Relógio D'Água | "O Testamento de Donadieu" de Georges Simenon

outubro 10, 2018

1620 € | 312 pág


Sobre livro:
Após a morte inesperada de Oscar Donadieu, um patriarca tirânico que fez fortuna como armador em La Rochelle, a sua família começa a desintegrar-se, processo que é acelerado pela chegada do ambicioso Philippe Dargens.

Sobre autor:
Escritor belga de expressão francesa (Liège, 1903 ­ Lausana, 1989), deve a sua celebridade a romances (na sua grande maioria policiais) de foro psicossociológico. De entre as cerca de duas centenas de obras editadas, é de destacar o ciclo das investigações do Comissário Maigret (iniciado em 1932), os romances Les Fiançailles de M. Hire (1933), La Marie du port (1938), Les Inconnus dans la maison (1940), Le Voyageur de la Toussaint (1941), Trois Chambres à Manhattan (1946), La neige était sale (1948) e a autobiografia Mémoires intimes (1981).

Imprensa:
“Um dos maiores escritores do século XX.” 
The Guardian

“Adoro ler Simenon. Faz-me lembrar Tchékhov.” 
William Faulkner

“Simenon é autor de várias obras-primas do século XX.” 
John Banville

“O maior e mais genuíno romancista de toda a literatura.” 
André Gide

“Um escritor maravilhoso… Lúcido, simples, em perfeita sintonia com o que escreve.”
Muriel Spark

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook