Topseller | Opinião - "Escrito na Água" de Paula Hawkins

11:14


mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
Paula Hawkins estreou-se no ano de 2015 com o seu primeiro Thriller “ Girl on the Train - A Rapariga no Comboio”. Um livro que em poucos meses conquistou todos os leitores e uma empresa cinematográfica. No ano seguinte estávamos todos na sala de cinema para assistir à belíssima representação de Emily Blunt no papel de Rachel a mulher alcoólatra que vivia obcecada pela sua vida passada.
Este ano Paula Hawkins apresenta na sua página o seu segundo trabalho “Into the Water” que viria a ser publicado a 2 de Maio. Para nossa grande surpresa a editora Topseller decidiu presentear os seus leitores com o título “Escrito na Água” e com o lançamento para o mesmo dia.

Opinião:



No ano passado decidi que iria sair da minha zona de conforto a nível literário e lançar-me nos Thrillers pela primeira vez. Comecei pela “A Rapariga no Comboio” que estava a fazer um enorme sucesso entre os leitores. Quando o terminei fiquei encantada com os Thrillers, apesar de ter achado naquela altura que a escritora se centrava muito no mesmo espaço tornando o livro um pouco monótono.
Quando saiu “Escrito na Água” deixei a leitura que tinha em mãos e dediquei-me a este novo Thriller da escritora. Que leitura fantástica. O início para mim foi lento e um pouco confuso, mas mesmo assim senti que ao colocar mais personagens nesta história a escritora tornou-o mais completo em relação ao seu trabalho anterior. Este Thriller ficou mais viciante a cada capitulo que deixávamos para trás.
Paula Hawkins trouxe a este novo livro assuntos da actualidade, a falta de acompanhamento de uma mãe para um filho, a liberdade excessiva que um adolescente tem nos dias de hoje, a depressão em que uma pessoa traumatizada pode viver entre outros.
Estava com receio que a escritora continuasse com os mesmos parâmetros de escrita, mas por incrível que pareça conseguiu colocar mais espaços, personagens e assuntos.
Este livro é uma das melhores leituras que podemos fazer este verão, seja numa praia, numa esplanada ou num jardim.
Uma leitura espectacular que fiz este ano e espero que a autora nos traga mais um novo livro para o próximo ano.

Descrição do livro:

Nel Abbott vivia obcecada com o rio que atravessava a sua pequena vila e o pelo mistério das mortes que por lá aconteceram ao longo do tempo. Quando a filha Lena perde a melhor amiga Katie no poço das afogadas Nel motivada por uma história que a sua mãe contava sobre a morte de uma rapariga chamada Libby em 1963, decide começar a investigar a morte de Katie e Lauren duas vítimas para poder obter mais respostas. Infelizmente não consegue terminar a investigação porque acaba também por morrer.

Jules Abbott, irmã de Nel, é contactada pelo departamento policial a informa-la que a sua irmã suicidou-se no rio que atravessava a pequena vila onde cresceu.
Depois de um telefonema sinistro que a sua irmã lhe fez dias antes da sua morte, Jules está determinada em desvendar se a sua irmã se suicidou. Desloca-se para a sua vila natal para encontrar as respostas que procura.
Terá sido um pedido de ajuda que Nel lhe fizera quando a tentou contactar e ela não atendeu? Será que a morte de Nel foi um suicídio ou um homicídio? Conseguirá Jules ultrapassar todos os fantasmas do passado?
Um Thriller bastante empolgante que lhe dará todas as respostas sobre a história de duas irmãs que se separaram por desavenças no passado.


por Vanessa Silva Martins - acompanhe no GoodReads

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook