Edições ASA | "A Primeira Estrela da Noite" de Nadia Ghulam e Javier Diéguez

19:30

P.V.P.: 13,95 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 280

A vida das mulheres afegãs. Um relato de coragem e fé.

Sobre a obra:
Nadia tinha apenas 8 anos quando o seu único irmão homem morreu. A sua vida nunca mais seria a mesma. Porque o regime talibã proíbe as mulheres de trabalhar, ela foi forçada a assumir a identidade dele para poder sustentar a família. Trabalhou no campo, na construção e numa oficina de bicicletas. Era ainda uma menina… A sua sorte mudou aos 21 anos, quando encontrou um verdadeiro lar em Espanha. Foi aí que - pela primeira vez - conheceu a doçura da liberdade.



Mas, segundo a corajosa Nadia, a sua história não é nada quando comparada com a das mulheres da sua família, a quem quer dar finalmente voz. 

Pois foi ao regressar ao Afeganistão que Nadia começou a desvendar a história oculta das mulheres com quem sempre viveu. E foi surpreendida pela sua própria mãe - analfabeta, mas de uma sabedoria sem limites. E pela prima Mersal, a pessoa mais solidária que conhece. E não ficou por aí. As mulheres da sua família podiam ser todas as mulheres: altruístas, sábias, secretamente subversivas, corajosas perante as muitas adversidades que enfrentam no dia a dia.

Deixe-se surpreender e envolver por esta viagem de descoberta: da família, das raízes, do coração… Um tributo emocionante às mulheres do Afeganistão.


Sobre autor:
Javier Diéguez Suárez é um escritor e historiador catalão, que escreve essencialmente textos de política e relações internacionais. A Primeira Estrela da Noite é o seu primeiro livro.

Nadia Ghulam nasceu em Cabul em 1985. Viveu na pele as consequências de uma guerra civil, passou fome, trabalhou disfarçada de homem em pleno regime talibã, e acabou por ser socorrida por uma ONG, que a ajudou a mudar-se para a Catalunha, onde vive em liberdade. Em 2010, escreveu com Agnès Rotger o livro Em Carne Viva, também publicado pela ASA. Nadia tenciona formar-se para poder ser uma ajuda para o seu país.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook