Opinião: "A Floresta de Mãos e Dentes" de Carrie Ryan


Autor: Carrie Ryan
P.V.P.: 18,07 €
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-557-705-7
Nº de Páginas: 254
Dimensões: 156 x 236 mm
Colecção: 1001 Mundos
Editora: Edições Gailivro
“Inovador e excitante."
Publishers Weekly

“Viciante o suficiente para sugerir que os Zombies podem vir a ser os novos vampiros.”
The Times

Sobre a obra:
Mary sabe pouco sobre o passado ou sobre o porquê de no mundo existirem dois tipos de pessoas: os que residem na sua vila e os mortos-vivos do lado de fora da cerca, que vivem de devorar a carne dos vivos. As Irmãs protegem a Vila e promovem a continuidade da raça Humana. Depois de a sua mãe ser mordida e se juntar aos amaldiçoados, Mary é enviada às Irmãs para se preparar para o Casamento com o seu amigo Harry. Mas as cercas são quebradas e o mundo que Mary conhece desaparece para sempre. Mary, Harry, Travis, que Mary ama mas que está prometido à sua melhor amiga, o irmão de Mary, a sua mulher e um pequeno órfão partem rumo ao desconhecido em busca de um lugar seguro, respostas às suas perguntas e uma razão para continuar a viver.

Opinião:
Este livro conta-nos a história de Mary, uma rapariga que cresceu numa aldeia fechada do mundo, onde apenas tinham como regra a procriação e formação interna à cerca que vedava a aldeia, que os protegia da Floresta de Mãos e Dentes. Contudo, Mary, cresceu a ouvir história de sua mãe, que lhe contava que para além da cerca que os rodeava existia um mundo por descobrir, existia mar, e esta cresce na esperança de descobrir se isso seria ou não verdade. É este o fio condutor desta obra.
A história, começa com Mary a perder a sua mãe, que parte e começa a fazer parte da Floresta de Mãos e Dentes, onde o seu pai já lá pertencia, devido a ser infectada. Mary, é levada e culpada pelo irmão Jed, pela infecção de sua mãe, para a Catedral da aldeia, onde fica a cargo da irmã Tabitha para ser convertida numa irmã também. Estas são as que guardam uma data de segredos desde o Regresso e os mantêm em segredo dos demais habitantes.
Durante a sua estadia o seu amigo Travis, irmão de Harry, por quem terá afinidade e criará ao longo da história em casa o amor de cada um por si, e se questionará como seria se tivesse ficado com um ou com o outro, dá entrada para tratamento pelas irmãs devidos a ferimentos que este apresenta, durante esta recuperação Mary vive uma aproximação a este e enlouquece por ele, contudo dada a desconfiança gerada por a irmã Tabitha e Cass, a prometida de Travis, este é deslocado. No quarto do lado existe uma forasteira descoberta por Mary e da qual desperta a sua curiosidade e vontade de descoberta de onde esta veio e que mundo existirá para lá das cercas, e se tudo o que existe é infectado porque é que aquela rapariga - Gabrielle - seria normal?, esta deixa-lhe uma marca que será descoberta "XVI" no decorrer da obra, quando a aldeia sofre um ataque dos Excomungados, os habitantes da Floresta de Mãos e Dentes, fogem para as plataformas criadas para este tipo de acontecimento, mas alguns ficam sem hipótese e são capturados e convertidos, outros conseguem a fuga, por o portão que Mary descobrira, quando foi procurar às escondidas de onde teria vindo Gabrielle, a partir daqui começa uma luta de sobrevivência, e serão descobertas e desvendadas alguns segredos. Mary é acompanhada por Jed, Cass, Travis, Harry e Jacob. Algusn ficarão pelo caminho outros chegarão a locais fantásticos...
Bem fica aqui um resumo demasiado alargado, mas penso que não retiro no bom da história. É de fácil leitura, bem estrutura, podia ser mais desenvolvido, mas trata-se do primeiro volume, daí estar à espera do novo volume, tem uma boa acção, bons cenários e detalhes de descrição. Recomendadíssimo a todos os fãs do fantástico. Excelente!!!

Opinião: "A Floresta de Mãos e Dentes" de Carrie Ryan Opinião: "A Floresta de Mãos e Dentes" de Carrie Ryan Reviewed by Clube dos Livros on outubro 10, 2010 Rating: 5

1 comentário:

Com tecnologia do Blogger.