Marcador | "As Bruxas" de Stacy Schiff

14:00

P.V.P.: 17,55 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 456


Sobre a obra:
O pânico começou no início de 1692, durante um inverno rigoroso como nenhum outro, em Massachusetts, quando a sobrinha de um pastor religioso começou subitamente a contorcer-se e a gritar.

A notícia espalhou-se rapidamente, deixando confusos até os homens mais esclarecidos e os políticos proeminentes da então colónia inglesa. Começaram as acusações perniciosas, entre vizinhos, maridos e mulheres, pais e filhos. Tudo acabaria apenas um ano mais tarde, mas a histeria resultara já no enforcamento de 19 homens e mulheres. 



Os julgamentos de Salem são um dos momentos em que as mulheres tiveram um papel central na história norte-americana. Com uma clareza devastadora, Schiff mostra-nos as tensões da vida colonial sob o puritanismo e obscurantismo religioso e dos inimigos invisíveis e inventados. 

As Bruxas é a história, verídica e fascinante, de um mistério primordial da história americana, aqui revelado com uma extraordinária atenção ao detalhe e a prosa empolgante de uma historiadora bestseller, vencedora do Prémio Pulitzer e aclamada pelo público.


Sobre autor:
Stacy Schiff é a autora de Véra (Mrs. Vladimir Nabokov), livro com que venceu o Prémio Pulitzer, Saint-Exupéry, com o qual foi finalista do Prémio Pulitzer, e A Great Improvisation: Franklin, France, and the Birth of America, que lhe garantiu o George Washington Book Prize e o Ambassador Book Award. Foi bolseira da Guggenheim Foundation, do National Endowment for the Humanities e do Center for Scholars and Writers da New York Public Library. A American Academy of Arts and Letters atribuiu-lhe um Academy Award in Literature. Stacy Schiff vive em Nova Iorque.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter