"Diário de um Gangster Português" de André Rito

janeiro 30, 2012


P.V.P.: 11,61 € (aqui)
Data 1ª Edição: 2012
Nº de Edição:
ISBN: 9789895557783
Nº de Páginas: 232
Colecção: -
Editora: Oficina do Livro

Sobre a obra:
Vitorino da Piedade Nunes foi um dos mais célebres cadastrados portugueses. Entre polícias e ladrões, advogados e guardas-prisionais, era conhecido por Dillinger, em alusão ao gangster da América dos anos 30.
Instigado pelo próprio pai, o qual seria condenado pela morte do avô, Vitorino cometeu os primeiros crimes ainda na infância. Poucos portugueses passaram tanto tempo atrás das grades como ele. Depois de trinta anos a entrar e sair de prisões, voltou finalmente à terra natal, onde roubara os primeiros animais e fizera as primeiras patifarias, mas não para se redimir: o seu nome foi então envolvido em duas mortes.
Baseado nesses escritos e narrado com o ritmo absorvente de um romance, Diários de um Gangster Português reconstitui a vida de um bandido implacável mas fiel a uma certa ética. Um homem que, no fim, conseguiu cumprir o seu maior desejo: morrer em liberdade.

Sobre autor:
André Rito nasceu em Braga, em Outubro de 1977, e é licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior.
Começou a trabalhar como jornalista em 2003, no jornal Tal&Qual, passou pelo Metro e escreveu também para as revistas Sábado, «Notícias Sábado» e Rotas & Destinos. Em 2009, integrou a equipa fundadora do Jornal i. Actualmente, é repórter freelancer e colaborador do Diário de Notícias.
Diários de um Gangster Português é o seu primeiro livro.

Imprensa:

You Might Also Like

1 comentários

Follow on Facebook