Elsinore | "O Que se Vê da Última Fila" de Neil Gaiman

20:00

P.V.P.: 17,99 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 336


Sobre a obra:
«Há aqui textos sobre coisas e pessoas que me dizem muito. Há também aqui um pouco da minha vida: tenho a tendência para escrever do ponto onde me encontro e isso significa que talvez ponha demasiado de mim naquilo que escrevo.»



Neil Gaiman é há muito conhecido do público pela sua imaginação sem limites e inteligência aguda. Neste apaixonante conjunto de ensaios, dá-se a conhecer como curioso e perspicaz observador da realidade, numa variedade de temas e argumentos que lhe são próximos, incluindo opiniões muito pessoais sobre arte e alguns artistas, literatura, cinema, viagens, sonhos, mitos e memórias.

Um livro que oferece uma visão íntima do pensamento e paixões de um dos autores mais influentes e originais do nosso tempo.

Sobre autor:
Neil Gaiman começou por trabalhar como jornalista freelancer até que em 1987 se tornou conhecido ao criar com Dave McKean a novela gráfica Violent Cases. Devido ao excelente acolhimento da obra, abandonou o jornalismo e em 1988 iniciou a publicação da série Sandman, que o transformou num autor de culto. A sua carreira tem sido extraordinariamente prolífica e a sua arte tem obtido um justo reconhecimento, quer do público quer da crítica, o que lhe valeu diversos prémios prestigiados. Alguns dos seus livros foram adaptados ao grande ecrã com grande sucesso, como é o caso de Coraline e a Porta Secreta e Stardust – O Mistério da Estrela Cadente, ambos já publicados pela Presença. Neverwhere - Na Terra do Nada, uma brilhante fantasia urbana, foi inspirada numa minissérie que escreveu para a BBC. A Presença publicou ainda, deste autor, Os Filhos de Anansi, Deuses Americanos, Bons Augúrios, em coautoria com Terry Prachett, A Estranha Vida de Nobody Owens e O Oceano no Fim do Caminho.

Imprensa:
«[Um] pensador, figura de culto e um barómetro para as várias tendências da ficção nos últimos vinte anos. Um livro inestimável e estimulante.»
NPR

«[Neil Gaiman] é cativante, pleno de entusiasmo e vontade de aprender mais sobre o mundo.»
The Guardian

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook