Circulo de Leitores | Temas e Debates | "O Jardineiro e o Carpinteiro" de Alison Gopnik

21:30

P.V.P.: 16,92 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 304

O que a nova ciência do desenvolvimento infantil nos diz sobre a relação entre pais e filhos.

Baseando-se no estudo da evolução humana e na sua própria investigação científica da aprendizagem, a autora, uma das maiores especialistas mundiais em psicologia infantil, mostra que, embora os cuidados infantis sejam muitíssimo importantes, o seu objetivo não deve ser formatar as crianças segundo determinados padrões.

Sobre a obra:
Cuidar dos nossos filhos é parte daquilo que nos torna humanos. Porém, aquilo a que chamamos parentalidade é uma invenção recente.
Nos últimos trinta anos, o conceito de parentalidade e a indústria multimilionária que o rodeia transformaram os cuidados infantis numa atividade obsessiva, controladora e com metas, que pretende criar uma determinado tipo de criança e, por conseguinte, um determinado tipo de adulto. Neste livro, a psicóloga Alison Gopnik argumenta que a imagem habitual de pais e filhos no século XXI é profundamente errada – não só se baseia numa pseudociência, mas também é má para as crianças e para os adultos. A parentalidade não faz as crianças aprender – em vez disso, os progenitores empenhados deixam que as crianças aprendam, rodeando-as de um ambiente seguro e carinhoso.

Sobre autor:
Alison Gopnik, professora de Psicologia e professora associada de Filosofia na Universidade da Califórnia, em Berkeley, é uma das maiores especialistas mundiais no estudo da aprendizagem e do desenvolvimento infantil, tendo sido a primeira a defender que as mentes das crianças nos podem ajudar a compreender questões filosóficas profundas. É uma das criadoras da teoria da mente, que esclarece como as crianças compreendem as mentes dos outros. Escreveu Words, thoughts and theories, The Scientist in the Crib e O Bebé Filósofo.

Imprensa:
«Que alívio encontrar um livro que é contra a prática dos pais helicóptero, tão comum atualmente… Não apenas descarta o mito de que existe um só modelo correto para uma boa parentalidade, mas também sustenta as suas propostas com exemplos reais e resultados da sua investigação. Inspirador para todos os pais, pode levá-los a repensar as suas estratégias educativas.» 
Publishers Weekly

«Uma abordagem que se destina a ajudar as crianças a encontrar um caminho próprio. Descreve uma grande variedade de experiências que mostram que as crianças aprendem menos por meio do ensino consciente e deliberado do que pela observação, audição e imitação.» 
Nature

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook