Dom Quixote | "Os Contos" de Giuseppe Tomasi di Lampedusa

15:00

P.V.P.: 13,95 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 256


Sobre a obra:
O presente volume reúne os quatro únicos contos do legado literário de Lampedusa: um texto de carácter autobiográfico, recordações de infância, e três histórias, A alegria e a lei, A sereia e Os gatinhos cegos.



Escritas no verão de 1955, Recordações de infância, como Gioacchino Lanza Tomasi explica na introdução, «revelam também o laboratório do escritor na fase da sua obra-prima». 
Seguem-se-lhe A alegria e a lei, uma alegoria natalícia perfeita no tom e na dimensão, e A sereia, o conto mais famoso da colectânea, escrito após uma viagem ao longo da costa sul da Sicília.

No coração desta fábula, no limite entre o real e o surreal, destaca-se uma formidável personagem: o antigo professor La Ciura, que em jovem conheceu o amor da Sereia, jamais conseguindo desfrutar de outro. 
O livro encerra com Os gatinhos cegos, que é dos três contos o mais próximo de O Leopardo, embora tenha nascido como primeiro capítulo de um novo romance, do qual manteve o título.

Sobre autor:
Giuseppe Tomasi di Lampedusa, duque de Palma e príncipe de Lampedusa, nasceu em Palermo, em dezembro de 1896, e faleceu em Roma, em julho de 1957. Dedicou-se à escrita apenas nos últimos anos da sua vida, no tranquilo isolamento da sua propriedade, sem contacto com o meio literário. O Leopardo, a sua obra-prima, foi o único romance que escreveu. Inicialmente recusado por duas grandes casas editoriais italianas, viria a ser publicado um ano e meio após a morte de Lampedusa, tendo um sucesso imediato junto do público e da crítica, que o considerou uma das maiores obras literárias do século XX.

Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook