cientificamente certificada e salvadora de vidas. 

Na sua essência este livro é uma história de detetives, impulsionada pelas questões centrais: o que é uma doença mental e como pode ser tratada? Os verdadeiros heróis desta história são os homens e as mulheres que ousaram desafiar o status quo em busca de respostas. Com estudos de caso fascinantes e retratos pormenorizados dos luminares da psiquiatria, é uma leitura apaixonante e informativa e um apelo urgente ao fim do estigma das doenças mentais, que devem ser tratadas como doenças e não como condições infelizes e irremediáveis.
Sobre autor:
Jeffrey A. Lieberman é titular da cátedra Lawrence C. Kolb e presidente de Psiquiatria no Departamento de Medicina e Cirurgia da Universidade de Columbia, diretor do New York State Psychiatric Institute e psiquiatra-chefe do Centro Médico da Universidade de Columbia no Hospital Presbiteriano de Nova Iorque. Recebeu muitas distinções e prémios, incluindo o Prémio Lieber para a investigação sobre a esquizofrenia, da Brain and Behavior Research Association, o Prémio Stanley R. Dean para a investigação sobre a esquizofrenia, e o Prémio Neurociência, do International College of Neuropsychopharmacology. Antigo presidente da Associação Americana de Psiquiatria, em 2000, foi eleito para o National Academy of Sciences Institute of Medicine.
Imprensa:
«Uma análise magistral dos bastidores da psiquiatria – e, por extensão, da condição humana. Uma obra que aborda uma das mais importantes questões do nosso tempo: a definição de doença mental.»
Andrew Solomon, autor de O Demónio da Depressão

«Um livro surpreendente: honesto, sóbrio, estimulante e humano. Lieberman escreve com a autoridade de um especialista, mas com a humildade de um médico que aprendeu a tratar as mais profundas e misteriosas formas de doença mental... Este livro transporta-nos para a vanguarda de uma das mais extraordinárias jornadas médicas do nosso tempo.»
Siddartha Mukherjee, autor de O Imperador de Todos os Males

«O relato superior que Jeffrey Lieberman nos faz da revolução científica em psiquiatria – uma revolução em que participou e que ajudou a impulsionar – é uma leitura compulsiva. Mas é a sua ausência de dogmatismo e a sua sensibilidade ao sofrimento que persiste na nossa memória depois de concluída a leitura.»
Sylvia Nasar, autora de Uma Mente Brilhante

«Uma incursão espantosa no mundo da psiquiatria moderna: a base científica, os limites e os benefícios dos sistemas de diagnóstico e tratamentos, e o que leva os médicos a tomar boas ou más decisões.»
Kay Redfield Jamison, autora de Uma Mente Inquieta

«Uma narrativa autorizada e inspiradora dos progressos da psiquiatria, equilibrada por uma abertura franca e admirável aos lapsos históricos desta disciplina.»
Eric R. Kandel, neurocientista laureado com o Prémio Nobel

«Leitura obrigatória... Um livro inteligente, importante, acessível.»
Patrick J. Kennedy, ex-congressista e fundador do Kennedy Forum

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter