Novidades

"A Lenda do Conde Drácula - Os Descendentes de Merlin - Livro 4" de Rita Vilela | Clube do Autor

21:00

P.V.P.: 12,60 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 384

Sobre a obra:
Depois de muitas aventuras e descobertas protagonizadas pelo grupo que já conhecem dos livros Os Guardiães dos Manuscritos Mágicos, A Dama do Lago e Heróis do Mar, eis mais um desafio que transportará Lina e os seus três fiéis amigos para outras eras. Mas será que têm coragem para iniciar mais esta viagem?
Muitas são as surpresas que estão reservadas àqueles que invadem as terras do Conde Drácula em busca de respostas mas só os verdadeiros guerreiros serão capazes de seguir em frente.
Sobre autor:
Licenciada em psicologia, desenvolveu o seu percurso profissional na área da formação. Hoje, conjuga esse trabalho com o exercício da terapia, a escrita, e outras atividades ligadas às palavras… e às pessoas. Começou tarde a sua atividade como autora mas, uma vez iniciada, nunca mais parou. Esta autora portuguesa publicou o seu primeiro livro em 2008 e, 6 anos depois, conta já no seu currículo com 25 livros publicados em Portugal, alguns dos quais nos maiores grupos editoriais portugueses; 7 reedições; um livro publicado em Itália, feedback entusiasta dos leitores... A sua escrita caracteriza-se pela versatilidade, com obras distribuídas entre a fantasia e aventura, fantasia histórica, metáforas e fábulas, a vida de génios de mundo, obras infantis, ficção, romance, banda desenhada, teatro…
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"As Trevas de Baltar" de Henrique Anders | Editora Épica

19:00

P.V.P.: 12,60 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 256

Sobre a obra:
EMBARQUE NESTA AVENTURA E DESCUBRA UM MUNDO ONDE TER ESPERANÇA É O MAIOR PECADO E ESTAR VIVO A PIOR DAS MALDIÇÕES. 
Os antigos doze Reinos há muito colapsaram e as terras eram agora regidas por um novo soberano que decidiu destruir tudo e todos. Movido por vingança e sede de sangue, Baltar rodeou-se de poderosas forças negras e construiu-se a si mesmo. Sem misericórdia, transformou a fé e a esperança em lamentos e descrença e mergulhou o mundo no mais opaco breu. Porém, os dias e as noites são cheios de segredos e até no meio da escuridão e da secura uma vida pode nascer. Os desígnios dos deuses são misteriosos e Dutsan nasceu com algo especial. 

Para protegê-lo, a sua família foi obrigada a fugir e ele cresceu no meio dos Canimatas, uma raça conhecida por não gostar de humanos e a quem chamavam de os guardiões de dragões. O jovem Dutsan terá de enfrentar os seus medos e descobrir as suas próprias verdades. Na companhia dos seus amigos estranhos vai embarcar numa aventura que poderá mudar as suas vidas.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Completamente Tua" de Raine Miller | Topseller

17:00

P.V.P.: 15,29 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 320

Sobre a obra:
Mais uma narrativa apaixonante sobre os limites que se podem ultrapassar quando duas pessoas percebem que pertencem uma à outra.
A relação de Ethan e Brynne sobreviveu a todas as provações até agora. Mas será que o passado de ambos não voltará para assombrar os seus esforços para acabarem juntos? Enquanto Ethan faz o seu melhor para proteger Brynne das ameaças que se sucedem sem descanso, os seus próprios demónios continuam a consumi-lo e a impedi-lo de se abrir totalmente com a mulher que ama.
Com surpresas inquietantes e inimigos à espera de um momento de desatenção, Ethan tem de criar um plano para garantir a segurança da sua linda americana e conseguir, ao mesmo tempo, dar-lhe tudo aquilo de que ela precisa. Não vai hesitar para alcançar os seus objetivos.
Sobre autor:
Raine Miller é uma autora norte-americana bestseller do New York Times e do US Today que já conta com vários romances publicados. Em agosto de 2012 lançou o presente livro, primeiro volume da série O Caso Blackstone, uma mistura explosiva de erotismo, sexo, controlo e mistério. Um mês depois era já uma autora bestseller da Amazon, tendo alcançado os primeiros lugares nos rankings de romance erótico.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"O Dom Profano Considerações sobre o carisma" de José Sócrates | Sextante

15:00

P.V.P.: 12,96 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 160
O mais recente livro de José Sócrates, O dom profano – Considerações sobre o carisma, é publicado amanhã pela Sextante Editora. No dia seguinte, a 28 de outubro, realiza-se a sessão de lançamento em Lisboa, pelas 18:30, no Auditório I do Centro de Reuniões da FIL. O livro será apresentado pelo deputado Sérgio Sousa Pinto.
Em O dom profano, o autor percorre a história do carisma, primeiro na teologia de S. Paulo, onde nasceu como conceito religioso, até à sua transformação em categoria da sociologia política na obra de Max Weber: «o que mais persistentemente ficou no meu espírito foi a desconfiança do autor [Max Weber] relativamente ao poder dos aparelhos burocráticos e a aversão ao regime de funcionários. A atual crise europeia levou-me a regressar a Weber e a este tema, cem anos depois. Esta é a razão do livro.
Na ciência política, a questão do carisma é, no essencial, uma discussão sobre liderança. Durante muito tempo, na cultura política europeia este debate foi residual. Afinal, pensava-se que podíamos aperfeiçoar as democracias pondo de lado, com vantagem, a dimensão pessoal da política e substituindo-a pela discussão sobre ideias e programas. Qualquer valorização das questões da liderança ecoava como suspeita perante as regras da democracia. O fantasma dos totalitarismos carismáticos deixou uma longa herança. Este é o tema do livro.»
Sobre a obra:
Nos anos oitenta, numa reunião da Comissão Política do PS e no final de um debate cujo tema já nem recordo, o líder Vítor Constâncio sugeriu que lêssemos um pequeno livro - O Político e o Cientista. "Está lá tudo!" - disse. Comprei-o no dia seguinte e li Weber pela primeira vez. Recordo a impressão que me causou e o que era novo para mim - ética da convicção e da responsabilidade, liderança carismática, vocação política. Mas o que mais persistentemente ficou no meu espírito foi a desconfiança do autor relativamente ao poder dos aparelhos burocráticos e a aversão ao regime de funcionários. A atual crise europeia levou-me a regressar a Weber e a este tema, cem anos depois. Esta é a razão do livro.

Na ciência política, a questão do carisma é, no essencial, uma discussão sobre liderança. Durante muito tempo, na cultura política europeia este debate foi residual. Afinal, pensava-se que podíamos aperfeiçoar as democracias pondo de lado, com vantagem, a dimensão pessoal da política e substituindo-a pela discussão sobre ideias e programas. Qualquer valorização das questões da liderança ecoava como suspeita perante as regras da democracia. O fantasma dos totalitarismos carismáticos deixou uma longa herança. Este é o tema do livro. 

Nas suas linhas gerais, este livro foi esboçado na prisão e, depois, desenvolvido com troca de impressões, sugestões de leituras e observações de muitos amigos com quem partilho afinidades eletivas na política. Devo muito a essa "política de camaradagem" e agradeço a todos, que aqui se reconhecerão. Especial agradecimento devo ao Reitor e aos Professores de Filosofia Política da Universidade da Beira Interior, cujas discussões no Seminário sobre Carisma e Democracia muito me ajudaram. Aqui encontrarão ecos do que discutimos. Mas é claro que o que aqui fica escrito só a mim vincula. Este foi o tempo do livro.
Sobre autor:
José Sócrates foi eleito, pela primeira vez, deputado em 1987. Foi secretário de estado, ministro-adjunto e ministro do Ambiente. Foi primeiro-ministro de 2005 a 2011. Foi secretário-geral do PS entre 2004 e 2011.
É licenciado em Engenharia Civil. Fez o MBA no ISCTE e é mestre em Ciência Política por Sciences Po. É autor do livro A Confiança no Mundo – Sobre a tortura em democracia.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Lembras-te de Mim?" de Judith McNaught | Edições ASA

13:30

P.V.P.: 15,75 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 480

Sobre a obra:
É a contragosto que Diana Foster se encontra num extravagante baile de caridade, rodeada pela fina-flor do Texas. O noivo acabou de a deixar, trocando-a por uma herdeira italiana, e a jovem anseia apenas por um pouco de privacidade. Mas está em jogo a sua carreira e o bom nome da família. Como gestora da empresa familiar, Diana tem uma imagem a manter. E a fasquia não podia estar mais alta pois ela é editora da revista Beautiful Living, uma publicação de referência no que toca à tranquilidade doméstica.

Quando o bilionário Cole Harrison se aproxima dela com dois flûtes e uma garrafa de champanhe, Diana é apanhada de surpresa, pois reconhece nele o moço de cavalariça que desapareceu da sua vida vinte anos antes. E, fazendo jus à sua reputação de magnata, Cole tem uma proposta para ela: um casamento de conveniência, pois arrisca-se a perder uma fortuna se não se casar em breve. Diana dificilmente imaginaria nessa noite que iria reencontrar Cole, muito menos sucumbir ao esquema elaborado dele, para não falar no perigo de ceder a uma paixão avassaladora…

Judith McNaught tem já um lugar especial no coração das leitoras portuguesas. Com Lembras-te de Mim?, oferece-nos mais um maravilhoso e envolvente romance sobre a eterna magia do amor…
Sobre autor:
Judith McNaught nasceu nos Estados Unidos. Antes de se dedicar inteiramente à escrita, teve uma carreira profissional muito diversificada, tendo sido a primeira mulher a trabalhar como produtora executiva na rádio da CBS. Atualmente, a sua obra é publicada um pouco por todo o mundo e já vendeu mais de 30 milhões de exemplares. Vive em Houston, Estados Unidos.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Nascemos para ser Felizes - A Vida de Emanuel Contada pelo Próprio" de Emanuel e Elizabete Agostinho | Editora Guerra e Paz

11:30

P.V.P.: 13,95 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 212
NOTA DO AUTOR
«Todos vocês sabem que sempre pautei a minha vida pela discrição.
Sempre recusei expor em demasia a minha vida privada, talvez pelo facto da minha vida pública ser tão intensa e absorvente, e por querer ter um pequeno oásis de paz onde posso voltar sempre que preciso. Ou… talvez por acreditar que a minha formação musical era suficiente para desempenhar as minhas funções como operário da música, não precisando por isso de expor a minha vida privada em benefício da minha vida profissional.

Mas para este livro existir na forma que eu pretendia, tinha de alterar esta minha forma de pensar e de agir, nem que fosse uma única vez.
Porquê?
Porque só aceitando contar de forma genuína e verdadeira alguns factos da minha criação e depois da minha evolução, enquanto homem e enquanto músico, poderia dar a conhecer a história de vida do homem que está por trás do artista.
Aos meus fãs e aos que não o são, mas que vão ler este livro, eu queria mostrar que a minha vida foi igual à de muitos homens e mulheres que nasceram pouco depois da Segunda Guerra Mundial.
Ou seja: uma vida igual à de muitos homens e mulheres da minha geração.

Os nossos pais tinham conhecido a fome e muitas outras privações durante aqueles terríveis anos de guerra e o objectivo primordial da maior parte dos nossos progenitores era que os seus filhos não passassem pelo mesmo.
Eles queriam que os seus filhos se sentassem a uma mesa farta, tivessem roupa e calçado no armário e recebessem uma instrução que lhes permitisse alcançar algum conforto financeiro.

E, de facto, com o seu querer e exemplo, fizeram emergir uma raça de homens e mulheres que viria a corresponder aos seus anseios.

E o destino veio dar uma ajuda!
Esta nova geração (da qual me orgulho de fazer parte) foi abençoada pelo 25 de Abril de 1974, numa altura em que começavam a ser donos do seu destino.
Foi a cereja em cima do bolo!
Estes jovens homens e mulheres tinham agora ao seu dispor a democracia e as condições ideais para nunca passarem pelas dificuldades que os seus pais passaram.
Só precisavam de uma coisa: trabalhar, trabalhar muito… para poderem comprar uma casa, um carro, para poderem pagar uma melhor formação para os seus filhos, etc.

Ao ler este livro, vai ser possível compreender porque é que tantas crianças (tal como eu) começavam a trabalhar com apenas 10 anos de idade, como era necessária a luta e a dedicação ao trabalho para conseguir concretizar sonhos, o seguir em frente depois de cometer erros, o querer dar o melhor aos filhos, e o não ter medo de arriscar para conseguir ir mais longe.

Resumindo: Este livro não pretende salientar a vida de alguém que é famoso, pretende relatar a vida de um homem que foi adolescente quando deveria ter sido criança, que foi homem quando deveria ter sido adolescente, que acreditava que nasceu para ser feliz e que fez o que estava ao seu alcance para o conseguir e que, todos os dias... é grato ao Céu por ter conseguido.

Espero que o livro seja do vosso agrado!
E não se esqueçam:
Nascemos para ser felizes!»
Sobre a obra:
Quando a mãe o levou pela mão até ao comboio para que, com apenas 10 anos, fosse trabalhar para uma padaria nos arredores de Lisboa, nunca imaginou que o filho, de tez clara e com uns enormes olhos azuis que deixavam boquiaberta a pequena aldeia do Alto Douro, percorresse um caminho que o levaria ao estrelato.
Autor do estrondoso êxito Pimba Pimba, que deu nome a um novo género de música popular, Emanuel abre as portas da sua vida e conta-nos as aventuras e desventuras, os sacrifícios, as dificuldades e os êxitos que julgara impossíveis de alcançar, na carreira de cantor que iniciou já depois dos 30 anos.
Sobre autor:
Emanuel. Nasceu a 25 de Março de 1957, em Covas do Douro, uma pequena aldeia aninhada nos socalcos do Douro. Aos 10 anos, foi, sozinho, para Lisboa, à procura de uma vida melhor. Começou por trabalhar numa padaria, mas foi depois de se tornar barman que descobriu o seu caminho. Nasce para a música quando decide, ainda adolescente, inscrever-se numa escola de guitarra clássica, mas só anos depois, já era professor, compositor e orquestrador, decide emprestar a voz às suas composições. O álbum Rapaziada Vamos Dançar, lançado em 1994, torna-o conhecido, e Pimba Pimba, em 1995, lança-o para uma carreira que somou sucessos ao longo de duas décadas, alterando por completo o panorama da música popular em Portugal. Agradece aos céus os seus êxitos, mas considera que os quatro filhos, Samuel, Emanuel, Miguel e Gabriel, são a sua obra maior.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Em Forma Todo o Ano com Liliana Santos - Guia para um corpo saudável" de Liliana Santos | Goody

10:00

P.V.P.: 14,31 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 160

Sobre a obra:
Este Guia Prático, protagonizado pela atriz e modelo Liliana Santos, foi desenvolvido para se encontrar a forma física através do treino e de uma alimentação cuidada. Tudo começa com a motivação e pela razão para se iniciar um verdadeiro programa de saúde física. A escolha do tipo de treino mais adequado seguindo das sequências de exercícios totalmente ilustrados com fotografias detalhadas, permitem começar a treinar já e de forma simples tanto em casa como no ginásio. Por fim, e não menos importante, especial destaque para o Plano Alimentar de 8 semanas onde a nutrição é o centro das atenções com dicas, recomendações e receitas para introduzir uma alimentação saudável e equilibrada no dia-a-dia. Foi ainda desenvolvida uma APP exclusiva e gratuita (para iOS e Android) com exercícios explicados em detalhe e um plano alimentar permitindo assim criar uma rotina de saúde física
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Os Espiões do Papa A Guerra Secreta de Pio XII contra Hitler" de Mark Riebling | Editorial Presença

17:00

P.V.P.: 17,55 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 424

Sobre a obra:
A suposta impassividade do Vaticano perante as atrocidades dos nazis na Segunda Guerra Mundial continua a representar uma das maiores controvérsias da atualidade. A história apelidou Pio XII de «O Papa de Hitler» e considerou-o conivente com a política e ideologia nazi. Contudo, mais do que manter-se distanciado ou cúmplice dos acontecimentos ocorridos num dos períodos da história mais negros, o Papa teve um papel fundamental nos eventos que levaram à derrota nazi. O historiador Mark Riebling, baseado em documentos recentemente abertos pelos arquivos secretos do Vaticano e pelo British Foreing Office, apresenta a versão que ao longo de décadas foi encoberta, abrindo as portas do Vaticano para revelar factos surpreendentes na história do pontificado. Lê-se como um romance policial baseado na figura do espião alemão Josef M?ller, embora seja um relato histórico rigoroso O resultado é um livro magistral que vem contribuir para uma nova visão dos acontecimentos.
Sobre autor:
Mark Riebling nasceu em Los Angeles e vive em Nova Iorque. Historiador, ensaísta e analista político, é diretor do Manhattan Institute for Policy Research. Foi cofundador do Center for Tactical Counter-terrorism e investigador no Center for Policing Terrorism/National Counter-terrorism Academy. Escreve para o New York Times e para o Wall Street Journal sobre temas relacionados com a segurança nacional. É considerado um autor inovador em temas relacionados com informação secreta e espionagem. Os Espiões do Papa está traduzido para várias línguas e é o seu segundo livro.
Imprensa:
«Impossível parar de ler. Fascinante.»
Wall Street Journal

«Um livro notável. Leitura imprescindível.»
Washington Times

«Fruto de uma profunda pesquisa, é um livro que causará impacto. Notável.»
Peter Earnest, diretor do International Spy Museum
Ler mais »

Novidades

"A Empregada" de Laura Amy Schlitz

15:00

P.V.P.: 16,19 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 368
Nada a pode impedir de sonhar. Nada a vai impedir de conseguir o que quer.
Sobre a obra:
Inspirado no diário da avó de Laura Amy Schlitz, a premiada autora deste livro, este é um romance de época que se traduz numa perspicaz e realista visita guiada pela América do início do século XX. A viagem da protagonista, Joan, conduz o leitor por uma interessante exploração dos temas mais quentes da viragem do século. Um livro divertido e emotivo, que relata na primeira pessoa a luta de uma jovem inteligente e lutadora pelo direito a um futuro melhor, e do preço que por ele se tem de pagar.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"O Livro Tibetano da Vida e da Morte" de Sogyal Rinpoche | Editorial Presença

13:30

P.V.P.: 24,75 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 576

Sobre a obra:
Esta obra-prima da espiritualidade budista é considerada uma das mais completas do género. O mestre tibetano Sogyal Rinpoche dá-nos um verdadeiro manual sobre a vida e a morte, ensinando princípios fundamentais sobre a natureza da mente, a meditação, o carma e a reencarnação, entre muitos outros. Com raízes profundas na tradição milenar tibetana, com especial ênfase no clássico Livro Tibetano dos Mortos, mas baseada numa investigação contemporânea, a sua obra alcança um âmbito sem precedentes. Equivale a uma caminhada espiritual plena de compaixão, de carinho e de amor ao próximo, capaz de transformar a vida de todos, independentemente das suas convicções.
Sobre autor:
Esta obra-prima da espiritualidade budista é considerada uma das mais completas do género. O mestre tibetano Sogyal Rinpoche dá-nos um verdadeiro manual sobre a vida e a morte, ensinando princípios fundamentais sobre a natureza da mente, a meditação, o carma e a reencarnação, entre muitos outros. Com raízes profundas na tradição milenar tibetana, com especial ênfase no clássico Livro Tibetano dos Mortos, mas baseada numa investigação contemporânea, a sua obra alcança um âmbito sem precedentes. Equivale a uma caminhada espiritual plena de compaixão, de carinho e de amor ao próximo, capaz de transformar a vida de todos, independentemente das suas convicções.
Imprensa:
«Sogyal Rinpoche tem muito para ensinar. O seu estilo terra-a-terra, pautado por músicas e poesia dos sábios budistas, atenua o temor da morte e fá-la parecer uma velha amiga.»
Los Angeles Times

«Um guia espiritual terno, humano e eloquente.»
The Guardian

«Brilhante.»
Mail on Sunday

«Admirável e profundo.»
Yoga and Health

«Se acredita que os livros podem mudar vidas, não perca este.»
Metro

«Um dos livros mais úteis que já li.»
John Cleese
Ler mais »

Novidades

"O Filho de Deus" de Bodie Thoene e Brock Thoene | Clube do Autor

12:00

P.V.P.: 15,30 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 352
Dos autores de Quando Jesus Chorou
Sobre a obra:
Neste novo volume da muito elogiada série de livros sobre a vida de Jesus, ao autores retratam os últimos dias da vida de Jesus através do olhar de três pessoas marcantes: o governador Pôncio Pilatos, para quem a Judeia era essencial para as suas aspirações políticas; a mulher, Cláudia, que procura ajuda para o filho aleijado; e o centurião Marcos Longinus, aprisionado entre a lealdade ao Império, o amor por Cláudia e uma crença cada vez maior em Jesus.
Em O Filho de Deus encontramos assim uma narrativa a três vozes que dá ao leitor um retrato realista da vida social e política de Jesus Cristo.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Paixão Sem Limites - Hacker 4" de Meredith Wild | Editorial Planeta

10:30

P.V.P.: 15,98 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 296

Sobre a obra:
4º livro da série de romance feminino erótico "Hacker". Publicada em 25 países, a série está no top há várias semanas no The New York Times. "Quando o perigo espreita e segredos obscuros vêm a lume, conseguirá o passado destruir as promessas de amor eterno de ambos?"
As leitoras da série estão ansiosas pelo desenrolar da história de amor de Blake e Erica...
Sobre autor:
Meredith Wild é autora best-seller do The New York Times e do USA Today.
Vive nas White Mountains em New Hampshire com o marido e três filhos, Meredith define-se como techie, apreciadora de uísque e romântica incurável. Quando não está no mundo de fantasia das suas personagens, Meredith pode ser encontrada em: www.facebook.com/meredithwild
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Essa Puta tão Distinta" de Juan Marsé | Dom Quixote

20:00

P.V.P.: 14,31 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 192

Sobre a obra:
Embora deteste a filmografia do realizador e produtor que contrata os seus serviços, um escritor célebre por retratar nos seus romances a ruína moral dos anos do pós-guerra, aceita relutantemente a encomenda para escrever um guião cinematográfico sobre um caso real da Barcelona dos anos 40. Trata-se de um crime que teve lugar no cinema Delicias, em cuja sala de projeção foi assassinada uma prostituta, estrangulada com uma tira de película de filme enquanto o público assistia à estreia de Gilda. Durante o processo de pesquisa o escritor irá verificar como por vezes, na vida real, os crimes carecem de sentido e os seus protagonistas nem sempre são heróis ou anti-heróis, algo que, na ficção, nem todos parecem dispostos a tolerar.

Neste magnífico romance, Juan Marsé, transmutado num escritor descrente e incapaz de se levar a sério, reflete sobre as armadilhas da memória e os limites da ficção, enquanto ajusta contas com aqueles que manipulam o nosso passado para gerar produtos de simples entretenimento, que pervertem a memória histórica e banalizam a dor e a miséria de toda uma geração.
Sobre autor:
Juan Marsé nasceu em Barcelona em 1933 e passou a infância e juventude no bairro popular de Gracia. 
Entre os 13 e os 26 anos trabalhou como operário numa oficina de joalharia. 
A sua carreira literária começou em 1959, ano em que começou a publicar crónicas em revistas literárias e em que obteve o Prémio Sésamo de contos. Desde então publicou diversas obras, muitas delas premiadas: "Últimas Tardes com Teresa" (1966; Prémio Biblioteca Breve 1965), "Se Te Dicen que Caí" (1973, edição definitiva 1989; Prémio Internacional de Romance México), "La Muchacha de las Bragas de Oro" (1978; Prémio Planeta 1978), "Ronda del Guinardó" (1984; Prémio Ciudad de Barcelona), "El Amante Bilingue" (1990; Prémio Ateneo de Sevilha), "O Feitiço de Xangai" (1993; Campo das Letras 1995; Prémio da Crítica e Prémio Aristeion) e "Rabos de Lagartixa" (2000; Campo das Letras 2003; Prémio da Crítica e Prémio Nacional de Literatura, ambos em 2001). Foi ainda galardoado com o Prémio Juan Rulfo 1997 e o Prémio Internacional Unión Latina 1998. "Canções de Amor em Lolita’s Club" é a sua novela mais recente. Foi-lhe atribuído o Prémio Cervantes 2008.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"ZAYN" de Zayn Malik | Editorial Planeta

18:26

P.V.P.: 17,09 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 288

Sobre a obra:
Aos 23 anos, e pela primeira vez, ZAYN conta, desvenda e partilha documentos e imagens nunca antes publicados que fornecem aos leitores uma visão sem restrições.
Após cinco anos de um estrondoso sucesso com os One Direction, ZAYN lançou-se a solo com Mind of Mine, tornando-se num dos artistas de maior êxito do mundo.
Com um design deslumbrante, centenas de fotos, notas pessoais, desenhos, manuscritos de letras de canções e histórias pessoais, este livro capta os momentos mais privados de ZAYN, revelando os seus verdadeiros sentimentos sobre a fama, o sucesso, a música e a vida.
Sobre autor:
ZAYN, é um músico internacionalmente aclamado. 
Mora em Los Angeles e em Londres.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Morre, Alex Cross" de James Patterson | Topseller

10:00

P.V.P.: 16,91 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 352

Sobre a obra:
Um novo policial alucinante da série Alex Cross, do autor que mais vezes alcançou o n.º 1 do New York Times.
Uma nova organização terrorista ameaça Washington.
Os dois filhos do Presidente estão desaparecidos.
Um condutor enlouquecido abre caminho pelo trânsito de Washington, DC; ele é o principal suspeito do rapto dos filhos do Presidente dos Estados Unidos. Enquanto isso, uma nova organização terrorista assassina o Secretário de Estado e contamina o fornecimento de água da capital. Alex Cross é o único capaz de perceber a ligação entre todos estes elementos de caos. Alex Cross é um alvo a abater.
As forças de segurança estão em alvoroço e os Serviços Secretos não têm informação suficiente. Ninguém sabe que um dos alvos poderá ser, precisamente, Alex, que vai alternando o trabalho com uma vida familiar cada vez mais complexa.
Conseguirá Alex sobreviver depois de se colocar na mira de raptores e terroristas? 
Um enredo surpreendente, cheio de personagens misteriosas, e com surpresas e reviravoltas até ao fim.
Sobre autor:
É, desde há vários anos, o autor mais bem-sucedido em todo o mundo, segundo a revista Forbes. Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade.
Entre os seus maiores bestsellers estão Alex Cross, Invisível ,O Clube das Investigadoras (ed. Quinta Essência), A Amante, Zoo, A Casa da Morte e Primeiro Amor . Patterson é o autor com o maior número de bestsellers do New York Times, segundo o Guinness World Records. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 325 milhões de exemplares.
Em Portugal, James Patterson é publicado pela Topseller (Alex Cross, Private, NYPD Red, Confissões,Maximum Ride, Primeiro Amor , Invisível , A Amante, Um Anjo da Guarda, Zoo e A Casa da Morte) e pela Booksmile (séries juvenis Escola , Eu Cómico, A Casa dos Robots e Jackie Ha-Ha).
James Patterson vive com a mulher e o filho em Palm Beach, na Flórida.
Imprensa:
«Se houvesse, de facto, super-heróis humanos, Alex Cross seria o melhor.» 
New York Times

«Alex Cross é o tipo de herói dedicado à família que adoramos, com uma generosidade e compaixão que compensam a crueldade e frieza dos vilões de James Patterson.» 
Publishers Weekly
Ler mais »

Novidades

"A Célula Adormecida" de Nuno Nepomuceno | TopBooks

13:30

P.V.P.: 17,09 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 592

Sobre a obra:
Assim queira Deus, o Califado foi estabelecido e iremos invadir-vos como vocês nos invadiram. Iremos capturar as vossas mulheres como vocês capturaram as nossas mulheres. Vamos deixar os vossos filhos órfãos como vocês deixaram órfãos os nossos filhos.»
Daesh, o autoproclamado Estado Islâmico, 2014.

Em plena noite eleitoral, o novo primeiro-ministro português é encontrado morto. Ao mesmo tempo, em Istambul, na Turquia, uma reputada jornalista vive uma experiência transcendente. E em Lisboa, o pânico instala-se quando um autocarro é feito refém no centro da cidade. O autoproclamado Estado Islâmico reivindica o ataque e mostra toda a sua força com uma mensagem arrepiante.
O país desperta para o terror e o medo cresce na sociedade. Um grande evento de dimensão mundial aproxima-se e há claros indícios de que uma célula terrorista se encontra entre nós. Todas as pistas são importantes para o SIS, sobretudo, quando Afonso Catalão, um conhecido especialista em Ciência Política e Estudos Orientais, é implicado.
De antecedentes obscuros, o professor vê-se subitamente envolvido numa estranha sucessão de acontecimentos. E eis que uma modesta família muçulmana refugiada em Portugal surge em cena.
A luta contra o tempo começa e a Afonso só é dada uma hipótese para se ilibar: confrontar o passado e reviver o amor por uma mulher que já antes o conduziu ao limiar da própria destruição.

Com uma escrita elegante e o seu já tão característico estilo intimista e sofisticado, inspirado em acontecimentos verídicos, Nuno Nepomuceno dá-nos a conhecer A Célula Adormecida. Passado durante os 30 dias do mês do Ramadão, este é um romance contemporâneo, onde ficção e realidade se confundem num estranho mundo novo e aterrador que a todos nos perturba. Um thriller psicológico de leitura compulsiva, inquietante, negro e inquestionavelmente atual.
Sobre autor:
Nuno Nepomuceno nasceu em 1978, nas Caldas da Rainha. É licenciado em Matemática pela Universidade do Algarve e reside na região Oeste.
Em 2012, venceu o Prémio Literário Note! com O Espião Português, o seu primeiro romance.
Para mais informações, por favor consultar www.nunonepomuceno.com.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Matéria Escura" de Blake Crouch | Suma de Letras

12:03

P.V.P.: 17,55 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 424

Sobre a obra:
Será que aquilo que vemos é de facto real?

"Estás satisfeito com a tua vida?" Estas são as últimas palavras que Jason Dessen ouve antes de ser deixado inconsciente por um homem mascarado. Quando desperta, está amarrado a uma maca, cercado por estranhos, e um desconhecido sorri-lhe, dizendo: "Bem-vindo de volta, meu amigo."
Neste mundo para o qual acaba de acordar, a vida de Jason não é a que conhece. A sua mulher não é a sua mulher. O seu filho nunca nasceu. E Jason não é um simples professor de física, mas um génio famoso que conseguiu algo verdadeiramente notável, algo impossível.
Qual dos dois mundos é um sonho? E mesmo que a casa de que ele se lembra seja real, como pode Jason voltar para a família que ama? As respostas estão numa viagem maravilhosa e assustadora, que irá forçá-lo a enfrentar o seu lado mais obscuro, enquanto luta contra um inimigo terrível, aparentemente imbatível.

Um thriller de ficção científica com um argumento brilhante, implacavelmente surpreendente, do autor de Wayward Pines, sobre escolhas, caminhos não percorridos, e quão longe somos capazes de ir para reivindicar a vida com que sonhamos.
Sobre autor:
Blake Crouch, um dos novos escritores-estrela de thrillers americano, nasceu na Carolina do Norte em 1978. Licenciou-se em Inglês e Escrita Criativa e cinco anos depois já tinha editado dois romances. Desde então publicou mais oito romances, além de novelas, contos e artigos. Muitas das suas obras foram compradas para adaptação ao cinema, nomeadamente o último romance que será transposto ao grande ecrã e publicado pela Suma de Letras.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Os Hóspedes" de Sarah Waters | Bizâncio

15:30

P.V.P.: 16,65 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 528

Sobre a obra:
1922. Londres vive dias de tensão. Os ex-militares estão desiludidos, os desempregados exigem mudança. E numa casa de gente bem-nascida no sul da cidade, cujos habitantes ainda não recuperaram das perdas devastadoras da Primeira Guerra Mundial, a vida está prestes a modificar-se.
A senhora Wray, viúva, e a sua filha Frances - uma mulher com um passado interessante a caminho de se tornar uma solteirona - vêem-se obrigadas a alugar quartos.
A chegada de Lilian e Leonard Barber, um jovem casal da «classe média» traz uma série de perturbações: a música do gramofone, o colorido, o divertimento. As portas abertas permitem a Frances conhecer os hábitos dos recém-chegados e tanto a escadaria como o patamar nunca lhe pareceram tão animados.
À medida que ela e Lilian são empurradas para uma amizade inesperada, as lealdades começam a mudar. Confessam-se segredos, admitem-se desejos perigosos; a mais vulgar das vidas pode explodir de paixão e drama.
Vivendo um affair secreto, as duas amantes são envolvidas num acto de violência e crime, que dá a Os Hóspedes o mistério e suspense, tão característico de Sarah Waters.
Sobre autor:
Nasceu no País de Gales em 1966 e é doutorada em Literatura Inglesa. Em 1998 recebeu o prémio New London Writers. Em 2000 recebeu o prémio do Sunday Times para jovens escritores e o prémio Somerset Maugham, ambos por Af inidade. O romance Falsas Aparências foi ainda finalista do Booker Prize. Foi considerada pela prestigiada revista Granta uma das 20 jovens escritoras britânicas mais promissoras.
Venceu o Betty Trask Award, o Somerset Maugham Award e esteve duas vezes entre os finalistas do prémio Mail on Sunday/John Llewellyn Rhys Prize. As suas obras Falsas Aparências e O Vigi lante foram ambas finalistas do Man Booker Prize e do Orange Prize, tendo Falsas Aparências conquistado também o CWA Ellis Peters Dagger Award para Romances Históricos Policiais e o South Bank Show Award para Literatura. As obras Toque de Veludo, Afinidade e Falsas Aparências foram adaptadas para televisão. Vive em Londres.
Imprensa:
«Absolutamente brilhante»
Jaqueline Wilson, The New York Times

«Um melodrama compulsivo e um retrato fascinante de Londres à beira de uma grande mudança»
Guardian

«Este romance confirma de forma magnífica o estatuto [de Sarah Waters] de insuperável autora de crónicas ficcionais sobre eras desaparecidas e vidas ocultas»
Sunday Times, Romance de Ficção do Ano

«Sarah Waters é simplesmente uma das nossas maiores escritoras»
Joanna Briscoe, Sunday Express

«Mais um romance que se lê de um só fôlego… [Fui] irremediavelmente atraída pela forma magnética como esta história é contada»
Tracy Chevalier, Observer

«Sumptuoso… A escrita é exemplar. Um deleite em todos os aspetos. Waters é brilhante»
The Times

«A prosa compulsiva de Waters esconde uma grande subtileza. Com uma sensibilidade perspicaz às matizes sociais, ela prende a nossa atenção. De uma romancista nomeada para o Booker três vezes, esta é uma obra vencedora»
Intelligent Life (Economist)

«Narra-nos uma pungente história de amor que simbolicamente vê na morte da velha ordem a morte do marido à moda antiga e talvez o nascimento de uma era de amor sem segredos»
Independent
Ler mais »

Novidades

"O Homem do Gelo" de John Sandford | Marcador

14:27

P.V.P.: 16,65 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 352

Sobre a obra:
É inverno nos bosques remotos e escuros do Wisconsin. Masos arrepios sentidos pelo xerife local nada têm que ver com o frio da estação. A extravagância do crime que tem em mãos é nova para ele: um homem, uma mulher, uma criança, assassinadoscom um machete; e as cinzas da casa queimada espalham-se sobre o gelo e a neve. Em desespero, o xerife recorreà ajuda de Lucas Davenport, um agente policial introvertidoque tem uma cabana nas redondezas. Davenport aceita o convitecom relutância, mas não tardará a ter motivos para lamentartal decisão. Ao perscrutar as cinzas do caso, emergemoutros crimes chocantes. 

Torna-se claro que o mal anda à soltanaqueles bosques, um mal que lhe é estranho mas que está, aomesmo tempo, mais perto do que ele imagina. O Homem do Gelo é o inimigo mais determinado que LucasDavenport alguma vez enfrentou -um serial killer decididoa cobrir com sangue o seu trilho implacável. Neste romance decortar a respiração, o escritor John Sandford volta a criar um suspense quase insuportável, enquanto aguardamos pelo ataqueda faca afiada do Homem do Gelo. É inverno nos bosques remotos e escuros do Wisconsin. Masos arrepios sentidos pelo xerife local nada têm que ver com o frio da estação. 

A extravagância do crime que tem em mão sé nova para ele: um homem, uma mulher, uma criança, assassinadoscom um machete; e as cinzas da casa queimada espalham-se sobre o gelo e a neve. Em desespero, o xerife recorre à ajuda de Lucas Davenport, um agente policial introvertido que tem uma cabana nas redondezas. Davenport aceita o convite com relutância, mas não tardará a ter motivos para lamentar tal decisão. Ao perscrutar as cinzas do caso, emergem outros crimes chocantes. Torna-se claro que o mal anda à solta naqueles bosques, um mal que lhe é estranho mas que está, ao mesmo tempo, mais perto do que ele imagina. O Homem do Gelo é o inimigo mais determinado que Lucas Davenport alguma vez enfrentou - um serial killer decididoa cobrir com sangue o seu trilho implacável. Neste romance decortar a respiração, o escritor John Sandford volta a criar umsuspense quase insuportável, enquanto aguardamos pelo ataqueda faca afiada do Homem do Gelo
Sobre autor:
John Sandford John SandfordJohn Sandford John Sandford nasceu com o nome John Camp em 24 de Fevereiro de 1944, em Cedar Rapids, no Iowa. Frequentou escolas públicas de Cedar Rapids e concluiu o liceu na Washington High School em 1962. Esteve no exército dos EUA entre 1966 e 1968, trabalhou como repórter no Cape Girardeau Southeast Missourian entre 1968 e 1970, e regressou à Universidade do Iowa em 1970–1971, para tirar um mestrado em Jornalismo. Trabalhou como jornalista para o The Miami Herald entre 1971 e 1978, e depois para o St.Paul Pioneer-Press entre 1978 e 1990; em 1980 foi finalista do prémio Pulitzer, que veio a vencer em 1986 com uma série de reportagens sobre a crise agrícola no Midwest estadunidense. Escreve thrillers desde 1990. Também publicou dois livros de não-ficção, um sobre cirurgia plástica e outro sobre arte. É o principal nanciador de um grande projecto de arqueologia no vale do Jordão, em Israel, com sítio na Internet em www.rehov.org. Além da arqueologia, interessa-se muito por arte (pintura) e fotografia. Também caça e pesca.
Imprensa:
-
Ler mais »

Novidades

"Oferenda à Tempestade" de Dolores Redondo | Editorial Planeta

16:00

P.V.P.: 18,86 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 488
O QUE SE DESTACA NESTA TRILOGIA
A protagonista, Amaia Salazar, uma inspectora da Polícia Foral, mulher forte, determinada e competente, chefia uma investigação macabra. Uma mulher independente mas ensombrada pelo passado.
A atmosfera misteriosa do vale de Baztán é a grande personagem de fundo.
A riqueza da descrição dos locais do crime, denota uma profunda investigação da autora.
A exploração da vida pessoal e segredos das personagens que a autora desenvolve de forma paralela no decorrer da investigação.
Os elementos místicos da história: a imprensa dá um nome ao perigoso assassino em série, Basajaun, uma vez que desaparece sem deixar rasto, e deixa os cadáveres de raparigas adolescentes em cenas macabras: afogadas com cordas, roupas rasgadas, pêlos púbicos rapados e as mãos dispostas em posição virginal.
A diferença: uma história poderosa onde o imaginário e a mitologia se entrecuzam na vida real.
Sobre a obra:
Já passou um mês desde que a inspectora da Policía Foral recuperou o filho e prendeu Berasategui. Contudo, apesar de tanto a Guardia Civil como o juiz Markina darem Rosario como morta, Amaia sente que não está livre de perigo, um desassossego que só Jonan compreende.
A morte súbita de uma menina em Elizondo é suspeita: o bebé apresenta marcas avermelhadas no rosto que indicam que existiu pressão digital e o pai da criança tenta roubar o cadáver.
A bisavó da pequenita defende que a tragédia é obra de Inguma, o demónio que imobiliza os que dormem, que lhes bebe a respiração e lhes arrebata a vida durante o sono.
No entanto, serão as análises forenses do doutor San Martín que convencem Amaia Salazar a investigar outras mortes de bebés, que depressa revelarão um rasto inaudito no vale.
Berasategui morre, de forma inexplicável na cela, o que desencadeia uma trepidante investigação que levará Amaia à verdadeira origem dos acontecimentos que assolam o vale de Baztán. E entretanto, vinda do bosque, uma impressionante tempestade chega para sepultar a mais demolidora verdade.
Sobre autor:
Nasceu em Donostia-San Sebastián em 1969. O Guardião Invisível, o primeiro romance da Trilogia do Baztán, granjeou-lhe o entusiasmo de editores de inúmeros países e hoje são já 23 as chancelas editoriais que publicaram a obra em todo o mundo.
Foi aclamada pela crítica como uma das propostas mais originais e contundentes do thriller em Espanha, e está programada a versão cinematográfica pela mão dos produtores da trilogia Millennium.
Imprensa:
«Três romances policiais de alto nível, com uma protagonista fascinante e um belíssimo olhar sobre a mitologia basca»
Isabel Allende

«Dolores Redondo inova como poucos escritores conseguem num tempo tão saturado de livros policiais.»
João Céu e Silva, Diário de Notícias

«Legado nos Ossos segue a estrela de O Guardião Invisível, mas é um romance de maior maturidade, com mais interesse do que o anterior.» 
El Correo Español 

«Mito e realidade misturam-se neste sofisticado e acutilante thriller. Todos os esqueletos batem às portas para serem libertados e são-no nesta enérgica, fascinante e cativante história.»
Steve Berry, autor best-seller do The New York Times

«O pano de fundo basco dá a este thriller uma força especialmente intrigante de profundidade; as superstições e mitologias desde os dias da Inquisição espanhola penetram no mistério de tal forma que o leitor se sente transportado.»
Library Journal
Ler mais »

Novidades

"Harry Potter e a Criança Amaldiçoada Partes Um e Dois" de J. K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne | Editorial Presença

14:42

P.V.P.: 17,91 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 368

Sobre a obra:
A oitava história. Dezanove anos depois.
Baseada numa história original de J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne, HARRY POTTER E A CRIANÇA AMALDIÇOADA - a nova peça de teatro de Jack Torne -, cuja estreia mundial decorreu no West End em Londres no passado dia 30 de Julho, é a primeira história oficial de Harry Potter a ser apresentada em versão teatral.
Foi sempre difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele se tornou num muito atarefado funcionário do Ministério da Magia, casado e pai de três crianças em idade escolar.
Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar para trás, o seu filho mais novo, Albus, tem de se debater com o peso de um legado familiar que nunca desejou. Quando o passado e o presente se cruzam, pai e filho confrontam-se com uma desconfortável verdade: por vezes as trevas vêm de lugares inesperados.
Sobre autor:
 J. K. Rowling é a autora da série bestseller Harry Potter, com sete livros publicados entre 1997 e 2007, que venderam mais de 450 milhões de exemplares em todo o mundo, em mais de 200 países, traduzidos para 74 línguas e que deram origem a oito grandes produções cinematográficas. A autora foi homenageada com diversos galardões, incluindo a Order of the British Empire por serviços prestados à literatura infantojuvenil, o Prémio Príncipe das Astúrias para a Concórdia, a Legião de Honra Francesa e o Prémio Hans Christian Andersen. Apoia um vasto número de causas de solidariedade social e é fundadora da Lumos, uma organização que tem como objetivo a criação de melhores condições de vida para as crianças desfavorecidas.
Imprensa:
«Anna Todd é o maior fenómeno literário da sua geração.» 
Cosmopolitan
Ler mais »

Novidades

"A Carreira do Mal" de Robert Galbraith | Editorial Presença

10:00

P.V.P.: 19,71 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 528

Sobre a obra:
Quando recebe um misterioso embrulho, Robin Ellacott fica horrorizada ao descobrir que lá dentro se encontra a perna de uma mulher. 

O seu chefe, o detetive privado Cormoran Strike, mostra-se menos surpreendido mas está igualmente alarmado. Strike calcula que quatro pessoas do seu passado possam ser os responsáveis ? e sabe que qualquer uma delas é capaz de semelhante brutalidade.

Com a polícia concentrada num suspeito que Strike considera não ser o culpado, este e Robin decidem investigar os mundos sombrios e retorcidos dos restantes três suspeitos. No entanto, à medida que se desenrolam mais acontecimentos macabros, o tempo esgota-se…

A Carreira do Mal é o terceiro livro da aclamada série policial protagonizada por Cormoran Strike. Com um enredo intrincado e complexo, repleto de desenvolvimentos inesperados, esta é também uma história comovente de um homem e de uma mulher que se deparam com uma encruzilhada pessoal e profissional. Não será capaz de largar este livro.

Os livros de Robert Galbraith vão ser adaptados para uma série da BBC One.
Sobre autor:
Robert Galbraith é o pseudónimo de J.K. Rowling, autora bestseller da série juvenil Harry Potter e do romance Uma Morte Súbita. A Carreira do Mal é o terceiro livro da largamente aclamada série policial que tem Cormoran Strike como protagonista. Quando o Cuco Chama foi publicado em 2013 e O Bicho-da-Seda em 2014.


Os livros de Robert Galbraith dedicados a Cormoran Strike serão adaptados para uma série da BBC One, produzida pela Brontë Film and Television.
Imprensa:
«Uma leitura empolgante que o manterá acordado toda a noite.» 
Observer

«Um thriller inteligente e viciante.» 
Sunday Mirror

«Esperemos que o sarcástico Cormoran Strike esteja para durar.» 
The Independent
Ler mais »

Follow on Facebook