"Os Desastres de Sofia" de Condessa de Ségur

novembro 26, 2010

Autor: Condessa de Ségur
P.V.P.: 12,90 €
Data 1ª Edição: 2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-555-535-2
Nº de Páginas: 216
Dimensões: - x - mm
Colecção: Infantil-Juvenil
Editora: Oficina do Livro

Sobre a obra:
A Sofia acha que a sua boneca de cera está pálida e com frio. Por isso, põe-na ao sol e... ela derrete-se. Sofia chora, mas nem tudo está perdido porque ela lembra-se de convidar as amigas para o divertido enterro da boneca!
A Sofia quer brincar com os seus peixes vermelhos e... acaba por deixá-los morrer!
E quando tenta ser uma menina bonita, faz um chá para os seus primos... com giz e água do cão. Fica de castigo!
Mas a mãe tem razão: ela é uma menina boazinha, tudo isto não passa de uma série de peripécias que mais não são do que Os Desastres de Sofia.

«Dizes-me, muitas vezes, querida filha: “Oh! Avozinha, sou tão sua amiga! A avó é tão boa!” A avó não foi sempre boa; corrigiu-se, o que acontece a muitas crianças endiabradas. Aqui vais encontrar histórias verdadeiras de uma menina que eu conheci quando era pequena. Tinha mau génio, e tornou-se meiga; era gulosa, e tornou-se comedida; era mentirosa, e nunca mais mentiu; era ladra, e fez-se honesta; numa palavra, era má, e fez-se boa. A tua avó procurou fazer o mesmo. Façam como ela. Será fácil, meus queridos, uma vez que não têm os defeitos de Sofia.»
Condessa de Ségur

Sobre autor:
Sophie Feodorovna Rostopchine, a Condessa de Ségur, foi uma escritora russa que ficou conhecida no século XIX como autora de literatura infantil.
Os Desastres de Sofia é o primeiro livro de uma trilogia, seguindo-se As Meninas Exemplares e As Férias.

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook