A Crónica de Fogo de John Stephens

00:39

P.V.P.: 13,41 €
Data de Edição: 2013
Nº de Páginas: 504
Editora: Porto Editora
A Crónica de Fogo
Segundo livro de uma trilogia de grande sucesso internacional

Depois de O Atlas Esmeralda, a Porto Editora publica, a 1 de abril, o segundo volume da trilogia Crónicas da Origem, de John Stephens, intitulado A Crónica de Fogo.
O jornal britânico The Guardian recomenda: «Pare tudo o que está a ler neste momento, por muito bom que seja, e pegue neste, porque (…) está a perder a oportunidade de ler um grande livro». A Publishers Weekly, por seu turno, não tem dúvidas em afirmar que «Os fãs de O Atlas Esmeralda vão encontrar tudo o que adoram: o enredo cheio de aventura, vários momentos de cortar o fôlego e a interpretação de Stephens dos dragões, anões e elfos que Tolkien consagrou serão certamente bem recebidos».
Esta série é protagonizada por três irmãos – Kate, Michael e Emma –, deixadas pelos pais ao cuidado de estranhos, no dia de Natal. Durante dez anos, os três irmãos saltam de orfanato em orfanato, sabotando todas as tentativas de adoção, sempre à espera de que os pais voltem para os resgatar. Certo dia, são levados para o orfanato do Dr. Stanislaus Pym, um casarão velho e estranho, cheio de coisas mágicas e onde não existem mais crianças. Um cenário perfeito para um sem-número de aventuras e personagens assustadoras e entusiasmantes.
Sobre a obra:
Três crianças. Dois mundos. Uma profecia.

Kate...
A mais velha, guardiã do Atlas do Tempo. Desapareceu depois de combater um Guincho para salvar os irmãos.

Michael¿
Comanda as tropas, agora que a irmã Kate desapareceu. Precisa de ir aos confins da Terra revelar os segredos da Crónica de Fogo.

Emma...
A mais nova e a mais intrépida dos três. Gostava de ser ela a mandar. Está ansiosa por ver a família reunida.
Com um feiticeiro malvado a persegui-los, esta não será uma batalha fácil...

Ler Excerto
Sobre autor:
John Stephens mora em Los Angeles e trabalhou durante dez anos como argumentista para séries televisivas. Mas a sua verdadeira aspiração era ser escritor. O Atlas Esmeralda, a sua estreia literária, roubou-lhe algumas horas de sono durante quatro anos. Mas o seu empenho e dedicação foram recompensados por uma receção mundial extraordinária, tendo sido vendido em poucos dias para cerca de quarenta países.
Imprensa:
Os fãs do primeiro livro não ficarão desiludidos e ficarão ainda mais ansiosos pelo livro seguinte. O Atlas Esmeralda era muito bom. Este é ainda melhor.
School Library Journal

Humor irreverente e aventura de capa e espada colidem numa fantasia imperdível.
Kirkus Reviews

Pare tudo o que está a ler neste momento, por muito bom que seja, e pegue neste, porque (...) está a perder a oportunidade de ler um grande livro.
The Guardian

Os fãs de O Atlas Esmeralda vão encontrar tudo o que adoram: o enredo cheio de aventura, vários momentos de cortar o fôlego e a interpretação de Stephens dos dragões, anões e elfos que Tolkien consagrou serão certamente bem recebidos.
Publishers Weekly

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter