Temas e Debates | "Apanhados pela Revolução - Petrogrado 1917" de Helen Rappaport

20:00

P.V.P.: 19,98 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 472


Sobre a obra:
A história de uma revolução que abalou o mundo, contada segundo uma perspetiva inteiramente nova - a dos cidadãos estrangeiros que se encontravam em Petrogrado nos dias de 1917 em que a história era feita nas ruas. Entre a primeira revolução em fevereiro de 1917 e o golpe bolchevique de Lenine em outubro, Petrogrado (a antiga Sampetersburgo) só conheceu turbulência. Os visitantes estrangeiros que enchiam hotéis, bares e embaixadas estavam cientes do caos que os rodeava. Entre eles encontravam-se jornalistas, diplomatas, homens de negócios, governantas e enfermeiras voluntárias. 



Muitos deles mantiveram diários e escreveram cartas para casa: da enfermeira inglesa que sobrevivera ao naufrágio do Titanic, passando pelo criado negro do embaixador norte-americano, até à dirigente sufragista Emmeline Pankhurst, que fora a Petrogrado para conhecer o indomável «batalhão da morte» feminino. Baseando-se nos testemunhos dos cidadãos estrangeiros que assistiram ao desenrolar do drama, Helen Rappaport conduz-nos ao próprio cerne da ação - para vermos, sentirmos e ouvirmos a Revolução, tal como aconteceu.


Sobre autor:
Helen Rappaport é a autora de No Place for Ladies: The Untold Story of Women in the Crimean War, bem como de obras bibliográficas de referência sobre Estaline, a rainha Vitória e reformadoras sociais. Fala fluentemente russo, sendo especialista em História Russa e em história das mulheres do século XIX.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook