Opinião: "Eu, Maria Pia" de Diana de Cadaval

agosto 26, 2010


mais informação acerca do livro neste link

Opinião:
Este livro trata-se de um romance histórico contado em primeira pessoa, onde a autora – Diana de Cadaval – afirmou ter-se mantido fiel aos acontecimentos passados, datas, nomes, etc e ainda como referiu, o seu objectivo não foi criar a biografia da rainha, demonstrando assim um conhecimento bastante sólido sobre este assunto.
Na obra deparamo-nos com a transição de Dª Maria Pia, dos regimes de absolutismo para o da monarquia constitucional e posteriormente para a réplica, portanto trata-se de uma fase abrangida não só pela vida de luxos mas como de mudanças sucessivas.
Muito breve fica aqui um resumo, Maria Pia nasceu no ano de 1847, foi criada com todo o luxo. Ficou órfã de sua mãe muito jovem, seu pai, Rei Vitor Manuel, oferecia-lhes bons presentes, a Maria Pia e à sua irmã. Tendo a vida que todas desejariam, um verdadeira fonte de mimos, carinho e centro das atenções, criou nela uma personalidade forte e arrogante para os demais, contudo sonhava no casamento perfeito. Casou-se aos 15 anos, com D. Luís I, de 25 anos de idade, na altura Rei de Portugal, e que lhe dava afecto e o carinho por ela desejado. Maria Pia, em Portugal, ao contrário da sua personalidade anterior, foi-se apercebendo da miséria existente no país e surpreendeu com o seu coração de ouro, desconhecido até então, construindo instituições sociais e de apoio à população, o que lhe concedeu uma fama e sucesso que ainda duram nos dias de hoje.
Considerando este, um romance ficcionado, sob uma História de Portugal, gostei bastante de conhecer uma Rainha que de tanto nome tem em Portugal e que tanto fez por ele, tanto que o adorava que o livro termina com o seu último pedido que o seu filho D. Carlos percebe e volta para trás, rumo a Portugal, numa tentativa de satisfazer o desejo que sabe não lhe ser possível ser cumprido, o de ser sepultada junto ao seu marido.
É sem dúvida um trabalho excelente e uma obra de igual modo fantástica.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Também tenho muita curiosidade em ler algo sobre esta Rainha de Portugal!
    E depois da crítica ainda mais! :O :)

    ResponderEliminar

Follow on Facebook