Alfaguara | "Os Rapazes de Nickel" de Colson Whitehead

 



Sobre autor:
Colson Whitehead regressa com a história de dois amigos que lutam pela sobrevivência num reformatório para jovens, num país e num tempo em que a cor da pele determina demasiado.

O seu destino acaba no reformatório Nickel, uma instituição que se vangloria de fazer dos seus rapazes homens honrados e honestos. Mas por trás da fachada de rigor esconde-se uma câmara de horrores.

Do aclamado autor de A Estrada Subterrânea chega-nos esta história baseada em factos reais, de dois amigos que lutam pela sobrevivência num reformatório para jovens onde, por trás da fachada, se esconde uma câmara de horrores.

À medida que o cerco aperta no reformatório, parece haver apenas dois caminhos possíveis: fugir ou aceitar o cruel destino dos que ousam rebelar-se. Turner, o novo amigo de Elwood, está convicto de que a solução passa por repetir a crueldade dos opressores. Já Elwood acredita que é possível seguir o pacifismo que Luther King advogava. O cepticismo de um e o idealismo do outro levá-los-á a desembocarnuma decisão com repercussões inescapáveis. Baseada no caso real de um reformatório da Flórida que destruiu a vida de milhares de jovens, Os rapazes de Nickel é um romance de brutal impacto emocional. Uma obra literária que exibe a pujança de um escritor em plena forma, que explora a ferida aberta da segregação racial nos Estados Unidos e levanta uma poderosa voz contra a injustiça.


Sobre autor:
Colson Whitehead nasceu em 1969, em Nova Iorque, cidade onde ainda vive. Estudou em Harvard e começou por trabalhar no jornal Village Voice a escrever recensões de discos, filmes e livros. Foi finalista do Prémio PEN/Hemingway com o seu primeiro romance, The Intuitionist. Tem publicados vários romances e um livro de ensaios sobre a sua cidade, The Colossus of New York. Foi ainda finalista dos prémios Pulitzer, Pen/Oakland e PEN/Faulkner. Feito raramente alcançado na história da literatura americana, venceu duas vezes Prémio Pulitzer, com A Estrada Subterrânea e, agora, também Os Rapazes de Nickel. A Estrada Subterrânea dará origem a uma série de televisão realizada por Barry Jenkins, premiado realizador de Moonlight. Tem lecionado em instituições prestigiadas como a Universidade de Columbia e Princeton e foi distinguido com as bolsas Guggenheim e MacArthur.


Imprensa:
«Uma leitura necessária. Revela a forma como as leis raciais destruíram vidas e mostra que os seus efeitos se fazem sentir ainda hoje.»
Barack Obama

«Colson Whitehead é a voz das histórias apagadas; a sua escrita é tão ética quanto estética.»
The New York Times

«Este romance exibe os múltiplos dons de um escritor que se aproxima da genialidade. Um dos melhores romancistas americanos.»
The Wall Street Journal

«Uma narrativa enfeitiçante que cimenta o estatuto de Whitehead como uma das principais vozes da literatura americana.»
Time

«Cada cena, soberbamente criada, arde e crepita de injustiça e resistência. Uma obra abrasadora.»
Booklist

«Se achou que A estrada subterrânea era uma grande obra, espere até deitar as mãos aos Rapazes de Nickel.»
Harper's Bazaar
Alfaguara | "Os Rapazes de Nickel" de Colson Whitehead Alfaguara | "Os Rapazes de Nickel" de Colson Whitehead Reviewed by Clube dos Livros on setembro 07, 2020 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.