Elsinore | "Os Não-Europeus Pensam?" de Hamid Dabashi

14:00

P.V.P.: 17,99 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 368


Sobre a obra:
Kojin Karatani, Roberto Fernandez Retamar, Cornell West — reconhece algum destes nomes? Não? É natural, infelizmente.

A Filosofia diz ser a busca do conhecimento, solta de quaisquer constrangimentos. No entanto, até a análise mais superficial revela que, sempre que se coloca um pé fora da tradição europeia, existe um preconceito enraizado nas suas fundações — por exemplo: enquanto a filosofia europeia é, simplesmente, conhecida como «filosofia», a filosofia africana é, não raras vezes, referida como «etnofilosofia». A tradição filosófica europeia, pura e simplesmente, não se mostra capaz de assumir o vasto contributo de pensamento original que floresceu fora do pedigree do seu território.


Neste ensaio, Hamid Dabashi reúne um conjunto único e lúcido de reflexões sobre a atualidade e o papel que a Filosofia desempenha na análise da mesma, defendendo que o único modo de lidarmos com os problemas com que a Humanidade se depara é eliminando esse olhar etnográfico limitado, deixando de encarar os pensadores não-europeus como meros subordinados.

Sobre autor:
Hamid Dabashi é professor de Estudos Iranianos e Literatura Comparada na Universidade de Columbia, em Nova Iorque. Nascido no Irão, em 1951, doutorou-se em Sociologia da Cultura e Estudos Islâmicos na Universidade de Pensilvânia, em 1984, seguindo-se o pós-doutoramento na Universidade de Harvard. Escreve regularmente para meios de comunicação social como o The New York Times, Al-Ahram ou CNN.

Imprensa:
«Estes ensaios são vigorosos, astutos, provocadores e acertam em cheio. Finalmente reunidos num só volume, tornam-se uma reflexão poderosa sobre o que significa viver num mundo pós-colonial.»
Souleymane Bachir Diagne, Universidade de Columbia

«O grande choque de civilizações e ideologias [entre o Islão e o Ocidente] será, cada vez mais, algo a ser pensado na História ocidental, com Dabashi na linha da frente dos escritores e intelectuais focados no tema.»
The Guardian

«Um dos mais importantes críticos culturais.»
Washington Post

«Espetacular, importante e incisivo. O trabalho de Dabashi é crucial para os nossos tempos.»
Zillah Eisenstein, Ithaca College

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter