[Porto Editora] Colecção: Hora do Conto

14:43

P.V.P.: -,- € (aqui)
Data de Edição: 2012
ISBN: -
Nº de Páginas: -
Editora: Porto Editora

Chegou a Hora do Conto
Histórias de autores portugueses para crianças e educadores de infância
A Porto Editora publica, a 1 de outubro, quatro histórias destinadas a crianças em idade pré-escolar e, claro, a educadores de infância. Os autores da coleção Hora do Conto são portugueses e abordam, nestas obras, temáticas relacionadas com o universo de conhecimentos próprios da pré-escola.
Cada dia… sua magia, de Lourdes Custódio, Coisas de bichos, de Fernando Mendonça, A ovelha que fazia múuu, de Isabel Fernandes Pinto, e Casinha de bonecos, de Maria Inês Almeida, são os livros que integram esta coleção, que tem como grande mais-valia a diversidade. Os autores exploram temáticas diferentes, através de tipologias de texto também distintas. Há prosa, há poesia e há teatro. E, nelas, tanto existe rima, como existe humor, apelo à imaginação e estímulo à criatividade – ingredientes essenciais para esta faixa etária.
Naturalmente, também as próprias ilustrações, de Sónia Cântara, Zeka Cintra, Luciana Bicalho e Joana Quental têm estilos bastante distintos e que, por isso, enriquecem os livros.
No final de cada título, existem sugestões de atividades para que pais e educadores de infância possam continuar a explorar as respetivas temáticas.
Colecção:
Cada dia… sua magia, de Lourdes Custódio (ilustrações de Sónia Cântara)
Dar a cada dia a sua magia, criativa, diferente mas sempre divertida é a aposta deste livro dedicado às crianças que pode constituir uma mais-valia a quem as ajuda a crescer – pais, educadores, professores, animadores… Os textos abrem caminhos à exploração de aspetos relacionados com cada data a celebrar sem nunca esquecer valores como o amor, a liberdade, a solidariedade e a amizade, não apenas pelos outros mas também pelos animais e pela Natureza. A existência de dias especiais torna-se uma excelente razão para partilhar, aprender, sorrir e ser feliz. Inclui sugestões de atividades.
Lourdes Custódio nasceu em Luanda, em 1960, e vive na Figueira da Foz. É educadora, formada pela Escola Normal de Educadores de Infância de Coimbra. Até ao momento, a sua obra no domínio da escrita para a infância inclui mais de duas dezenas de títulos, muitos deles recomendados no Plano Nacional de Leitura. Em 2003, o seu livro As filhotas de D. Centopeia venceu o concurso internacional El libro de los cuentos del mundo, atribuído pela Associación Mundial de Educadores Infantiles, sediada em Madrid
Coisas de bichos, de Fernando Mendonça (ilustrações de Zeka Cintra)E se a formiga tivesse um carrinho de supermercado para transportar a comida para todo o lado? Ou se a toupeira usasse uma palhinha para respirar para não ter falta de ar? Será que o chimpanzé fica mais feliz se tirar macacos do próprio nariz? Todos os bichos têm as suas características. E nós podemos divertir-nos a imaginar os bichos nas mais diversas situações, juntando-lhes ‘coisas’ da nossa imaginação… Coisas de bichos é uma história em forma de verso que apela ao sentido de humor dos mais novos, despertando-lhes a criatividade. Inclui sugestões de atividades.
Fernando Mendonça nasceu em 1968 e vive em Estarreja.
É licenciado em História, na variante de História da Arte, pela Universidade de Coimbra e pós-graduado em Gestão Pública pela Universidade de Aveiro. Foi vereador da Cultura, Educação, Juventude, Desporto e Ação Social na Câmara Municipal de Estarreja e exerceu os cargos de adjunto e chefe de gabinete do governador civil de Aveiro. Foi jornalista, professor e, atualmente, é diretor da agência de arte WE ART.
A ovelha que fazia múuu, de Isabel Fernandes Pinto (ilustrações de Luciana Bicalho)
Esta ovelha apareceu na aldeia de Campo Benfeito, distrito de Viseu. Começou a rondar a imaginação da sua inventora quando ela percebeu que, de um outeiro da serra do Montemuro, o céu era diferente todas as manhãs e que, ao fim da tarde, no regresso dos trabalhos e dos pastos, as ovelhas baliam de formas distintas. Pensou então que o som homogéneo de um balido igual não existe, senão numa leitura distante das coisas reais. Foi então que a ovelha que fazia múuu lhe apareceu e veio mostrar que ser diferente não é um problema. É apenas ser o que se é. Inclui sugestões de atividades.
Isabel Fernandes Pinto nasceu no Porto, em 1980. É licenciada em Estudos Teatrais pela ESMAE-IPP, tendo complementado a sua formação de atriz no Laboratoire de Recherches Théâtrales, sediado em Estrasburgo. É também licenciada em Arquitetura pela FAUP, tendo colaborado em gabinetes nacionais e franceses.
É atriz, contadora de histórias e autora de contos e textos para teatro. Em 2005 criou o projeto Faunas – teatro portátil dirigido a jovens – onde escreve, encena e interpreta, que tem levado a várias escolas, bibliotecas e auditórios.
Casinha de bonecos, de Maria Inês Almeida (ilustrações Joana Quental)Bia e os seus amigos do jardim de infância ficam muito contentes quando conseguem construir uma casinha de bonecos só recorrendo a coisas já usadas, que iam ser deitadas fora. Com embalagens diversas, cola e tintas, deitam mãos à obra, e ficam muito contentes com o resultado. Uma história acerca da imaginação infantil aplicada à criatividade, ou de como do velho se faz novo. Inclui sugestões de atividades.
Maria Inês Almeida nasceu em Lisboa, em 1978.
É jornalista, tendo tirado o curso de Comunicação Social na Universidade Católica. Em 2005 ganhou o Prémio Valorsul com a Reportagem “O Lixo do Dia” e em 2006 foi-lhe atribuído o Prémio Revelação do Clube de Jornalistas. Tem vários livros infantis editados, um deles foi nomeado para Melhor Livro Infantojuvenil de 2011, pela SPA. Recentemente, iniciou-se na literatura juvenil, ao lado de Joaquim Vieira, com a coleção Duarte e Marta, da Porto Editora.

Sobre autor:
-
Imprensa:
-

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook