"Shuggie Bain" de Douglas Stuart | Alfaguara - Clube dos Livros

"Shuggie Bain" de Douglas Stuart | Alfaguara




Sobre livro:
1981, Glasgow. A outrora próspera cidade mineira sufoca sob o jugo férreo das políticas de Margaret Thatcher, lançando milhares de famílias para a miséria. A epidemia do álcool e das drogas aproveita para capturar os mais vulneráveis.

Agnes Bain esperava mais da vida. Sonha com uma casa só sua e folheia catálogos de compras a crédito, na vã tentativa de alegrar a existência precária a que fica condenada quando o marido, um taxista mulherengo, a abandona, sem emprego e com três filhos. Com cabelos negros sedosos e ondulados, maquilhagem esmerada e dentes falsos perfeitos, parece a Elizabeth Taylor de Glasgow, mas, por baixo da aparência orgulhosa, as malhas do vício enredam Agnes, que mês após mês gasta o abono de família em latas de cerveja e maços de tabaco. Os filhos fazem o melhor que podem para cuidar de si e da mãe, mas, um a um, vêem-se obrigados a abandonar a casa materna, para tentar pelo menos salvar-se.

Fica Shuggie, o mais novo, que adora a mãe e não perde a esperança de a salvar. Mas, aos oito anos, o rapaz tem a sua própria luta pessoal para travar: delicado, sensível, comporta-se como um príncipe e destoa da dureza da escola e das ruas devassadas pela pobreza. Anseia apenas ser normal e encaixar, mas é o último a perceber que carrega um segredo e nunca poderá ser igual aos outros.

Com ecos de autores como Frank McCourt, D. H. Lawrence e James Joyce, Shuggie Bain é um magnífico romance de estreia de um autor que tem uma história importante para contar, inspirada na sua própria. Uma história dilacerante de dependência, carência e afecto, um retrato épico de uma cidade, um quadro íntimo de uma família destroçada e, sobretudo, uma extraordinária história de amor.


Sobre autor:
Douglas Stuart nasceu e cresceu em Glasgow, na Escócia. Estudou no Royal College of Art em Londres. Em 2000, mudou-se para Nova Iorque, onde começou uma carreira na área do design de moda. Tem escrito ficção e ensaio em publicações como a New Yorker e a Literary Hub. Com Shuggie Bain, o seu primeiro romance, que escreveu ao longo de dez anos, arrecadou, em 2020, o Man Booker Prize, um dos mais importantes prémios literários de língua inglesa, e foi eleito Livro do Ano nos British Book Awards, além de ter sido finalista de muitos outros prémios de prestígio.


Imprensa:
-

"Shuggie Bain" de Douglas Stuart | Alfaguara "Shuggie Bain" de Douglas Stuart | Alfaguara Reviewed by Clube dos Livros on agosto 31, 2021 Rating: 5

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.