"A Decadência do Ocidente" de Dambisa Moyo

janeiro 11, 2012


Autor: Dambisa Moyo
P.V.P.: 14,85 € (aqui)
Data 1ª Edição: 2012
Nº de Edição:
ISBN: 9789722523523
Nº de Páginas: 272
Colecção: -
Editora: Bertrand Editora


Sobre a obra:
Considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela Time, em 2009, Dambisa Moyo, apresenta uma análise rigorosa, atual e acessível sobre o estado da economia mundial, dando especial ênfase ao choque do Ocidente com as novas potências mundiais.

Até ao final deste século, a maior parte do mundo estará desenvolvida: a era de exceção ocidental terá terminado.
O cenário idílico que muitos economistas adivinham, em que todos ganharão e em conjunto terão prosperidade, é posto em questão em A Decadência do Ocidente, onde se defende que a complacência do Ocidente em relação aos seus principais argumentos de desenvolvimento – acumulação de capital, acumulação de capacidades e inovação tecnológica – conduziu à sua estagnação.
Com um estilo preciso, analítico e rigoroso, que não raras vezes desperta a polémica, Dambisa Moyo analisa o mundo, como está e como estará em breve.

«O comportamento do Ocidente ao longo dos últimos 50 anos tem sido o de um filho gastador que esbanja a fortuna que a família construiu ao longo dos séculos em caprichos obstinados e maus investimentos.» (página 29)

«As previsões económicas já deram conta de que os Estados Unidos irão ceder o seu lugar de maior economia do mundo para a China em 2027, apenas daqui a 17 anos.» (página 173)

Sobre autor:
Dambisa Moyo é economista, dedicando-se à macroeconomia e assuntos internacionais.
Eleita em 2009 pela Time como uma das 100 Pessoas Mais Influentes do Mundo, foi nomeada pelo World Economic Forum para o Young Global Leader’s Forum.
Escreve regularmente em publicações de economia e finanças, como o Financial Times, o Wall Street Journal e a revista The Economist.

http://www.dambisamoyo.com/


Imprensa:
«Um livro libertador.»
Washington Times

«Este livro marca um ponto de viragem.»
Spectator

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook