Marcador | Opinião - "Ser Blogger" de Sandra Alvarez e Carolina Afonso

20:00


mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
Ser Blogger, livro de Carolina Afonso e Sandra Alvarez, chega-nos numa altura em que cada vez mais utilizadores da internet decidem ter o seu próprio espaço online, blog ou não, mas são cada vez mais, e os blogs lideram. O livro apresenta-se com uma capa simpática, alusiva ao mundo dos blogs. Com uma capa muito clean, chama a atenção pela sua simpática cor (utilizada pelas criadoras no blog Influenciadores), comunicativa, social e harmoniosa, usando apenas 3 tipos de font e o que torna tudo graficamente engraçado e convidativo, tal como o interior. 
As autoras, profissionais da área do marketing, criaram um livro, essencial, dividido em 6 capítulos, com a seguinte ordem: Posso Ser Blogger?; Planear; Criar o Design do Blog; Comunicar e Fazer Crescer o Blog; Rentabilizar o Blog; Analisar o Blog. 



Através destes capítulos, abordam conceitos de o que é ser blogger e como o devemos ser; o planeamento com a visão de como devemos pensar e os objectivos a que nos propomos, bem definidos e organizados; a linguagem e escrita usada; a criação da marca do blog ou todo o design básico envolvido; como conseguir um crescimento e atingir o nosso público; até à análise e rentabilização do mesmo.
Tudo que nos transmitem são dicas muito úteis, muito motivadoras, e com os exemplos que dão, acredito que vão despertar o bichinho escondido de muita gente ter um blog. 

Aos que já têm blogs ou sites que gostem de partilhar conteúdo, podem encontrar ferramentas que vos vão ajudar, mesmo não assumindo ou querendo descartar a hipótese de…, aqui há detalhes que nos escapam e nos ajudam até a ver as coisas de outra forma. Há também alguns elementos que mencionam que já estão ultrapassados, mas vou assumir que o livro tem vindo a ser fruto de um trabalho de vários anos e não do último nem do presente ano.

No meu caso, quando planeei em 2010, falhei, e neste livro encontrei a prova disso mesmo. 
Outro ponto que na altura conhecia e não dei importância que é aqui referido, é o SiteMeter, mas agora também já não funciona correctamente deste 2014, contudo as autoras recomendam outra ferramenta que é o Blogs de Portugal. Esta ferramenta, a meu ver e mais uma vez usando o meu exemplo, não é fiável, como prova disso ele considera sempre 5% a 10% apenas das visitas que realmente tenho diariamente no blog (Blogs Portugal vs. Google Analytics). Já reportei e mesmo assim de nada importa para eles.

As dicas de design são importantes, o meu blog não era exemplo disso, porque era feio, tal como muitos que também o são e seria algo que deveriam mudar. 

Não concordei, ou pelo menos não vi o fundamente de num blog da google / wordpress / sapo existir um domínio à parte pago. Porquê?  Sinceramente não entendi. Entendo e apoio a compra do domínio, mas não a compra de alojamento, ou mesmo do registo da marca, até porque são pelo menos 100€ e uns trocos e não há necessidade de tal.

Fica aqui o conselho para não se iludirem, porque a palavra rentabilizar na capa pode despertar muito interesse, e um blog não fácil de rentabilizar, como exemplo dou o meu caso, que não tenho qualquer rendimento monetário através do blog e já lá vão 7 anos. Ok… ninguém quer apostar num blog destes. No news people!!!

Para terminar que já vai longo, tive mesmo pena ler o livro e ver que apesar do elemento em que trabalharam até o verem publicado, ter sido um livro, e existindo centenas de blogs sobre livros em Portugal, não há um único exemplo deste tipo de blogs presente no livro. Ficaram-se pelos lifestyles, moda, tech, culinária. Este foram e continuam a ser o foco de todo a gente, e neste sim se criarem e for uma coisa bem feita, poderão ter algum rendimento, e para isso terão de abdicar de muito tempinho pessoal. Um blog não é um estalar de dedos, nem ocupa 5min por dia, se querem ter algo bom podem ocupar horas ou até ter uma equipa convosco, mas no fim… acreditem, vale mesmo a pena! 

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter