"Uma fazenda em África" de João Pedro Marques


Autor: João Pedro Marques
P.V.P.: 14,94 € (aqui)
Data 1ª Edição: 2012
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-0-04390-0
Nº de Páginas: 432
Colecção: Marca d'Água
Editora: Porto Editora

Uma Fazenda em África, de João Pedro Marques
A história dos primeiros colonos de Moçâmedes, os seus conflitos e conquistas numa terra inóspita

Uma Fazenda em África, livro que a Porto Editora publica no dia 23 de janeiro, é o novo romance de João Pedro Marques. Desta vez, o autor elege como pano de fundo a colonização de Moçâmedes, em meados do século XIX, e, como protagonistas, os colonos vindos de Pernambuco para o Sul de Angola em busca de uma vida melhor.
De acordo com Fernando Sobral, João Pedro Marques envolve-nos num ambiente hipnótico, enquanto seguimos as aventuras dos principais personagens deste livro. Sentimos o aroma daquela terra através dos sonhos e conflitos e da luta contra as contrariedades. […]
Um romance histórico deve ser assim. Ensinar-nos algo sobre o passado e abrir as janelas para o sonho. […] A escrita é ágil e atraente. Conquista. (excertos de crítica publicado no Jornal de Negócios no dia 13.01.2012)
João Pedro Marques vai apresentar o seu romance no Encontro Correntes d’Escritas, na Póvoa de Varzim, e, posteriormente, em Lisboa.

Sobre a obra:
Uma história de amor e aventura nos primórdios da colonização de Moçâmedes.
Ao acordar em sobressalto naquela noite de junho de 1848, a jovem Benedita não podia imaginar a transformação radical que a sua vida iria sofrer. Um ano volvido, tendo perdido tudo o que a prendia a Pernambuco, embarcava com escassos haveres e o coração apertado em direção a Moçâmedes. Consigo seguia mais de uma centena de portugueses que, desiludidos com o Brasil, procuravam uma nova oportunidade, fundando uma colónia agrícola do outro lado do Atlântico.
Uma Fazenda em África acompanha a vida e as histórias dos primeiros colonos numa terra brutal, trazendo à superfície os sucessos e desaires, os perigos e as surpresas da sua fixação num território inóspito e selvagem.
Baseado numa investigação histórica meticulosa e tendo como pano de fundo a colonização de Moçâmedes, este novo romance de João Pedro Marques leva-nos por uma África simultaneamente enternecedora e inclemente, carregada de exotismo e em cujos trilhos a aventura e o amor caminham de mãos dadas.

Sobre autor:
João Pedro Marques nasceu em Lisboa, em 1949. Foi professor do ensino secundário e, depois, durante mais de duas décadas, investigador do Instituto de Investigação Científica Tropical e Presidente do Conselho Científico desse Instituto, em 2007-2008.
Doutorado em História pela Universidade Nova de Lisboa, onde leccionou durante a década de 1990, é autor de dezenas de artigos sobre temas de história colonial, e de vários livros, dois dos quais publicados em Nova Iorque e Oxford (The Sounds of Silence, 2006; e, em co-autoria, Who Abolished Slavery? A Debate with João Pedro Marques, 2010).
Em 2010 lançou o seu primeiro romance histórico, Os Dias da Febre, publicado pela Porto Editora.


Imprensa:
Sobre Os Dias da Febre:

Uma estreia auspiciosa.
Eduardo Pitta, Ípsilon

Em Os Dias da Febre, a História de Portugal não é um enxerto, as cenas de amor não são um interlúdio, as personagens não são arquétipos […]. São gente de carne e osso.
Rui Lagartinho, Time Out

A escrita é muito fluida, equilibrando esmeradamente descrições, acção e diálogos, pelo que não daria muito trabalho adaptar a obra para o ecrã.
Isabel Marques da Silva, Os Meus Livros

Adorei! A minha atenção ficou presa desde a primeira página […]. Um enredo de uma notável originalidade e muitíssimo bem construído.
Maria de Fátima Bonifácio

Um livro estimulante.
Maria Filomena Mónica

Os Dias da Febre tem o dom de evitar o tom maniqueísta dos romances históricos […]. Estamos perante uma outra dimensão, há aqui um salto no abismo, que é amplamente compensado.
Francisco José Viegas
"Uma fazenda em África" de João Pedro Marques "Uma fazenda em África" de João Pedro Marques Reviewed by Clube dos Livros on janeiro 21, 2012 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.