"Passagem Para Lisboa" de Ronald Weber

21:44


P.V.P.: 17,01 € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: 9789896681517
Nº de Páginas: 444
Editora: Clube do Autor

A vida boémia e clandestina na capital portuguesa no tempo de Salazar

Portugal no contexto da segunda guerra mundial enquanto país neutro e em paz. Lisboa enquanto porto de abrigo de reis e rainhas, celebridades, diplomatas e cidadãos anónimos fugidos dos centros de conflito. Eis um relato ímpar, com testemunhos e fotografias inéditas, de um dos mais conturbados períodos da História europeia.

Sobre a obra:
A Passagem para Lisboa conta a extraordinária transformação de Portugal, durante a Segunda Grande Guerra, de uma tranquila cidade portuária na grande porta de fuga da Europa nazi. A realeza, as celebridades, os diplomatas, os soldados em fuga e os cidadãos vulgares arrastavam-se desesperadamente, através da França e da Espanha, até conseguirem alcançar a nação neutral. Aqui, os exilados encontravam a paz e a abundância, apesar de, frequentemente, enfrentarem exasperantes atrasos e incertezas, antes de conseguirem reservar passagens nos barcos ou aviões, para o seu destino final.

Sobre autor:
Ronald Weber é professor emérito de estudos americanos na Universidade de Notre Dame. Os seus livros não-ficcionais incluem News of Paris, Hired Pens, Hemingway’s Art of Nonfiction, The Literature of Fact e The Midwestern Ascendancy in American Writing. Publicou também quatro romances.


Imprensa:
«Uma animada descrição de como Lisboa se tornou a antecâmara da Europa nazi ocupada. Weber ressuscita as experiências daqueles que se encontraram numa cidade apanhada entre o Eixo e os Aliados, durante a Segunda Grande Guerra.»
Hanna Diamond, Universidade de Bath

«A outrora sossegada Lisboa atraía um conjunto de abastados expatriados, desesperados, intelectuais e outros refugiados – juntamente com os espiões – criando uma colorida miríade de hotéis de luxo e de bordéis, cujas prostitutas eram pagas para espiar. Weber apresenta um rico, embora sóbrio, microcosmo desta população deslocada pela Segunda Guerra Mundial».
Publishers Weekly

You Might Also Like

1 comentários

Follow on Facebook

Site Meter