Amor, Açúcar e Canela de Amy Bratley | Editorial Planeta

23:19

P.V.P.: 15,98 € 
Data de Edição: 2014
Nº de Páginas: 280
Editora: Editorial Planeta
Prepare-se para ler uma história de amor dos dias modernos diferente de tudo o que já leu, que se diferencia pela originalidade de se basear nos guias dos anos 50, que ensinavam as mulheres a serem boas donas de casa e boas esposas.

Um livro que tem todos os ingredientes que o tornam viciante: a traição do namorado, a melhor amiga, os segredos de família.
Tudo bem envolvido numa trama muito bem estruturada, que catapultou este romance de estreia da autora para o 1.º lugar do top de vendas, em Itália.

A abrir todos os capítulos estão dicas e conselhos que enchiam as páginas dos guias e revistas femininas dos anos 50.
Sobre a obra:
O lar é onde está o coração.
Mas o que acontece quando esse coração se parte?
Será o lar mesmo doce?

Na sua missão de construir o lar perfeito, com passarinhos a chilrear e uma cerca de madeira pintada de branco, Juliet depara-se com um obstáculo sério – a realidade.
Na primeira noite que passa com o namorado no apartamento novo de ambos, descobre que Simon dormiu com a sua melhor amiga.
Criada numa família disfuncional com segredos que a perseguem, Juliet não está disposta a construir o seu ninho sobre um ramo partido.
Destroçada e em busca de um escape para as suas angústias, Juliet retira-se para o mundo reconfortante dos manuais de artes domésticas dos anos de 1950 deixados pela avó, que ensinam truques como «ponha uma fita no cabelo para alegrar o dia do seu marido» e, embora saiba que isso não a vai levar a lado nenhum, descobre que a costura está outra vez na moda.
Assumindo o controlo da sua vida, Juliet está decidida a ter um lar com coração. Mas quem ficará com o dela?
Sobre autor:
Amy Bratley é uma escritora e jornalista inglesa que ama as palavras. Vive em Dorset com o marido e os dois filhos.
Amor, Açúcar e Canela é o seu primeiro romance e já é um bestseller.
Imprensa:
«O romance de estreia do momento… um estilo fresco, inspirado nas tendências vintage, que ninguém vai conseguir parar de ler.»
People

«Procure fazer da sua casa um espaço de paz e harmonia onde o seu marido se possa restaurar física e espiritualmente.»
Housekeeping Monthly, Maio de 1955

«No fim de contas, é a família que transforma uma casa num lar, por melhor que seja a dona de casa. De outro modo, ela seria apenas uma casa arrumada.»
Sugestões Caseiras para Um Lar mais Feliz, 1959

You Might Also Like

0 comentários

Follow on Facebook

Site Meter