Editorial Presença | "Os Meninos que Enganavam os Nazis" de Joseph Joffo

janeiro 03, 2018

P.V.P.: 13,41 € 
(à data da publicação deste post)
Nº de Páginas: 256


Sobre a obra:
A luta pela sobrevivência contada por um menino judeu na França ocupada pelos nazis. Uma história verídica. 1941, Paris é uma cidade ocupada pelos exércitos nazis. o poder de Hitler controla a França; as perseguições e o medo pairam por todo o país. Joffo, um respeitado barbeiro judeu, decide dispersar a sua família de forma a evitar o destino cruel que os espera a todos. 



Depois da fuga dos filhos mais velhos, perante o perigo sempre à espreita, Joseph, de apenas dez anos, e Maurice, de doze, deixam também a capital, entregues a si próprios, para tentarem escapar à brutalidade e à morte. Uma impressionante história autobiográfica, narrada pelo irmão mais novo, cuja espontaneidade, ternura e humor comprovam o triunfo da amizade, da generosidade, do espírito de entreajuda.

Sobre autor:
Joseph Joffo nasceu em Paris, em 1931. Filho de um barbeiro judeu, teve uma infância feliz até ao eclodir da Segunda Guerra Mundial. Durante a ocupação alemã, a sua família foi perseguida pelos nazis. Joseph conseguiu escapar e só regressou a Paris após o final da Guerra. 

Escritor, guionista e ator, conheceu o sucesso com Os Meninos Que Enganavam os Nazis - o seu primeiro romance, publicado em 1971 e desde logo bestseller em França, encontrando-se traduzido em 20 países e tendo vendido desde então mais de 20 milhões de exemplares. Foi recentemente adaptado ao cinema. 

Joseph Joffo é autor de mais oito livros de ficção e não ficção.

Imprensa:
«Este livro, que nos fala de medo, angústia, sofrimento, poderia ser também o livro do ódio, mas ele é afinal um grito de esperança e de amor.»
Bernard Clavel, escritor

«A espontaneidade, a ternura, a emoção discreta, o humor contidos neste livro tornam-no diferente de qualquer outro.»
La Croix

«Uma verdadeira joia literária.»
Diario 16

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook