sexta-feira, 23 de setembro de 2016

"Para a Minha Irmã" de Jodi Picoult | Bertrand Editora

P.V.P.: 15,93 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 456

Sobre a obra:
Luke Anna não está doente, mas até parece estar. Aos treze anos, já fez inúmeras cirurgias e transfusões para que Kate, a sua irmã mais velha, possa combater a leucemia que a afeta desde a infância. Anna foi concebida para ser dadora de medula compatível com Kate, uma vida e um papel que ela nunca questionou...até agora. À semelhança da maior parte dos adolescentes, Anna começa a questionar quem realmente é. Mas, ao contrário da maioria dos adolescentes, sempre foi definida em função da irmã. E é então que Anna toma uma decisão impensável para a maioria das pessoas, uma decisão que faz com que a sua família desmorone e que pode ter consequências fatais para a irmã que ela adora. 

Para a Minha Irmã questiona o que significa ser um bom pai ou mãe, uma boa irmã, uma boa pessoa. Será moralmente defensável fazer qualquer coisa para salvar a vida de uma criança, mesmo que isso implique desrespeitar os direitos de outra? Valerá a pena tentar descobrir quem se é de facto, quando essa pergunta nos faz gostarmos menos de nós próprios? Deveremos seguir o nosso coração, ou deixar-nos conduzir por outros?
Sobre autor:
Jodi Picoult nasceu e cresceu em Long Island. Estudou Inglês e escrita criativa na Universidade de Princeton e publicou dois contos na revista Seventeen enquanto ainda era estudante. O seu espírito realista e a necessidade de pagar a renda levaram Jodi Picoult a ter uma série de empregos diferentes depois de se formar: trabalhou numa correctora, foi copywriter numa agência de publicidade, trabalhou numa editora e foi professora de inglês. Aos 38 anos é autora de onze best sellers e em 2003 foi galardoada com o New England Bookseller Award for Fiction.
Imprensa:
-

"Canções EsPATAculares - Patrulha Pata" de Nickelodeon | Pil Books

P.V.P.: 8,96 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 12

Sobre a obra:
-
Sobre autor:
-
Imprensa:
-

"A Psicologia do Amor" de Irvin D. Yalom | Saída de Emergência

P.V.P.: 13,95 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 336

Sobre a obra:
Esta colectânea de dez histórias fascinantes da autoria do exímio psicoterapeuta Irvin D. Yalom desvenda os mistérios, as frustrações, o pathos e o humor inerentes ao encontro terapêutico. Ao narrar os dilemas dos seus pacientes, Yalom não só nos oferece um raro e arrebatador vislumbre dos desejos e das motivações particulares destes, como nos conta a sua própria história, empenhado em reconciliar as suas reacções profundamente humanas com a sua sensibilidade como psiquiatra.

Não houve outro autor desde Freud que tenha contribuído tanto para esclarecer o relacionamento entre psicoterapeuta e paciente.
Sobre autor:
O romancista académico Yalom nasceu em Washington, D.C., a 13 de Junho de 1931. Os seus pais imigraram da Rússia (de uma pequena aldeia chamada Celtz, perto da fronteira polaca) pouco depois da Primeira Guerra Mundial. Viveu toda a sua infância em Washington, num apartamento que ficava por cima da loja de conveniência de que os pais era proprietários. Era um bairro pobre e problemático e andar nas ruas era muitas vezes perigoso. Yalom refugiava-se frequentemente em casa, a ler. Duas vezes por semana fazia o "perigoso percurso" de bicicleta até à biblioteca municipal para se abastecer de livros. Começou pelas biografias, de A (John Adams) a Z (Zoroastro). Mas foi na ficção que encontrou o seu refúgio, um mundo alternativo e mais satisfatório. Uma fonte de inspiração e sabedoria. Quando escolheu estudar medicina, por se sentir mais perto de Dostoevsky ou Tolstoi, já tinha em mente seguir psiquiatria. Psicoterapeuta e professor "Emeritus" de psiquiatria na Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, tem inúmeros títulos na área académica.
Imprensa:
-

"O lagarto" de José Saramago | Porto Editora

P.V.P.: 11,97 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 24

Sobre a obra:
«O Lagarto» é um conto breve incluído em A Bagagem do Viajante (1973), volume que reuniu as crónicas escritas por José Saramago para o diário A Capital e para o semanário Jornal do Fundão entre 1971 e 1972. A história narra o aparecimento no Chiado de um misterioso lagarto, cuja presença surpreende os transeuntes e mobiliza os bombeiros, o exército e a aviação. Num estilo claro e preciso, a fábula oferece uma pluralidade de sentidos capaz de cativar leitores de todas as idades. Esta edição conta ainda com as magníficas xilogravuras do mestre J. Borges.
Sobre autor:
Autor de mais de 40 títulos, José Saramago nasceu em 1922, na aldeia de Azinhaga. Até 2010, ano da sua morte, a 18 de junho, em Lanzarote, José Saramago construiu uma obra incontornável na literatura portuguesa e universal, com títulos que vão de Memorial do Convento a Caim, passando por O Ano da Morte de Ricardo Reis, O Evangelho segundo Jesus Cristo, Ensaio sobre a Cegueira, Todos os Nomes ou A Viagem do Elefante, obras traduzidas em todo o mundo. José Saramago recebeu o Prémio Camões em 1995 e o Prémio Nobel da Literatura em 1998. 
Imprensa:
-

"O Diário de um Banana N.º 11 - Tudo ou Nada" de Jeff Kinney | Booksmile

P.V.P.: 14,93 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 224

Sobre a obra:
O Greg Heffley está sob uma pressão enorme. A única coisa em que ele parece ser realmente bom é em videojogos, mas a mãe quer que ele alargue os seus horizontes e faça mais alguma coisa - QUALQUER coisa! Quando o Greg encontra uma velha câmara de filmar, perdida na cave lá de casa, ele tem a certeza de que descobriu a forma ideal de, finalmente, mostrar a todos os seus grandes talentos escondidos. Com a ajuda do Rowley, o seu melhor amigo, o Greg inventa um plano para fazer um filme de terror e assim se tornar rico e famoso. Mas será que apostar apenas no filme é mesmo um plano inteligente ou será que os problemas do Greg vão aumentar ainda mais? De uma coisa podes ter a certeza: não há espaço para meio termo… é TUDO OU NADA!
Sobre autor:
Jeff Kinney passou a sua infância em Washington e mudou-se para a New England em 1995. Jeff mora no sul de Massachusetts com a sua mulher e os seus dois filhos.
Em O Dìárìo de um Banana, o autor e ilustrador Jeff Kinney apresenta-nos um herói improvável . Acompanhado por cartoons simples mas não sirnplistas, este livro apela a jovens de todas as idades.
Creg Heffley começa por dizer no início do livro: Não esperem que eu me ponha para aqui com "Querido Diário" isto e "Querido Dário"aquilo, lançando-se em seguida numa exploração épica das dificuldades e tribulações da vida de um adolescente médio numa escola preparatória americana, com um texto suportado por cativantes desenhos. Com mais de cinco milhões de exemplares vendidos, Diary of a Wimpy Kid manteve-se estável na lista de best-sellers do New york limes durante mais de um ano e foì traduzido para mais de 20 línguas. Actualmente a ser adaptado para o cinema pela Twentieth Century Fox, o sucesso desta série notável não parece correr o risco de diminuir.O Diárìo de um Banana Diary of a Wimpy Kid (no original). O site tornou-se tão popular que Kinney vendeu a série à AmuÌet Books, e este primeiro título da série alcançou sucesso imediato. Sucesso repetido para os seguintes. Em Espanha, Itália e Brasil está permanentemente nos tops.
Foi também nomeado para o prémio Nickelodeon Kids Choice Award.
Imprensa:
-

"Muito Mais que 5 Minutos" de Kéfera Buchmann | Marcador

P.V.P.: 13,50 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 144

Sobre a obra:
Com uma mistura de humor, improviso e sinceridade chocante, Kéfera Buchmann é hoje um dos maiores fenómenos da net brasileira. O canal que gere desde 25 de julho de 2010 no YouTube, 5inco Minutos, é visto por milhões de pessoas. Mas de onde veio o furacão Kéfera? É disso que nos fala neste livro, que reúne algumas das suas histórias de infância e adolescência, anteriores ao fenómeno que ela é hoje. Sem papas na língua, escreve sobre relações, fala do primeiro beijo, confessa puros momentos de… aperto e aborda temas difíceis, como o bullying de que foi vítima na escola. O resultado é muito mais do que um livro de alguém famoso, mas igual a todos nós.
Sobre autor:
-
Imprensa:
-

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

"O Terceiro Desejo" de Andrzej Sapkowski | Saída de Emergência

P.V.P.: 14,94 € 
(à data da publicação deste post)
Data de Edição: 2016
Nº de Páginas: 304

Sobre a obra:
O seu nome é Geralt de Rivia. Dizem que é um bruxo e um assassino sem misericórdia que vagueia pelo mundo à caça de monstros e predadores. Mas na verdade vive de acordo com o seu próprio código de conduta. A sua espada serve, em troca de uma recompensa, poderosos reis amaldiçoados, mas também os mais desfavorecidos.
Ao longo das suas viagens, Geralt encontra todo o tipo de criaturas – algumas saídas da mitologia eslava e dos contos populares dos irmãos Grimm – como vampiros e lobisomens, elfos, quimeras e estriges, trolls e génios que o tentam, satisfazendo todos os seus desejos.
Mas este é apenas o início das suas aventuras como viajante e feiticeiro que irá desafiar o destino num mundo em que criaturas de todas as raças coabitam numa paz precária prestes a despedaçar-se…
Sobre autor:
Natural da Polónia, Andrzej Sapkowski (1948-) é um aclamado autor de fantasia, conhecido pela saga The Witcher e pela criação da personagem Geralt de Rivia. Vencedor de inúmeros prémios polacos e europeus, a sua obra já foi traduzida para mais de vinte línguas. A saga literária The Witcher inspirou uma série de videojogos de grande popularidade que vendeu mais de 20 milhões de cópias no mundo inteiro.
Imprensa:
-