Opinião - "Rosa Brava" de José Manuel Saraiva | Clube do Autor

11:30


mais informação acerca do livro neste link

Opinião da vencedora do passatempo:
Pessoalmente, tinha uma ideia completamente diferente desta personagem da nossa história. Embora todos a conheçam, nem que seja só de ouvir falar, nunca tinha imaginado uma pessoa tão perversa, vingativa e manipuladora o que me fez pensar que, de facto, não é preciso muito para uma pessoa ter a sua vida destruída sem sequer saber porquê. Tudo bem, eu entendo os motivos e o período da história, e nesse sentido sim, era uma mulher emancipada, mas...

Tudo começa ao ser obrigada pelo seu tio – conde de Barcelos – a casar com um homem que a repulsa até ao âmago. Encorajada pela sua fiel aia e sempre odiando o bucolismo de Pombeiro (residência do marido), não descansa enquanto não se faz convidada para a corte de Lisboa pela própria irmã. Sendo uma mulher de extraordinária beleza, logo desperta a atenção de vários homens. Mas, sedutora como era e mantendo-se firme ao seu plano, apenas lhe interessa o rei – D. Fernando, que facilmente conquista e com quem consegue casar (com o consentimento da igreja), o que a coloca na boca do povo como aleivosa e adúltera. Nasce aqui o seu ódio e o seu desejo de vingança pelo povo e por quem a não apoiava no seu matrimónio. Mas, ainda assim, não lhe bastava o título de rainha – Leonor Teles queria também poder -, coisa que também não lhe foi difícil adquirir, não fosse D. Fernando (ainda por cima de frágil saúde) conhecido pelo seu gosto pelas caçadas e descuido dos assuntos referentes ao reino e, portanto, facilmente manipulável.

Tudo isto, não esqueçamos, nos conturbados tempos das guerras com Castela e com apenas 200 anos de Portugal, o que, com a morte prematura de D. Fernando, culmina na crise da secessão de 1383-85.

Penso que o livro está extraordinariamente bem escrito e só posso imaginar o trabalho de pesquisa que esteve por detrás. Desde a linguagem usada pelo autor (estive sempre acompanhada do dicionário), ao cuidado com a descrição da indumentária e ao contexto histórico-cultural em que se encaixa.

Ler opinião completa aqui

Enviado por Sílvia - Blog Joaninha Azul

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook