Dom Quixote | "O Homem das Cavernas" de Jørn Lier Horst

junho 11, 2018

16,92 € | 384 pág


Sobre livro:
Durante quatro meses, um cadáver permaneceu por descobrir apenas a algumas portas da casa do inspetor-chefe William Wisting. Viggo Hansen morreu sentado em frente à televisão e aí permaneceu sem que ninguém tenha dado conta. Ter-se-á a sociedade norueguesa tornado tão grosseira que já ninguém se importa? A filha de Wisting, a jornalista Line, importa-se, e vai investigar o sucedido.


Enquanto isso, Wisting tem em mãos um caso que começa a adquirir proporções inimagináveis. a sua suspeita de que um assassino em série norte-americano tem estado ativo na Noruega, escondendo as suas vítimas no fundo de poços secos, confirma-se… mas há quanto tempo, e por quantos países passou até aí chegar? 

Quando o FBI e a Interpol finalmente se envolvem no caso, as apostas aumentam e as tensões acumulam-se, até à última corrida mortal contra o tempo, com a vida de Line em jogo.

Sobre autor:
Jørn Lier Horst nasceu em Bamble, em 1970. 
Estreou-se na escrita em 2004, com um livro baseado num crime real, e em 2013 abandonou a carreira na polícia para se dedicar à escrita a tempo inteiro.
Distinguido com inúmeros prémios, são de destacar o Prémio dos Livreiros da Noruega 2011, pelo livro Fechada para o Inverno, o Prémio Riverton/ Revólver Dourado 2012 (para melhor romance policial norueguês), o Prémio Chave de Vidro 2013 (para o melhor policial escandinavo) e o Prémio Martin Beck 2014 (da Academia Sueca de Escritores de Policiais), os três atribuídos a Cães de Caça.
Em 2016, O Homem das Cavernas ganhou o Prémio Petrona (para melhor romance policial escandinavo do ano) no Reino Unido.
É ainda autor da colecção juvenil Agência de Detectives nº 2 (Gailivro).
Os seus livros têm a qualidade de agradar tanto ao público como aos críticos, e encontram-se traduzidos em várias línguas, tendo vendido mais de um milhão de exemplares.

Imprensa:
«Um dos mais brilhantes escritores de policiais da atualidade.»
The Sunday Times

«[Horst] é o novo Nesbø... inteligente, rápido, preciso e assustador...»
Dagbladet

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook