"O Primeiro Verão das Nossas Vidas" de Pat Conroy

novembro 08, 2010


Autor: Pat Conroy
P.V.P.: 18,80 €
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: -
Nº de Páginas: 544
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Porto Editora
A Porto Editora publica O Primeiro Verão das Nossas Vidas, de Pat Conroy, a história de um grupo de amigos e de uma geração que tentou mudar a América.

A partir do dia 11 de Novembro vai estar disponível nas livrarias o mais recente romance do americano Pat Conroy, O Primeiro Verão das Nossas Vidas.
Esperada há vários anos pelos leitores de O Príncipe das Marés e de Beach Music, esta nova saga – um formidável hino à sua Carolina do Sul – confirma Pat Conroy como um monstro sagrado da literatura norte-americana. O Primeiro Verão das Nossas Vidas convenceu mais de um milhão de leitores nos EUA, em 2009, e promete agora deliciar os leitores portugueses, através de uma história sobre a amizade numa sociedade multicultural e, muitas vezes, preconceituosa.


Sobre a obra:
Crónica familiar, O Primeiro Verão das Nossas vidas é também a história de uma geração – a do narrador, Leo King, e de um grupo de adolescentes com as mais variadas proveniências: rejeitados da aristocracia local, órfãos dos Apalaches, o filho do treinador negro da equipa de futebol, os gémeos Sheba e Trevor Poe, de uma beleza inolvidável, que tentam escapar ao controlo de um pai psicótico… A narrativa move-se entre 1969, o ano glorioso em que Leo e os seus amigos partem ao assalto das barreiras religiosas, sexuais, sociais e raciais da sua cidade de Charleston, e 1989, quando Sheba, agora uma estrela de Hollywood, lhes pede para encontrarem o seu irmão gay, desaparecido em San Francisco.
O Primeiro Verão das Nossas Vidas pertence àquela linhagem dos grandes romances de formação, impossíveis de resumir de tal modo são ricos em acção, mas que se devoram página após página.

Sobre o autor:
Pat Conroy nasceu em Atlanta, na Geórgia, em 1945. Autor de nove romances, muitos dos quais adaptados ao cinema, conheceu a consagração mundial com livros como O Príncipe das Marés (1986) ou Beach Music (1995). O Primeiro Verão das Nossas Vidas surgiu depois de um interregno de 14 anos sem publicar ficção e os respectivos direitos de tradução foram já cedidos para 17 países.
Página pessoal: www.patconroy.com



Crítica:

Um imenso fresco sobre a amizade e o casamento… Os milhões de leitores de Pat Conroy não ficarão desiludidos.
Washington Post

Pat Conroy permanece um mágico das palavras.
New York Times

Conroy é um mestre da ficção americana e provou-o mais uma vez nesta magnífica carta de amor à sua amada Charleston e à amizade que supera as provas do tempo.
Bookpage

Conroy tem o dom natural de tecer grandiosas meadas narrativas e esta irá deleitar os seus numerosos leitores.
Kirkus Review

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook