"Em nome do filho" de Luísa Castel-Branco

outubro 20, 2011


Autor: Luísa Castel-Branco
P.V.P.: 16,50 €
Data 1ª Edição: 2011
Nº de Edição:
ISBN: -
Nº de Páginas: 300
Dimensões: - x - mm
Colecção: -
Editora: Clube do Autor

Uma história sobre os abismos da natureza humana e do poder redentor do amor

Sobre a obra:
Será que o destino de duas mulheres pode desafiar os desígnios de Deus? Luísa Castel-Branco apresenta-nos Ema e Felismina e conta-nos a história de duas mulheres separadas pela vida e unidas por um destino.

Ema, uma menina de Lisboa, filha mais nova de uma família burguesa, que, no período da Revolução, se vê obrigada a mudar-se para uma propriedade no campo.

Conhecendo todos os segredos da terra, Ema tem o dom de comunicar com a vida e os outros de forma misteriosa e especial. Com o fim da idade da inocência, a sua felicidade, no entanto, só é plenamente conseguida depois de satisfazer o seu desejo de maternidade.

Felismina, uma rapariga pobre, anormalmente recatada para a época, cresce nos arredores de Lisboa. Educada por uma mãe cruel e manipuladora, consegue libertar-se das amarras da sua vida de miséria. Sai de casa, muda de identidade, passa a chamar-se Mi Sores, e o seu aspecto, outrora macilento e triste, passa a ser sofisticado e luminoso.

O destino destas duas mulheres cruza-se inesperadamente quando a bebé de Ema é raptada. O pesadelo vivido pela mãe desencadeia uma teia de mistérios e revelações inesperadas.

Numa atmosfera densa, o mundo de Ema convive com o de Felismina que, depois da descida aos infernos, tenta atingir o céu. Mas nem todos os meios são lícitos para atingir os fins. Felismina não sabe disso e Ema precisa mesmo de acreditar nos «desígnios de Deus».


Uma história sobre os abismos da natureza humana, mas também do poder redentor do amor. Em nome de um filho.

Sobre autor:
Luísa Castel-Branco nasceu em Lisboa em 1954. A sua vida esteve desde sempre ligada à comunicação: começou por colaborar no jornal Semanário e mais tarde fez parte do grupo fundador da revista Máxima. Foi assessora de imprensa de vários gabinetes ministeriais, criou uma agência de comunicação, dedicando-se à área do marketing político.

Em 1999, foi convidada a integrar o projecto CNL, onde começou a sua carreira televisiva. Depois do talk show «Luísa», apresentou o concurso «Dinheiro à Vista» (TVI), seguido de «Emoções Fortes» e «O Elo Mais Fraco» (RTP1). Na SIC Mulher, apresentou «Vícios e Virtudes» e participou ainda em «Eles por Elas».

Depois de em 2001 ter publicado Luísa – o seu primeiro livro – estreou-se no romance com Alma e os Mistérios da Vida, seguido de Não Digas a Ninguém (2009).

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook