Editorial Presença | "O Carrinho de Linha Azul" de Anne Tyler

P.V.P.: 17,01 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 376

Sobre a obra:
«Estava uma linda e fresca tarde em tons de verde e amarelo...» é como Abby Whitshank começa por contar a sua história de amor com Red, no verão de 1959. 
Os Whitshank, com os patriarcas Abby e Red, os seus quatro filhos e os netos, são uma típica família de classe média. Reunidos no alpendre parecem o retrato da felicidade, plenos de lembranças e a celebrar o passado que remonta aos anos 20, com a chegada dos pais de Red a Baltimore. 

Uma imagem de perfeição que se desintegra no momento em que atravessamos a porta de entrada, quando aos risos e celebrações se juntam segredos, ciúmes e desapontamentos, guardados entre as quatro paredes de uma casa antiga que já albergou quatro gerações. 

Como um carrinho de linhas, esta história desenrola-se entre passado e presente, revelando ao leitor a complexidade emocional desta família.
Sobre autor:
Anne Tyler nasceu em Minneapolis em 1941, mas cresceu em Raleigh, na Carolina do Norte. Licenciou-se aos dezanove anos pela Universidade de Duke e foi investigadora em Estudos Russos na Universidade de Columbia. Este é o décimo quinto romance de Anne Tyler; o seu décimo primeiro romance, Breathing Lessons, foi galardoado com o Prémio Pulitzer em 1988. É membro da American Academy and Institute of Arts and Letters. Vive em Baltimore.

 Imprensa:
«Pelas minhas contas, li perto de cinquenta livros para o USA Today. Até hoje, nunca tinha atribuído quatro estrelas. Um Carrinho de Linha Azul merece-as sem qualquer dúvida.»
USA Today

«Pura magia literária. Anne Tyler permanece entre as melhores cronistas da vida familiar que este país alguma vez gerou.»
The Washington Pos
Editorial Presença | "O Carrinho de Linha Azul" de Anne Tyler Editorial Presença | "O Carrinho de Linha Azul" de Anne Tyler Reviewed by Clube dos Livros on janeiro 16, 2017 Rating: 5

1 comentário:

  1. Gostaria muito de ler este livro! E adoro a capa, pois é simples e um pouco fora do comum.

    ResponderEliminar

Com tecnologia do Blogger.