BIS | "O Quarteto de Alexandria - Mountolive" de Lawrence Durrell

18:30

P.V.P.: 6,75 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 336

Sobre a obra:
Os quatro romances que compõem O Quarteto de Alexandria - Justine, Balthazar, Mountolive e Clea - exploram a sociedade daquela cidade poliglota e cosmopolita, repleta de intrigas, mistério e sensualidade, retomando genericamente uma mesma história sob diferentes pontos de vista, acrescentando e refazendo pormenores e situações.


Em Mountolive, o terceiro livro da tetralogia, o autor apresenta os acontecimentos narrados em Justine e Balthazar sob uma nova perspetiva. A guerra faz a sua aparição e a trama gira agora em torno do embaixador britânico, David Mountolive, tendo como ponto de partida as recordações da sua paixão por Leila, a mãe de Nessim. Darley regressa a Alexandria a pedido de Nessim, levando a menina para que o pai e Justine a conheçam. 

Sobre autor:
Lawrence Durrell (1912-1990) foi um dos mais célebres romancistas ingleses do final do século XX. Nascido na Índia, frequentou o Colégio dos Jesuítas em Darjeeling e a St Edmund's School, em Canterbury. O seu primeiro trabalho literário, The Black Book, surgiu em Paris, em 1938. A primeira coletânea de poemas, A Private Country, foi publicada em 1943, seguida pela trilogia Island: Prospero's Cell, Reflections on a Marine Venus, about Rhodes e Bitter Lemons, o seu relato da vida em Chipre. A sua estada no Egito entre 1942 e 1945, durante a guerra, conduziu-o à sua obra-prima, O Quarteto de Alexandria, uma evocação sensual e brilhante de Alexandria no tempo da guerra, obra que completou no Sul de França, onde se instalou definitivamente em 1957. Publicou ainda O Quinteto de Avinhão, entre 1974 e 1985.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter